Analistas dizem que eleição parlamentar deste domingo desencadeia sucessão presidencial argentina

26 de outubro de 2013

Internacional



Analistas dizem que eleição parlamentar deste domingo desencadeia sucessão presidencial argentina
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/analistas-dizem-que-eleicao-parlamentar-deste-domingo-desencadeia-sucessao-presidencial-argentina
Oct 26th 2013, 18:44

Monica Yanakiew

Correspondente da Agência Brasil/EBC
Buenos Aires – Trinta milhões de eleitores argentinos irão às urnas amanhã (27) para renovar metade da Câmara dos Deputados e um terço do Senado. Os resultados da votação definirão o apoio político à presidenta Cristina Kirchner nos dois últimos anos de seu segundo mandato. A composição do novo Parlamento desencadeará o processo de sucessão presidencial nas eleições de 2015.
"Essa eleição não deve provocar grandes mudanças na composição do Congresso, mas marca o princípio do fim do kirchnerismo", disse o analista político Rosendo Fraga, em entrevista à Agência Brasil.
A Era Kirchner começou em 2003, quando Nestor Kirchner assumiu a Presidência de uma Argentina recém-saída de uma das piores crises econômica, política e social da história recente. Ele ajudou a eleger a mulher, Cristina, em 2007, e morreu em 2010. Um ano depois, a viúva de Nestor foi reeleita com 54% dos votos mas, pela Constituição, ela não tem direito a um terceiro mandato consecutivo.
"Para reformar a Constituição, a presidenta precisaria de dois terços dos votos no Congresso, o que dificilmente terá. Portanto, o que está em jogo agora é saber se ela vai ter forças para fazer sua sucessão ou se o próximo governo ficará nas mãos da oposição", disse o analista político Roberto Bacman.
Atualmente, o partido do governo, Frente Para a Vitória (FPV) e aliados têm a maioria no Congresso: 135 dos 257 deputados federais e 40 dos 72 senadores. É quase certo que manterão quórum próprio na Câmara. Dos 127 deputados que precisam renovar seus mandatos, 47 são governistas e 80 da oposição. O risco está no Senado. Hoje, Cristina Kirchner conta com o apoio de 40 dos 72 senadores mas, segundo as pesquisas de opinião, pode perder a maioria.
"Mesmo sem maioria nas duas Casas, a governabilidade de Cristina não está em jogo porque o Congresso aprovou a emergência econômica, que é a maior delegação de poderes a um presidente em 30 anos de história. Com isso, ela tem poderes para decidir, por decreto, as questões econômicas até o final de seu mandato", disse Rosendo Fraga. "O que todos estão de olho, agora, é quem vai despontar dessa eleição como presidenciável".
Dois presidenciáveis surgiram da campanha: Sergio Massa, o prefeito de Tigre - município à 28 quilômetros da cidade de Buenos Aires -, e Daniel Scioli, o governador da província de Buenos Aires, o maior distrito eleitoral do país, com cerca de 40% dos eleitores. Ambos têm uma história no Partido Justicialista (Peronista) e trabalharam com Nestor e Cristina Kirchner.
Massa, no entanto, passou para a oposição: candidatou-se a deputado federal da província de Buenos Aires pela Frente Renovadora e, nas primárias, em agosto passado, obteve 35,05% dos votos, mais que Martin Insaurralde, candidato do governo e apoiado por Scioli que recebeu 29,65% dos votos. "No encerramento de campanha, Massa fez um discurso de candidato presidencial o que prova que o que está em jogo é a sucessão de Cristina Kirchner", disse Bacman.
Cristina Kirchner não pode participar da reta final da campanha, porque ainda está se recuperando de uma cirurgia para retirar um coágulo do cérebro. Tampouco deverá votar: os médicos proibiram que ela fizesse qualquer viagem em helicóptero ou avião e o distrito eleitoral dela é em Santa Cruz, no extremo sul da Argentina.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Nova linha de transmissão da Itaipu impulsionará desenvolvimento paraguaio

Internacional



Nova linha de transmissão da Itaipu impulsionará desenvolvimento paraguaio
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/nova-linha-de-transmissao-da-itaipu-impulsionara-desenvolvimento-paraguaio
Oct 26th 2013, 19:41

Paulo Victor Chagas*

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O Paraguai terá a partir de terça-feira (29) maior autonomia na venda de energia e no consumo energético para as indústrias a partir da inauguração da linha de transmissão elétrica de 500 quilovolts (kV). A nova linha liga a subestação da Usina Itaipu Binacional, na fronteira com o Brasil, até a capital Assunção.
Durante a Expo Paraguai-Brasil 2013, ocorrida nesta semana, o diretor-geral de Itaipu pelo Paraguai, James Spalding, ressaltou a importância dos incentivos no setor para a economia do país. "A venda de energia elétrica para o exterior é o segundo maior produto de exportação do Paraguai. No ano passado, com a grande seca que tivemos com a soja, a exportação de energia elétrica tornou-se o primeiro ítem", disse.
Segundo Spalding, o Paraguai é o país que tem a maior produção de energia per capita do mundo e onde apenas a Itaipu Binacional representa 8% do PIB (Produto Interno Bruto), que é a soma da riqueza de um país. Segundo o diretor-geral de Itaipu Brasil, Jorge Samek, a expectativa é que o país cresça mais de 13% este ano.
A 15 quilômetros da Ponte da Amizade, que une os dois países, a presidenta Dilma Rousseff e o presidente do Paraguai, Horacio Cartes, acionarão o botão que dá início às transmissões. A cerimônia acontecerá nas instalações da empresa, território neutro entre os dois países.
A nova linha possui cerca de 350 quilômetros e corta o Paraguai de Leste a Oeste, desde Hermandarias à Villa Hayes, na Grande Assunção. Apoiada por mais de 700 torres, ela gera grande expectativa já que pode beneficiar 60% dos usuários de energia do país.
O presidente da Administración Nacional de Electricidad (Ande), Victor Raúl Romero, disse que a meta do Paraguai é receber mais investimentos para que o consumo atual de megawatts (mw) triplique nos próximos 20 anos. "Hoje, 43,3% do consumo de energia elétrica do Paraguai é residencial e apenas 22% industrial. Queremos mudar esse quadro", disse, segundo a agência de notícias de Itaipu.
Há um mês, o presidente Cartes fez visita de Estado ao Brasil. Na ocasião, a presidenta Dilma disse que a nova linha contribuirá para a integração e a cooperação das cadeias produtivas brasileira e paraguaia. "Essa obra vai permitir grande possibilidade de atração de investidores no Paraguai e contribuirá, sem sombra de dúvida, para a industrialização do país, gerando lá mais emprego e renda", destacou a presidenta após o encontro.
Viabilizada majoritariamente com recursos do Fundo para a Convergência Estrutural do Mercosul (Focem), sendo o Brasil o maior contribuinte, a empreitada custou cerca de US$ 320 milhões. De acordo com a Itaipu, a nova modalidade de transmissão compreendeu três grandes obras: a ampliação da subestação da binacional, a construção da subestação de Villa Hayes, a 50 quilômetros da capital Assunção e a instalação das linhas de transmissão.
*Com informações da agência pública de notícias Ipparaguay.
Edição: Marcos Chagas



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Mais de mil pessoas continuam fora de casa no Japão por causa do tufão Francisco

Internacional



Mais de mil pessoas continuam fora de casa no Japão por causa do tufão Francisco
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/mais-de-mil-pessoas-continuam-fora-de-casa-no-japao-por-causa-do-tufao-francisco
Oct 26th 2013, 11:49

Da Agência Lusa
Tóquio – Cerca de 1,3 mil pessoas continuam fora de suas casas no Japão devido à passagem do tufão Francisco, que tem causado fortes chuvas. O alerta para eventuais inundações e deslizamentos de terras em todo o país está mantido. O tufão passava esta manhã a 150 quilômetros a sul da Ilha de Hachijo, em Izu, seguindo em direção a nordeste a uma velocidade de 40 quilômetros por hora, segundo a Agência Meteorológica do Japão.
Apesar de Francisco ter finalmente desviado o seu curso, as autoridades mantiveram a ordem de evacuação na Ilha de Oshima, fortemente atingida pelo tufão Wipha, na semana passada. Por causa da chegada do tufão e do receio de novos deslizamentos de terra na ilha, onde os níveis de precipitação registrados hoje foram de 24,5 milímetros por hora, cerca de 1,3 mil pessoas passaram a noite fora das suas casas em escolas e em edifícios públicos.
Hoje, o prefeito de Oshima, Masafumi Kawashima, disse que "os desastres derivados de sedimentos de terra e areia podem ocorrer inclusive depois de parar de chover", por isso, será mantida a vigilância. Contudo, as autoridades locais informaram hoje que, de momento, não se registaram incidentes relacionados com o tufão na ilha. A passagem do Wipha, na semana passada, deixou 31 mortos e 13 desaparecidos na ilha, a cerca de 120 quilômetros a sul de Tóquio devido aos deslizamentos provocados pela chuva.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni