Síria: ONU diz que houve “progressos encorajadores” dos inspetores de armas químicas

4 de outubro de 2013

Internacional



Síria: ONU diz que houve "progressos encorajadores" dos inspetores de armas químicas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-04/siria-onu-diz-que-houve-%E2%80%9Cprogressos-encorajadores%E2%80%9D-dos-inspetores-de-armas-quimicas
Oct 4th 2013, 18:13

Da Agência Lusa
Damasco – Os inspetores envolvidos na destruição do arsenal químico na Síria registraram "progressos encorajadores", disse hoje (04) a Organização das Nações Unidas (ONU), que admitiu a chegada ao terreno na próxima semana das equipes que vão desmantelar esse armamento. O presidente sírio, Bashar Al Assad, também voltou a negar a utilização pelo seu Exército de projéteis equipados com ogivas químicas em 21 de agosto nas regiões controladas pelos rebeldes perto de Damasco.
O ataque, confirmado por especialistas da ONU, que no entanto não determinaram os autores, originou uma ameaça de ataques aéreos dos Estados Unidos e da França contra o regime sírio, antes do acordo russo-norte-americano que permitiu uma resolução da ONU para legitimar o desarmamento do arsenal químico. O acordo prevê o desarmamento químico do país até meados de 2014.
A missão conjunta da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Oiac) e da ONU na Síria, no país desde terça-feira (1º), "registrou os primeiros progressos encorajadores" e os documentos entregues pelo governo sírio na quarta-feira (2) "parecem promissores", informaram as Nações Unidas em comunicado.
A ONU referiu-se na quinta-feira (3) a uma "boa cooperação no nível técnico com as autoridades sírias", apesar de serem necessárias "análises complementares".
Os inspetores responsáveis pelo desarmamento do arsenal químico na Síria, calculado em mais de 1 mil toneladas, começaram desde quarta-feira a "demarcar" os locais, em colaboração com as forças sírias, e "esperam iniciar as inspeções e o desmantelamento na próxima semana".
Assad voltou a desmentir que as suas tropas tenham protagonizado os ataques de 21 de agosto, apesar de admitir que as armas são controladas por "forças especiais", as únicas com capacidade para as utilizar.
"Preparar estas armas é uma operação técnica complexa (…) e é necessário um processo especial para a sua utilização que implica, previamente, uma ordem central do Estado-Maior das Forças Armadas. É impossível que tenham sido utilizadas", disse Assad em entrevista à televisão privada turca Halk-TV.
É a primeira vez que uma operação de desarmamento químico ocorre em um país em plena guerra. O conflito sírio começou em março de 2011 e já provocou mais de 115 mil mortos, segundo diversas organizações internacionais.
Os combates também já forçaram 6 milhões de sírios a abandonar as suas casas e 60 mil refugiaram-se no vizinho Iraque durante o mês de agosto, informaram esta semana os Médicos sem Fronteiras (MSF). Cerca de 2,1 milhões de civis sírios permanecem refugiados nos países vizinhos.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni