Obama pede a republicanos para "reabrir” administração e critica "cruzada ideológica"

1 de outubro de 2013

Internacional



Obama pede a republicanos para "reabrir" administração e critica "cruzada ideológica"
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-01/obama-pede-republicanos-para-reabrir%E2%80%9D-administracao-e-critica-cruzada-ideologica
Oct 1st 2013, 19:19

Da Agência Lusa



Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu hoje (1º) aos republicanos para "reabrirem" a administração federal, cuja atividade está a partir de hoje parcialmente paralisada por falta de fundos, e criticou uma "cruzada ideológica" contra a reforma do sistema de saúde. Em uma declaração a partir da Casa Branca, Obama alertou que quanto mais durar a paralisação, piores serão os efeitos.
Na mesma declaração, o chefe de Estado norte-americano denunciou que "uma fação" do partido republicano, a ala mais conservadora, obrigou a paralisação da administração federal "só porque não gosta de uma lei", em uma referência à reforma do sistema de saúde norte-americano, conhecida como "Obamacare".
"Esta paralisação republicana não era inevitável, quero que todos os americanos entendam porque é que ela ocorreu", frisou Obama. "Eles paralisaram o governo em nome de uma cruzada ideológica para impedir milhões de norte-americanos de poderem tratar-se por um preço razoável", defendeu.
Os Estados Unidos acordaram hoje, no início de um novo ano fiscal, com os serviços da administração federal parcialmente paralisados pela primeira vez em 17 anos, situação que obrigou 800 mil funcionários públicos a ficarem em casa e com museus e parques nacionais, por exemplo, fechados.
Na segunda-feira, o Senado norte-americano rejeitou um projeto de Orçamento temporário, adotado no fim de semana pela Câmara dos Deputados. Os 54 senadores democratas, que garantem a maioria no Senado, votaram contra um texto que teria permitido financiar o Estado federal a partir de terça-feira, mas que comprometia a lei sobre a reforma da saúde patrocinada pelo Presidente Barack Obama.
O Governo federal é o principal empregador dos Estados Unidos, com mais de 2 milhões de funcionários civis e 1,4 milhões de soldados no ativo.
Apesar da interrupção, os militares vão continuar a receber os respetivos pagamentos, graças a uma medida aprovada na segunda-feira à noite nas duas câmaras do Congresso norte-americano e posteriormente assinada por Obama.
O último encerramento parcial dos serviços federais ocorreu em janeiro de 1996 e durou 21 dias.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni