Rebeldes sírios rejeitam acordo entre EUA e Rússia para eliminar armas químicas

14 de setembro de 2013

(Agência Lusa)

Istambul – O chefe dos rebeldes do Exército Livre Sírio rejeitou hoje (14) o acordo entre os EUA e a Rússia para a eliminação das armas químicas na Síria até meados de 2014. "Não podemos aceitar qualquer parte desta iniciativa. Nós, Exército Livre Sírio, estamos despreocupados com a implementação de qualquer parte deste acordo. Eu e os meus camaradas de armas vamos continuar a lutar até o regime cair", disse o general Selim Idriss a jornalistas, em Istambul.

Idriss falou logo após o anúncio do acordo entre EUA e Rússia sobre um plano de eliminação de armas químicas sírias, que dá uma semana a Damasco para apresentar a lista dessas armas e prevê a adoção de uma resolução da ONU.

O general disse que respeita "os amigos" [na comunidade internacional] e espera que eles entendam a posição do seu exército. "Não podemos aceitar esta iniciativa, porque ela ignora os massacres do nosso povo", sustentou.

O acordo russo-norte-americano surge depois da ameaça de ataque ao regime do presidente sírio Bashar Al Assad pelos EUA e França, que alegam uso de armas químicas no massacre perto de Damasco que matou centenas de pessoas em 21 de agosto.

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni