Brasil e Rússia discutem parceria estratégica na área militar

16 de outubro de 2013

Internacional



Brasil e Rússia discutem parceria estratégica na área militar
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/brasil-e-russia-discutem-parceria-estrategica-na-area-militar
Oct 16th 2013, 17:34

Pedro Peduzzi

Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os ministros da Defesa do Brasil, Celso Amorim, e da Rússia, Sergey Kuzhugetovich, reuniram-se hoje (16) para tratar da parceria estratégica militar acertada em dezembro entre os presidentes Dilma Rousseff e Vladimir Putin. Em pauta, a compra de sistemas de defesa antiaérea móvel (Panzir, de médio alcance) e portátil (Igla, de curto alcance). A exemplo de outras compras feitas pelo governo brasileiro, o acordo envolverá transferência da tecnologia aplicada nos equipamentos.
"Não se trata de uma visita para comprar ou vender, mas de uma visita de cooperação estratégica entre integrantes do Brics [grupo composto pelos principais países emergentes: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul]", disse Amorim.
Os dois ministros avançaram também nas tratativas para a criação de um grupo de trabalho na área de defesa cibernética e para o intercâmbio de militares. Outro assunto abordado pelos ministros foi o Projeto FX-2, que visa à aquisição, pelo Brasil, de aviões de quarta geração.
No encontro, Amorim informou que o projeto é uma "necessidade mais imediata", mas ressaltou que o Brasil pretende, em médio prazo, buscar também parcerias para o desenvolvimento de caças de quinta geração, com tecnologias e sistemas de armas mais avançados.
Amorim disse ao ministro russo que a aquisição dos sistemas de defesa antiaérea – estimada em US$ 1 bilhão, mas com possibilidades de redução deste valor – e dos helicópteros MI-35, ao custo unitário de US$ 25 milhões, representam uma primeira experiência que, se for bem sucedida, poderá avançar ainda mais.
O Brasil já recebeu nove dos 12 helicópteros contratados. Parte deles já está sendo usada pela Força Aérea principalmente na Amazônia. "Nossa visão em relação à Rússia não é a compra eventual de equipamentos militares. Até podemos fazê-lo, mas nossa visão é, sim, busacar parceria estratégica voltada para o desenvolvimento tecnológico conjunto. Por isso, nossas primeiras experiências com vocês são tão importantes", disse Amorim ao ministro russo.
O projeto mais adiantado é o da artilharia antiaérea. Para assinar o contrato, faltam apenas alguns detalhamentos técnicos, principalmente relativos à transferência de tecnologia. A fim de resolvê-los, uma missão técnica brasileira deverá ir à Rússia dentro de um ou dois meses, informou o Ministério da Defesa.
Edição: Nádia Franco
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Fim de impasse nos Estados Unidos é alívio para o mundo, diz Mantega

Internacional



Fim de impasse nos Estados Unidos é alívio para o mundo, diz Mantega
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/fim-de-impasse-nos-estados-unidos-e-alivio-para-mundo-diz-mantega
Oct 16th 2013, 16:54

Wellton Máximo

Repórter da Agência Brasil
Brasília – O fechamento de um acordo no Senado norte-americano para aumentar temporariamente o teto da dívida pública e desbloquear o Orçamento dos Estados Unidos representa um alívio para a economia global, disse hoje (16) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Segundo ele, o fim da paralisação da administração pública nos Estados Unidos impediu que a recuperação da atividade econômica em todo o mundo seja ameaçada.
"A economia mundial está em recuperação. Estamos indo até razoavelmente bem, e uma medida dessa natureza [bloqueio do Orçamento e calote da dívida pública norte-americana] poderia emperrar esse processo", destacou o ministro. "Isso cria uma sensação de insegurança, desconfiança e, portanto, prejudica os negócios de modo geral."
Mantega ressaltou que a instabilidade no sistema financeiro nos últimos dias pode ter prejudicado a emissão de títulos por empresas brasileiras que queiram captar recursos no exterior. "O governo não fez nenhuma emissão [no mercado internacional], mas imagino que algumas empresas privadas tenham sido prejudicadas porque o mercado ficou um pouco nervoso enquanto a questão não foi resolvida."
O ministro classificou o acordo final de intermediário. "Acredito numa resolução, mas não exatamente o que o governo americano gostaria, mas alguma coisa intermediária. Eles vão ganhar um fôlego intermediário e continuar empurrando essa questão por algum tempo", disse Mantega.
No início da tarde de hoje (16), o Senado dos Estados Unidos anunciou um acordo para encerrar o impasse que paralisava a administração pública do país desde o início do mês. O texto prevê a elevação do teto da dívida americana até pelo menos o próximo dia 7 de fevereiro e a reabertura dos serviços públicos até 15 de janeiro. O acordo precisa ser aprovado pelos deputados e senadores norte-americanos até a meia-noite (hora local, 1h em Brasília) para entrar em vigor.
O ministro também comentou sobre o dólar, que está em R$ 2,17 e registrou a menor cotação desde junho. Segundo ele, a queda do dólar representa um sinal de que não está abalada a confiança dos investidores internacionais no Brasil. "Isso [a queda do dólar] é um testemunho de segurança, de confiança. Significa que está entrando um pouco mais de recurso no país", disse.
Mantega, no entanto, não descartou a possibilidade de a moeda norte-americana subir novamente, caso haja novas instabilidades no sistema financeiro internacional. "O dólar é flutuante no Brasil. Então temos de admitir que ele flutue tanto para cima quanto para baixo", concluiu.
Edição: Nádia Franco
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Senado anuncia acordo sobre teto da dívida norte-americana

Internacional



Senado anuncia acordo sobre teto da dívida norte-americana
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/senado-anuncia-acordo-sobre-teto-da-divida-norte-americana
Oct 16th 2013, 15:09

Da Agência Lusa
Washington - O líder da maioria democrata do Senado norte-americano, Harry Reid, anunciou hoje (15) a conclusão com o Partido Republicano de um acordo que permite subir o teto da dívida pública norte-americana. O compromisso também prevê a reabertura imediata das agências federais parcialmente fechadas desde 1º de outubro.
O acordo inclui ainda a convocação de uma comissão para negociar o Orçamento para 2014. Segundo Mitch McConnell, líder da minoria republicana, a votação no Senado poderá ocorrer ainda hoje, evitando assim uma situação de descumprimento.
A paralisação parcial da administração federal norte-americana, devido à falta de um acordo sobre o Orçamento no Congresso entre democratas e republicanos, entrou hoje no 16º dia.
O limite máximo da dívida autorizado pelo Congresso norte-americano é US$ 16,699 trilhões. Esse limite foi ultrapassado em 17 de maio e, desde então, o Departamento do Tesouro tem coberto os compromissos com manobras contabilísticas, atrasos nos pagamentos e transferências de fundos que se esgotam na quinta-feira (17).



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Autoridades japonesas elevam para 14 mortos e 50 desaparecidos o número de vítimas de tufão

Internacional



Autoridades japonesas elevam para 14 mortos e 50 desaparecidos o número de vítimas de tufão
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/autoridades-japonesas-elevam-para-14-mortos-e-50-desaparecidos-numero-de-vitimas-de-tufao
Oct 16th 2013, 11:03

Da Agência Lusa
Tóquio – As autoridades japonesas elevaram a 14 o número de mortos devido à passagem do Tufão Wipha, considerado o mais forte a atingir o arquipélago nos últimos dez anos.
Além do número de mortos, o balanço das autoridades do país incluiu 50 desaparecidos devido às fortes chuvas e ventos que destruíram casas e fizeram transbordar os rios.
Só na Ilha de Izu Oshima, a sul de Tóquio, foram encontrados 13 corpos, enquanto 50 pessoas estão desaparecidas depois de a região ter registrado um recorde de 122,5 milímetros de chuva em apenas uma hora.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Bolsa de Nova York abre positiva, com investidores à espera de acordo em Washington

Internacional



Bolsa de Nova York abre positiva, com investidores à espera de acordo em Washington
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/bolsa-de-nova-york-abre-positiva-com-investidores-espera-de-acordo-em-washington
Oct 16th 2013, 12:05

Da Agência Lusa
Nova Iorque – A Bolsa de Nova Iorque abriu hoje positiva, com os investidores à espera do acordo em Washington entre republicanos e democratas para subir o limite da dívida norte-americana antes desta quinta-feira (17).
O industrial Dow Jones, o principal indicador de Wall Street, subiu 0,69%, para 15.272,56 pontos, e o tecnológico Nasdaq registrava subida de 0,74%, para 3.821,86 pontos, de acordo com a agência financeira Bloomberg.
Para desbloquear o impasse político está na pauta uma proposta a ser negociada entre os dois partidos no Senado. O objetivo é financiar o governo até 15 de janeiro do próximo ano, o que permitiria suspender o limite do endividamento até 7 de fevereiro.
A proposta poderá ser votada ainda hoje pelo Congresso.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Diretor-geral da ONU diz ser possível vencer a luta contra a fome

Internacional



Diretor-geral da ONU diz ser possível vencer a luta contra a fome
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/diretor-geral-da-onu-diz-ser-possivel-vencer-luta-contra-fome
Oct 16th 2013, 10:52

Da Agência Lusa
Roma - O diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), José Graziano, disse hoje ser possível ganhar a luta contra a fome e destacou a importância de acabar com o desperdício e garantir dietas equilibradas. "Podemos ganhar a luta contra a fome", declarou em cerimônia na sede da FAO, em Roma, para marcar o Dia Mundial da Alimentação.
Graziano informou que 62 dos 128 países monitorados pela FAO atingiram o Objetivo de Desenvolvimento do Milénio de reduzir à metade o número de pessoas com fome a partir de 1990, mostrando ser possível atingir a meta em 2015.
O número de pessoas com fome em todo o mundo diminuiu nos últimos anos, devido principalmente ao crescimento econômico nos países em desenvolvimento e ao aumento da produção agrícola, mas ainda chega a 842 milhões de pessoas. Segundo o diretor-geral da FAO, o custo da fome é equivalente a cerca de 5% do rendimento mundial devido à perda de produtividade e aos gastos com saúde.
Em mensagem enviada a Graziano, o papa Francisco disse que o fato de ainda existir a fome e a subnutrição no mundo é "um escândalo" e criticou o consumismo e o desperdício. Ele considerou que um "dos desafios mais sérios para a humanidade é o da trágica condição em que ainda vivem milhões de pessoas famintas e subnutridas, incluindo muitas crianças".
Francisco pediu solidariedade para encontrar uma solução justa e duradoura e o fim da indiferença, em nível pessoal e institucional, a quem morre de fome ou sofre de subnutrição. "A fome e a subnutrição não podem ser vistas como um fato normal, ao qual nos devemos acostumar, como se fosse parte do sistema. Algo tem que mudar em nós, na nossa mentalidade, nas nossas sociedades", alertou.
Para o papa argentino, a fome e a subnutrição são apenas um dos frutos da cultura do desperdício que, muitas vezes, leva ao sacrifício de homens e mulheres, aos ídolos do lucro e do consumo".



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

ONU alerta sobre desperdícios no Dia Mundial da Alimentação

Internacional



ONU alerta sobre desperdícios no Dia Mundial da Alimentação
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/onu-alerta-sobre-desperdicios-no-dia-mundial-da-alimentacao
Oct 16th 2013, 08:28

Da Agência Brasil*
Roma - As Nações Unidas alertaram hoje (16), no Dia Mundial da Alimentação, para o desperdício alimentar, uma das principais razões para que 842 milhões de pessoas continuem privadas de quantidades suficientes de alimentos. No mesmo comunicado, a ONU destacou a importância de uma dieta equilibrada para combater o aumento da obesidade e garantir a saúde das populações.
Para marcar a data, na sede da FAO, em Roma, será oferecido hoje um almoço totalmente feito com produtos destinados ao lixo.
Cerca de um terço dos alimentos produzidos em todo o mundo - ou 1,3 bilhão de toneladas e mais de US$ 750 bilhões - por ano são atualmente desperdiçados, de acordo com dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).
"Com um quarto desses números, é possível alimentar 842 milhões de pessoas famintas em todo o mundo", garantiu Robert van Otterdijk, especialista em indústrias agrícolas e responsável pela infraestrutura rural na FAO.
Segundo ele, ao "reduzir à metade esse desperdício, bastaria aumentar a produção alimentar mundial em 32% para conseguir dar comida a 9 bilhões de pessoas, a população mundial prevista em 2050", de acordo com projeções demográficas.
Atualmente, os peritos estimam ser necessário um aumento de 60% da produção para responder às necessidades futuras da humanidade, um patamar insustentável para o planeta, cujos recursos em terra e água não são infinitos.
Para Mathilde Iweins, coordenadora de um relatório sobre os custos ambientais do desperdício, "as superfícies agrícolas utilizadas para a produção de alimentos que não serão utilizados equivalem às do Canadá e da Índia, em conjunto".
Se avaliarmos o desperdício alimentar como um país, seria "o terceiro emissor de gás de efeito estufa, depois da China e dos Estados Unidos", com um consumo de água equivalente a três vezes o Lago Léman (entre a Suíça e França), disse Iweins.
Nos países em desenvolvimento, as reduzidas capacidades de armazenamento e de acesso ao mercado são as principais causas do desperdício. Nas sociedades industrializadas, a responsabilidade é do excesso de normas e regras, devido a preocupações sanitárias ou estéticas.
Em sua mensagem pelo Dia Mundial da Alimentação, a ONU insistiu também na importância de sistemas de produção duráveis. "Modelos não viáveis de desenvolvimento degradam o ambiente natural, ameaçam os ecossistemas e a biodiversidade, indispensáveis para o futuro abastecimento de alimentos", acrescentou.
Se os esforços combinados dos Estados e das agências da ONU permitiram reduzir, de forma espetacular, o número de pessoas com fome (mais de 1 bilhão em 2009), o número de subnutridos é ainda de 2 bilhões, que sofrem uma ou várias carências em micronutrientes, como vitaminas e minerais.
A FAO mostrou que a subnutrição abrange 26% das crianças que apresentam atraso no crescimento, e 1,4 bilhão de pessoas com excesso de peso, incluindo 500 milhões de obesos.
Em relatório publicado em junho, a organização avaliou que o custo econômico da subnutrição e das carências em micronutrientes representam de 2% a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, ou seja, entre US$ 1,4 bilhão e US$ 2,1 bilhões.
De acordo com o Programa Alimentar Mundial (PAM), que fornece ajuda de emergência a 80 países, é urgente reforçar o número de mães e crianças que recebem produtos nutricionais especializados e focar essa atenção nos primeiros mil dias de vida.
"Se a comunidade internacional investisse US$ 1,2 bilhão por ano, durante cinco anos, na redução das carências em micronutrientes, a quebra da taxa de mortalidade infantil e o impacto positivo nos rendimentos futuros podiam atingir os US$ 15,3 bilhões", indicou o PAM, citando especialistas do Consenso de Copenhague, um projeto voltado ao bem-estar da humanidade.
"Conseguir o maior número possível de alimentos de cada gota de água, porção de terreno, partícula de fertilizantes e minuto de trabalho poupa recursos para o futuro e torna os sistemas mais sustentáveis", lembrou a organização.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Graça Adjuto



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Síria: perigo afasta jornalistas da cobertura do conflito

Internacional



Síria: perigo afasta jornalistas da cobertura do conflito
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/siria-perigo-afasta-jornalistas-da-cobertura-do-conflito
Oct 16th 2013, 08:20

Da Agência Lusa
Beirute - A organização Repórteres sem Fronteiras informou hoje (16) que há cada vez menos jornalistas cobrindo o conflito na Síria devido ao perigo de serem mortos, acusados de espionagem ou sequestrados.
Há também restrições à emissão de vistos pelo regime de Damasco, além da propaganda feita pelas duas partes em conflito, que torna ainda mais difícil o trabalho dos jornalistas. "A maioria dos jornalistas diz que é muito arriscado ir para a Síria neste momento, mesmo que muitos profissionais tenham vontade disso", disse Soazig Dollet, da Repórteres sem Fronteiras.
Segundo a organização, pelo menos 25 profissionais estrangeiros e sírios e 70 civis que se encarregavam de recolher informações para jornalistas foram mortos desde o início da guerra civil, em março de 2011.
Há ainda grande risco de sequestro e pelo menos 16 jornalistas estrangeiros foram dados como desaparecidos, podendo haver mais, cujas famílias optam por não revelar, de acordo com a entidade.
Entre os desaparecidos está James Foley, um jornalista freelancer norte-americano que fez reportagens para a agência francesa France Presse e que foi capturado no Noroeste da Síria, a 22 de novembro de 2012.
Para contornar as restrições do regime na emissão de vistos e de autorização para circular no país, vários jornalistas entram na Síria em locais sem controle nas fronteiras com a Jordânia, Iraque, Líbano ou Turquia.
De acordo com o Comitê para a Proteção de Jornalistas, a maioria das mortes e dos raptos de jornalistas ocorreu nas zonas controladas pelos rebeldes, um fenômeno que tem aumentado.
"As razões por detrás desses raptos não são apenas políticas, mas também financeiras, e há grupos que têm como alvo especificamente os jornalistas, acusando-os de serem espiões", afirmou Shérif Mansur, do comitê.
De acordo com ele, o fato de cada vez menos jornalistas arriscarem entrar na Síria "é um presente para aqueles que violam os direitos humanos".
O conflito na Síria já provocou mais de 110 mil mortos desde março de 2011, de acordo com as Nações Unidas.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Mais da metade das pessoas com problemas de nutrição vivem na Ásia-Pacífico

Internacional



Mais da metade das pessoas com problemas de nutrição vivem na Ásia-Pacífico
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-16/mais-da-metade-das-pessoas-com-problemas-de-nutricao-vivem-na-asia-pacifico
Oct 16th 2013, 07:29

Da Agência Brasil*
Bangcoc – Cerca de 60% de mais de 2 bilhões de pessoas afetadas pela má nutrição em todo o mundo estão na região Ásia-Pacifico, apesar de a erradicação da fome estar avançando, informou hoje a Organização das Nações Unidas (ONU) por ocasião do Dia Mundial da Alimentação.
Em comunicado divulgado em Bangcoc (Tailândia), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) acrescentou que a região Ásia-Pacifico deverá acabar totalmente com a fome em 2025.
O diretor da FAO para a área, Hiroyuki Konuma, alertou que a inflação afeta as classes mais pobres e dificulta o fim da má nutrição. "Os altos preços dos alimentos, que são 50% maiores em termos reais comparativamente há dez anos, aumentam a vulnerabilidade dos pobres", disse ele.
Além dos problemas de fome, o mundo registra também 1,4 bilhão de pessoas com excesso de peso, das quais 500 milhões são obesas e correm sérios riscos de contrair doenças não contagiosas, acrescentou Konuma, citando problemas como o diabetes ou a hipertensão.
Em todo o planeta, uma em cada oito pessoas e uma em cada quatro crianças com menos de cinco anos é vítima de má nutrição, enquanto 165 milhões de crianças nunca desenvolveram o potencial intelectual e físico devido à carência de nutrientes.
O Dia Mundial da Alimentação marca o 68.º aniversário da fundação da FAO na cidade canadense de Quebec, em 1945.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Graça Adjuto



You are receiving this email because you subscribed to this feed at http://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
http://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni