Defesa de ativistas do Greenpeace analisa próximas medidas para libertar presos na Rússia

24 de outubro de 2013

Internacional



Defesa de ativistas do Greenpeace analisa próximas medidas para libertar presos na Rússia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-24/defesa-de-ativistas-do-greenpeace-analisa-proximas-medidas-para-libertar-presos-na-russia
Oct 24th 2013, 13:39

Carolina Sarres

Repórter da Agência Brasil
Brasília – Os advogados dos ativistas do Greenpeace detidos na Rússia estão reunidos hoje (24) para discutir que medidas podem ser tomadas de agora em diante para libertação de seus clientes. Hoje, a Justiça russa negou o pedido de fiança dos ativistas, entre os quais está a brasileira Ana Paula Maciel, de 31 anos. Todos eles tiveram prisão preventiva decretada até 24 de novembro. Caso nenhuma outra medida seja acatada pela Corte de Murmansk, onde os membros do Greenpeace estão detidos, eles terão de aguardar o fim das investigações em detenção.
O Ministério das Relações Exteriores informou à Agência Brasil que a brasileira deverá ser mantida presa até o final de novembro. Uma funcionária do ministério acompanhou nesta quinta-feira o julgamento do pedido de fiança. Com a negativa da Justiça russa, o governo brasileiro terá de aguardar o devido trâmite do processo judicial.
Depois do dia 24 de novembro, quando termina o prazo da prisão preventiva, há três possibilidades: a prisão preventiva dos ativistas ser estendida, o caso ser julgado ou a soltura deles, que poderão responder ao processo em liberdade.
De acordo com o ministério, o governo brasileiro está prestando toda a assistência necessária a Ana Paula, que recebeu, nos últimos dias livros, agasalhos e artigos de higiene pessoal. O embaixador do Brasil na Rússia, Fernando Barreto, chegou a assinar uma carta de garantia pedindo que a brasileira respondesse ao processo em liberdade. No documento, o Brasil se responsabilizava pelo bom comportamento da ativista durante as investigações e pelo comparecimento dela aos tribunais sempre que solicitado. O pedido foi negado. Segundo o Greenpeace, o Brasil foi o único dos outros 19 países com nacionais envolvidos no caso que enviou à Rússia esse tipo de documento.
Ontem (23), a Justiça russa amenizou as acusações aos ativistas, mudando a classificação do delito de pirataria para vandalismo, cujas penas são mais brandas. No caso de vandalismo, a pena pode chegar a sete anos de reclusão e, no de pirataria, a até 15 anos. Ainda assim, o Greenpeace rechaçou as acusações e disse que os advogados irão contestar.
Pouco antes do anúncio da flexibilização de pena, a Rússia rejeitou a arbitragem do Tribunal Internacional dos Direitos do Mar no caso. Também ontem, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), nomeou uma comissão mista para ir à Rússia e interceder pela libertação de Ana Paula Maciel.
No dia 18 de setembro deste ano, 28 ativistas da Greenpeace, um operador de câmera e um fotógrafo foram detidos pela guarda costeira russa, que abordou o barco da organização. Pouco antes, dois ativistas subiram em uma plataforma petrolífera do consórcio russo Gazprom, com o objetivo de denunciar os danos ao Ártico, resultantes da extração de petróleo.
Edição: Nádia Franco
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2018 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni