França enviará mil soldados à República Centro-Africana

26 de novembro de 2013

Internacional



França enviará mil soldados à República Centro-Africana
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-26/franca-enviara-mil-soldados-republica-centro-africana
Nov 26th 2013, 09:46


Da Agência Brasil
Brasília - A França irá enviar mil soldados à República Centro-Africana por cerca de seis meses como auxílio ao restabelecimento da ordem no país, informou hoje o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian. O anúncio foi efetuado depois da França ter submetido ao Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU), na noite de ontem (25), um projeto de resolução para reforçar a atuação de força no país, com a perspectiva de transformá-la em potência para manutenção da paz da ONU.
Ontem à noite, o primeiro-ministro centro-africano, Nicolas Tiangaye, disse que a França estava pronta a enviar 800 soldados que se juntariam aos 410 militares já em atuação. Tiangaye teve um encontro com o chefe da diplomacia francesa, Laurent Fabius. Segundo Tiangaye o apoio da França deverá ter início em meados de dezembro.



"O papel da França será de apoiar as forças da Misca (Missão Internacional de Apoio à República Centro-Africana) em termos militares, logísticos e de assistência técnica", explicou o primeiro-ministro.
Na quinta-feira (21), o presidente francês, François Hollande mencionou o aumento do contingente francês na República Centro-Africana, onde, segundo ele a situação é "extremamente grave". Hollande não havia informado, no entanto, quando ou qual o efetivo seria enviado ao país.
O projeto de resolução apresentado pela França no Conselho de Segurança instaura um embargo às armas destinadas à República Centro-Africana pelo período inicial de um ano e pede a aplicação rápida de acordos de transição do poder no país, com eleições livres e justas.
A República Centro-Africana está envolvida em confrontos desde março deste ano, quando o regime de François Bozizé foi derrubado pelo chefe da coligação rebelde Séléka, Michel Djotodia, que se tornou presidente. De acordo com o primeiro-ministro Nicolas Tiangaye, há uma insegurança generalizada no país, onde estão sendo cometidos graves crimes de guerra e crimes contra a humanidade.
Com informações da Agência Lusa
Edição: Valéria Aguiar



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni