Santos pede que Farc acelerem negociações de paz na Colômbia

8 de outubro de 2013

Internacional



Santos pede que Farc acelerem negociações de paz na Colômbia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-08/santos-pede-que-farc-acelerem-negociacoes-de-paz-na-colombia
Oct 8th 2013, 20:54

Leandra Felipe

Correspondente da Agência Brasil/EBC
Bogotá – O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, pediu hoje (8) que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) "acelerem o ritmo" das negociações de paz com seu governo em Havana, Cuba, e que apresente resultados antes do dia 18 de novembro, quando as processo de paz completará um ano.
"Espero que daqui até lá [18 de novembro], possamos obter novos resultados e mostrar que estamos avançando para o bem do processo", disse em um evento direcionado às vítimas do conflito armado, em San Carlos, departamento de Antioquia.
Durante o ato de entrega de 500 cartas de indenização às vítimas do conflito na cidade, Santos também informou que avisará o país sobre sua intenção de candidatar-se à reeleição, apesar da incerteza quanto ao avanço dos diálogos pelo fim do conflito. No dia 25 de novembro termina o prazo legal para que ele anuncie se pretende disputar um segundo mandato.
O presidente disse que tem intenção de se candidatar novamente, mas com o cenário indefinido do processo de paz e apoio dos partidos quanto à continuidade da negociação, poderia recuar. Ele acredita que as Farc precisam avançar nas negociações com o governo para que as pessoas não cheguem ao "ceticismo" no processo. "Minha vontade é que aceleremos, porque as pessoas estão começando a desacreditar na negociação e me perguntam por que não chegaram a mais acordos", disse.
Hoje as Farc declararam ter avançado no diálogo do segundo item da pauta, a participação política, mas disseram que ainda não há acordo sobre o tema, em discussão desde junho. Além das declarações públicas, Santos também articula-se entre os partidos que o apoiam no governo. Ele está fazendo consultas para verificar se teria apoio da base política em três cenários, caso a negociação não avance.
As opções que o presidente está discutindo com a base aliada seriam: continuar os diálogos durante o processo eleitoral; interromper definitivamente a negociação ou congelar os diálogos durante as eleições.
Hoje em um café da manhã com representantes do partido de la U, Santos conseguiu apoio para que o processo continue. O ex-partido de seu antecessor Álvaro Uribe quer que o processo continue, mas também pediu o compromisso de acelerar os diálogos.
Após romper relações políticas com Santos, Uribe anunciou a saída do partido de la U e criou um novo movimento de direita no país, o Centro Democrático. O ex-presidente inscreveu formalmente a legenda na Justiça Eleitoral colombiana e declarou sua intenção de candidatar-se ao Senado.


Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni