Alemanha se diz pronta para ajudar na destruição de armas químicas

28 de setembro de 2013

Internacional



Alemanha se diz pronta para ajudar na destruição de armas químicas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/alemanha-se-diz-pronta-para-ajudar-na-destruicao-de-armas-quimicas
Sep 28th 2013, 17:36

Da Agência Lusa
Nova York - A Alemanha está pronta para fornecer ajuda financeira e técnica à eliminação de armas químicas sírias, informou hoje (28), em Nova York, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Guido Westerwelle. "Essas armas devem ser totalmente destruídas seguindo um calendário rigoroso", disse ele na Assembleia Geral da ONU, sem especificar valores e o tipo de ajuda que podem ser disponibilizados pelas autoridades de Berlim. Para o chanceler, o uso de armas químicas é um crime contra a civilização.
Mesmo com a resolução aprovada nessa sexta-feira (27) pelo Conselho de Segurança da ONU, que força o regime de Damasco a destruir cerca de 1.000 toneladas de armas químicas em menos de um ano, o ministro alemão frisou que os sírios "vão continuar a ser mortos diariamente por armas convencionais". Westerwelle pediu uma "solução política" para a crise síria e destacou o anúncio das Nações Unidas sobre a possível convocação, em novembro, de uma conferência de paz "cujos detalhes ainda precisam ser mais claramente expostos".
Ele demonstrou otimismo após o novo presidente iraniano, Hassan Rohani, e o ministro dos negócios Estrangeiros, Mohammad Javad Zarif, darem sinais de que querem negociar com o Ocidente. Segundo o chanceler, a conversa dos iranianos com representantes do Ocidente "foram encorajadoras", mas adiantou ser necessário ainda reconstruir a confiança. "O Irã deve tirar todas as dúvidas da comunidade internacional sobre a natureza exclusivamente pacífica do seu programa nuclear", disse.
A Alemanha faz parte do grupo que inclui mais cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas (Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido) e participa das negociações regulares com Teerã sobre as questões nucleares. "O país está disponível para conduzir as negociações de forma construtiva, mas a nova retórica proveniente de Teerã deve ser posta em prática", destacou.
A comunidade ocidental suspeita da natureza do programa nuclear iraniano, acreditando que Teerã tem ambições bélicas e pretende adquirir armas atômicas. O regime iraniano nega.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Violência no Iraque deixa 14 mortos neste sábado

Internacional



Violência no Iraque deixa 14 mortos neste sábado
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/violencia-no-iraque-deixa-14-mortos-neste-sabado
Sep 28th 2013, 17:27

Da Agência Lusa
Bagdá - Pelo menos 14 pessoas morreram hoje numa série de atentados no Iraque que visaram sobretudo a atingir membros das forças de segurança e as respetivas famílias, segundo fontes médicas e da segurança.
Em Tarmiya, no Norte de Bagdá, homens armados explodiram antes de amanhecer quatro casas pertencentes a políciais e soldados, matando quatro dos ocupantes e ferindo 15, de acordo com as mesmas fontes.
Em Baiji, igualmente no norte da capital, as autoridades impuseram toque de recolher após um atentado à bomba que matou um civil e de um outro contra um posto de controle militar que terminou na morte de um soldado e de dois homens envolvidos no ataque.
No sul da capital iraquiana, uma pessoa morreu na explosão de uma bomba num mercado em Nahrawan. Perto de Baquba e em Bagdá atentados causaram a morte de cinco pessoas.
Mais de 740 pessoas morreram em atos de violência no Iraque desde o início de setembro.
A missão da ONU no Iraque lançou há uma semana um alerta contra uma série de represálias entre sunitas e xiitas, após a multiplicação dos atentados.
Segundo a missão da Organização das Nações Unidas, cabe "aos dirigentes tomar medidas firmes para evitar que a violência piore".
Há vários meses grupos ligados aos extremistas sunitas da Al Qaeda atacam mesquitas, mercados e mesmo campos de futebol frequentados pela comunidade xiita, recorrendo a atentados suícidas. Os atentados à comunidade sunita começam também a se multiplicar.
O primeiro-ministro iraquiano, Nuri Al Maliki, garantiu no mês passado que as operações contra os rebeldes deram resultado, e as autoridades anunciaram a detenção de centenas de combatentes e a morte de dezenas deles.
Mas as críticas ao governo, dominado por xiitas, prosseguem, acusando-o de recorrer à força, ao promover detenções maciças e arbitrárias entre a população sunita, além de maltratar os prisioneiros.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Naufrágio na Indonésia deixa pelo menos 22 mortos e 33 desaparecidos

Internacional



Naufrágio na Indonésia deixa pelo menos 22 mortos e 33 desaparecidos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/naufragio-na-indonesia-deixa-pelo-menos-22-mortos-e-33-desaparecidos
Sep 28th 2013, 16:01

Da Agência Lusa
Sydney – Pelo menos 22 pessoas morreram, 33 continuam desaparecidas e 25 sobreviveram ao naufrágio de um barco na Indonésia, com o qual tentavam alcançar a costa australiana para pedir asilo.
Quatro crianças morreram no acidente, que ocorreu nessa sexta-feira (27) ao Sul da Ilha de Java. As operações de busca e salvamento eram dificultadas, às primeiras horas de hoje, pelo estado do mar, de acordo com a rádio australiana ABC.
A bordo da embarcação seguiam cerca de 80 imigrantes ilegais procedentes do Líbano, Iraque e Paquistão, segundo dados das autoridades indonésias, apesar de a imprensa local informar que eram 120 passageiros.
"Para se salvar, os sobreviventes nadaram até a costa de Agrabinta, a cerca de 200 metros de distância de onde naufragou a embarcação", explicou Haris Bahtiar, representante das autoridades locais, citado pela agência de notícias da Indonésia.
O naufrágio ocorreu um dia depois de outra embarcação, com 44 pessoas, ter sido resgatada pelas autoridades marítimas australianas.
Entre janeiro e agosto, 218 embarcações com 15.182 refugiados a bordo, a maioria imigrantes do Afeganistão, de Bangladesh, do Iraque, Irã e Sri Lanka, tentaram entrar ilegalmente na Austrália para pedir asilo, o que provocou um debate no país sobre políticas a serem adotadas para responder aos crescentes fluxos migratórios.
O novo primeiro-ministro, o conservador Tony Abbott, anunciou recentemente que os imigrantes ilegais que chegassem de barco não seriam mais aceitos no país.
O chefe do governo australiano viaja segunda-feira (30) para a Indonésia. Ele vai pedir, entre outras coisas, maior cooperação entre os países na área de imigração. É a primeira viagem oficial ao estrangeiro desde que assumiu a chefia do governo de Canberra.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

UE apoia qualquer ação destinada a forçar destruição de armas químicas

Internacional



UE apoia qualquer ação destinada a forçar destruição de armas químicas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/ue-apoia-qualquer-acao-destinada-forcar-destruicao-de-armas-quimicas
Sep 28th 2013, 15:28

Da Agência Lusa
Bruxelas - A União Europeia (UE) vai apoiar qualquer ação internacional destinada a forçar a destruição do arsenal químico sírio, disse hoje (28) a representante da diplomacia europeia, Catherine Ashton. "A resolução das Nações Unidas (adotada nessa sexta-feira, 27) representa mais um passo rumo a uma resposta internacional unificada face à crise síria", acrescentou Ashton, em comunicado citado pela Agência France Presse.
Segundo ela, a resolução abre a porta para a eliminação de armas químicas na Síria e dá uma resposta à ameaça que representam essas armas de destruição maciça. "A União Europeia apoiará todas as ações decididas em nível internacional em caso de desrespeito" a essa resolução, disse ainda Ashton.
O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou, nessa sexta-feira, resolução histórica sobre a destruição do arsenal de armas químicas da Síria. É a primeira resolução adotada pelo conselho desde o início do conflito na Síria, em março de 2011. O documento, resultado de acordo entre os Estados Unidos e a Rússia, foi aprovado por unanimidade pelos 15 membros da instituição.
O conflito na Síria, que dura mais de dois anos e meio, já fez mais de 110 mil mortos, 2 milhões de refugiados e 4 milhões de deslocados, de acordo com dados da ONU.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Resolução da ONU pode ser primeiro passo para fim de conflito na Síria, diz Itamaraty

Internacional



Resolução da ONU pode ser primeiro passo para fim de conflito na Síria, diz Itamaraty
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/resolucao-da-onu-pode-ser-primeiro-passo-para-fim-de-conflito-na-siria-diz-itamaraty
Sep 28th 2013, 15:22

Danilo Macedo

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O governo brasileiro informou hoje (28), por meio do Ministério das Relações Exteriores, que recebeu com satisfação a notícia de que o Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou nessa sexta-feira (27) a resolução para a eliminação de todas as armas químicas da Síria. Para o Brasil, o documento endossa o processo de paz conduzido pelos sírios. "Trata-se de momento crucial de unidade do conselho, que pode se transformar no primeiro passo para a resolução definitiva do conflito naquele país", informa a nota publicada pelo Itamaraty.
O governo também apoiou a conferência internacional de paz programada para novembro, anunciada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. O objetivo é buscar o fim de dois anos e meio de guerra civil na Síria. "O Brasil expressa apoio à realização da Conferência de Paz Genebra 2, com a participação e protagonismo de todos os sírios, que conduza à solução do conflito e a imediata normalização da situação na Síria."
O presidente sírio, Bashar Al Assad, assumiu o compromisso de destruir o arsenal químico sírio e não colocar obstáculos ao processo. A resolução aprovada ontem não prevê, no entanto, uma intervenção militar automática em caso de descumprimento da determinação, aprovada por unanimidade pelos cinco membros permanentes e dez temporários do conselho.
A resolução é consequência da morte de milhares de civis durante mais de dois anos de guerra civil e, principalmente, do ataque com gás sarin no dia 21 de agosto, em Damasco, que resultou na morte de centenas de pessoas e mostrou ao mundo imagens chocantes. O incidente foi considerado o pior ataque químico do mundo em mais de duas décadas.
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, um dos principais mediadores do conflito, que ajudou a convencer os Estados Unidos a não intervir militarmente na Síria, disse que seu país continuará trabalhando para avançar nas negociações de paz. Ele também disse, no entanto, que o Conselho de Segurança deve se preparar para adotar sanções em caso de violação do compromisso de destruição das armas químicas.
Durante discurso na abertura da 68ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York, no início da semana, a presidenta Dilma Rousseff, defendeu a negociação e o diálogo como a única solução para a crise síria. Dilma também defendeu uma reforma "urgente" do Conselho de Segurança, para que tenha mais legitimidade na representação da nova ordem mundial, com a participação cada vez maior de países em desenvolvimento.
Edição: Talita Cavalcante
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Naufrágio no Rio Níger faz 42 mortos e deixa 100 pessoas desaparecidas

Internacional



Naufrágio no Rio Níger faz 42 mortos e deixa 100 pessoas desaparecidas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/naufragio-no-rio-niger-faz-42-mortos-e-deixa-100-pessoas-desaparecidas
Sep 28th 2013, 14:48

Da Agência Lusa
Lagos - Uma embarcação superlotada de passageiros e carga virou na noite dessa sexta-feira (7) no Rio Níger, no Centro da Nigéria, causando a morte de 42 pessoas e deixando 100 desaparecidas, informaram hoje (28) os serviços de emergência nacionais.
A embarcação, que transportava cerca de 150 pessoas, partiu da aldeia de Malilli e pouco tempo depois se partiu em duas, segundo o diretor da Agência de Gestão de Emergências do Níger, Mohammed Shaba. "Até ao momento, perdemos 42 e 100 [pessoas] estão desaparecidas."
Equipes de salvamento iniciaram hoje buscas no local. Segundo Shaba, a superlotação foi a principal causa do acidente, mas o elevado nível das águas do rio, depois da estação das chuvas, também pode ter contribuído para o naufrágio.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Síria: resolução da ONU "não faz justiça" às vítimas do conflito, diz organização

Internacional



Síria: resolução da ONU "não faz justiça" às vítimas do conflito, diz organização
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/siria-resolucao-da-onu-nao-faz-justica-vitimas-do-conflito-diz-organizacao
Sep 28th 2013, 12:23

Da Agência Lusa
Beirute – A organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW) criticou hoje (28) a resolução aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU) que prevê a destruição do arsenal de armas químicas sírio, afirmando que o texto não faz justiça às vítimas do conflito.
"Essa resolução não consegue garantir a justiça pelo envenenamento por gás tóxico de centenas de crianças e por muitos outros crimes graves", disse o representante da organização não governamental, Philippe Bolopion.
Ele reiterou o pedido, feito várias vezes pela HRW, de envolver o Tribunal Penal Internacional na situação da Síria e adotar sanções específicas contra os responsáveis pelas mortes em massa".
O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou, nessa sexta-feira (27), uma resolução histórica sobre a destruição do arsenal de armas químicas da Síria. Foi a primeira adotada pelo conselho desde o início do conflito no território sírio, em março de 2011.
Os 15 membros do órgão máximo da ONU aprovaram por unanimidade a resolução, acertada entre os Estados Unidos e a Rússia.
Para Philippe Bolopion, o Conselho de Segurança da ONU limitou-se a expressar "a profunda convicção de que os responsáveis pelo uso de armas químicas na Síria devem ser responsabilizados", posição que, na sua opinião, não resolve os problemas mais profundos do conflito.
"Os esforços para destruir o arsenal químico sírio são essenciais, mas não resolvem o problema das armas convencionais que provocaram a morte da grande maioria de cerca de 100 mil pessoas", concluiu o representante.
A organização denuncia o uso de minas antipessoais, armas incendiárias ou de armas de baixo calibre.
O conflito na Síria, que dura mais de dois anos e meio, já fez mais de 110 mil mortos, 2 milhões de refugiados e 4 milhões de deslocados, segundo dados da ONU.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Mortalidade por câncer é menor nos países europeus que gastam mais em saúde

Internacional



Mortalidade por câncer é menor nos países europeus que gastam mais em saúde
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/mortalidade-por-cancer-e-menor-nos-paises-europeus-que-gastam-mais-em-saude
Sep 28th 2013, 12:48

Da Agência Lusa
Madri – A mortalidade por câncer é menor nos países da União Europeia com maior despesa sanitária, especialmente em casos de câncer de mama, mostra estudo apresentado no Congresso Europeu de Câncer 2013, em Amesterdã, capital holandesa.
Nos países que gastam em saúde menos de US$ 2.000 anuais por pessoa, como a Romênia, Polônia e Hungria, cerca de 60% dos doentes morrem após o diagnóstico da doença, enquanto nos que despendem entre US$ 2.500 e US$ 3.000, como Portugal, a Espanha e o Reino Unido, a mortalidade fica entre 40% e 50%. Na França, Bélgica e Alemanha, com gasto acima de US$ 4.000, a mortalidade está abaixo de 40%.
Segundo os autores do estudo, citados pela Agência EFE, a riqueza e o maior gasto sanitário estão associados tanto a uma maior incidência de câncer, quanto à menor mortalidade pela doença. O trabalho está publicado na revista científica especializada Annals of Oncology.
Um dos autores, o oncologista espanhol Felipe Ades, destacou que quanto mais dinheiro se destina à saúde, menor é o número de mortes após o diagnóstico de um câncer e que essa relação é "mais evidente" no caso do câncer de mama.
Os investigadores também observaram que, apesar de todas as iniciativas para harmonizar as políticas sanitárias públicas, há uma "diferença significativa" entre o gasto sanitário e a incidência de câncer nos 27 estados da União Europeia, que é ainda mais clara entre os países europeus orientais e ocidentais.
O estudo analisa os motivos da maior incidência da doença nos países da Europa Ocidental, mas sugere que este fato se deve em parte à existência de maior número de programas de triagem, que permitem detectar casos de câncer nas fases mais precoces e mais tratáveis terapeuticamente.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Novo tremor no Paquistão deixa pelo menos 12 mortos

Internacional



Novo tremor no Paquistão deixa pelo menos 12 mortos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/novo-tremor-no-paquistao-deixa-pelo-menos-12-mortos
Sep 28th 2013, 10:50

Da Agência Lusa
Islamabad – O tremor de magnitude 6,8 graus na escala Richter, que atingiu hoje (28) a província paquistanesa do Baluchistão (Sudoeste), fez pelo menos 12 mortos, quatro dias depois de um forte terremoto na mesma região ter deixado mais de 300 pessoas mortas.
"Pelo menos 12 pessoas morreram e sete ficaram feridas", disse o diretor da Agência Provincial de Gestão de Catástrofes, Abdul Latif Kakar, à Agência France Presse. Ele admitiu que o número de vítimas pode aumentar, considerando a magnitude do tremor e as características do distrito mais afetado, Awaran, o mais pobre da província.
O abalo de hoje foi registrado a 96 quilômetros de Awaran, a uma profundidade de 14 quilômetros, às 12h34 locais (8h34 em Lisboa, 4h34 em Brasília), segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos. A instituição considerou o tremor uma réplica do sismo de magnitude 7,7 graus de terça-feira (24), mas o diretor do Centro Nacional de Sismos do Paquistão, Zahi Rafi, disse tratar-se de novo terremoto. "Não foi uma réplica, foi um terremoto independente", acrescentou.
O sismo de terça-feira (24) fez mais de 350 mortos e deixou mais de 100 mil sem casa.
"Este novo sismo destruiu tudo o que tinha ficado de pé depois do primeiro, há duas aldeias completamente destruídas", disse Abdul Malik, ministro principal da província.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Paquistão é atingido por novo tremor de terra

Internacional



Paquistão é atingido por novo tremor de terra
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-09-28/paquistao-e-atingido-por-novo-tremor-de-terra
Sep 28th 2013, 10:14

Da Agência Lusa
Islamabad – Um novo tremor de terra, de magnitude 6,8 na escala Richter, abalou hoje (28) o Sudoeste do Paquistão, região devastada por um abalo nos últimos dias, que causou cerca de 300 mortes.
O novo tremor foi registrado a 96 quilômetros do distrito de Awaran, a uma profundidade de 14 quilômetros, às 12h34 locais (8h34 em Lisboa, 4h34 em Brasília), segundo o Registro Geológico dos Estados Unidos.
"Não foi uma réplica, foi um novo sismo", disse Zahi Rafi, diretor do Centro Nacional de Sismos do Paquistão, informa a Agência France Press, citando a Geo TV.
O sismo que abalou terça-feira (24) a Região Sudoeste do Paquistão registou intensidade de 7,7 graus na escala Richter, deixando quase 350 mortos e mais de 500 feridos, de acordo com o último balanço fornecido pelas autoridades locais.
O tremor de terra que atingiu a localidade de Awaran, na província do Baluchistão, destruiu várias casas e foi sentido na Índia e no Irã, países vizinhos.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni