Rodada de negociação entre governo colombiano e Farc é estendida até segunda-feira

31 de outubro de 2013

Internacional



Rodada de negociação entre governo colombiano e Farc é estendida até segunda-feira
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/rodada-de-negociacao-entre-governo-colombiano-e-farc-e-estendida-ate-segunda-feira
Oct 31st 2013, 18:02

Leandra Felipe

Correspondente Agência Brasil/EBC
Bogotá - Os negociadores do governo colombiano e das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) decidiram estender as conversações da 16ª rodada de negociação até a próxima segunda-feira (4). Inicialmente, a mesa negociadora reunida em Havana, Cuba, terminaria hoje (31) o ciclo de diálogos.
"As delegações do governo e das Farc informam que, com o objetivo de avançar na discussão e construção de acordos em torno do segundo ponto da agenda, concordamos em prolongar este ciclo de hoje até a próxima segunda", diz o comunicado, lido em conjunto por representantes de ambos os lados da negociação.
De acordo com os negociadores, a meta é avançar na "construção de um acordo" para o segundo tema da agenda prevista, a participação política de ex-guerrilheiros das Farc, após concluído o processo pelo fim do conflito.
O assunto vem sendo discutido desde junho pelo governo e pela guerrilha. Neste mês de novembro os diálogos de paz completarão um ano. Nos seis primeiros meses da negociação, os representantes das Farc e do governo de Juan Manuel Santos conseguiram chegar a um acordo parcial sobre o desenvolvimento agrário.
O presidente Santos pediu que a negociação avançasse com maior rapidez, antes que fosse iniciada esta rodada de conversações. O governo espera avançar nos diálogos, em um momento importante da vida política do país, a menos oito meses das eleições presidenciais de 2014.
Além do tema agrário e da participação política, a mesa negociadora deve discutir mais quatro itens antes de finalizar o processo: a reparação das vítimas; o desarmamento e a desmobilização dos guerrilheiros após o término do conflito; soluções para o problema das drogas no país e garantias para o cumprimento dos acordos firmados.
As Farc, no entanto, se declararam contrárias a "acelerar" o processo devido às eleições e mantém a postura de que é preciso "negociar sem pressa".

Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Ativista brasileira do Greenpeace é oficialmente acusada de vandalismo na Rússia

Internacional



Ativista brasileira do Greenpeace é oficialmente acusada de vandalismo na Rússia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/ativista-brasileira-do-greenpeace-e-oficialmente-acusada-de-vandalismo-na-russia
Oct 31st 2013, 15:54

Carolina Sarres

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A brasileira ativista do Greenpeace Ana Paula Maciel, 31 anos foi oficialmente comunicada hoje (31) pela Justiça russa da acusação de vandalismo pelos atos de protesto dos quais participou em uma plataforma petrolífera no país. A ativista está detida na Rússia há cerca de dois meses. A audiência para comunicar a acusação era para ter ocorrido ontem (30), mas houve um adiamento. Ainda não há informação sobre quais ações serão tomadas pelos advogados de defesa.
Na semana passada, a Justiça da Rússia informou que as acusações aos ativistas seriam amenizadas - de pirataria para vandalismo. O ato, porém, não havia sido oficializado. Os 30 ativistas envolvidos estão sendo convocados, um a um, para serem comunicados sobre a nova acusação.
De acordo com a legislação da Rússia, a alteração significa redução das penas que poderão ser aplicadas, se eles forem condenados. No caso de vandalismo, a pena pode chegar a sete anos de reclusão. Se fossem acusados e condenados por pirataria, poderiam pegar até 15 anos de prisão. O Greenpeace, que tem participado da defesa dos ativistas, rechaçou as novas acusações e informou que irá recorrer.
Segundo a organização, a oficialização da acusação de vandalismo não retira automaticamente a acusação de pirataria. Espera-se que, em breve, a Justiça russa oficialize, também, a retirada dessa acusação. Na semana passada, o pedido de fiança de Ana Paula Maciel, assim como dos outros detidos, foi negado pela Justiça do país.
Os ativistas do Greenpeace foram detidos no Ártico quando faziam um protesto em um barco de bandeira holandesa, em águas internacionais. Todos os participantes do movimento tiveram prisão preventiva decretada até 24 de novembro. Quando o prazo expirar, nova prisão preventiva poderá ser decretada, os detidos poderão ser soltos para responder o processo em liberdade ou o caso poderá ser julgado até a data.

Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

A presidenta Dilma Rousseff recebe as credenciais de novos embaixadores

Internacional



A presidenta Dilma Rousseff recebe as credenciais de novos embaixadores
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-10-31/presidenta-dilma-rousseff-recebe-credenciais-de-novos-embaixadores
Oct 31st 2013, 14:42





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Rede social russa evita comentar possível contratação de Edward Snowden

Internacional



Rede social russa evita comentar possível contratação de Edward Snowden
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/rede-social-russa-evita-comentar-possivel-contratacao-de-edward-snowden
Oct 31st 2013, 13:20

Da Itar Tass
Moscou - As maiores empresas de internet na Rússia, Mai.Ru Group e Yandex, informaram que não contrataram o ex-consultor que prestava serviços à Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos, Edward Snowden. A VKontakte (VK), a maior rede social do país, não quis se pronunciar sobre a possibilidade de contratar Snowden.
O advogado do ex-consultor, Anatoly Kucherena, disse hoje (31) que o americano foi contratado para "trabalhar em uma das maiores páginas da Rússia na internet". Por razões de segurança, o advogado não especificou qual.
O fundador da VK, Pavel Durov, já havia, publicamente, convidado Snowden para trabalhar na empresa. "Atualmente, Edward tem mantido a discrição e a minha oferta foi pública, o que poderia ser um problema" disse Durov, em uma conferência, em Berlim. Segundo ele, Snowden é altamente qualificado em proteção de dados e a VK estava interessada em contratá-lo.
Edward Snowden continua na Rússia, depois de receber a permissão de asilo temporário em agosto.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Diretor da OCDE diz que número de refugiados sírios na Europa aumentará

Internacional



Diretor da OCDE diz que número de refugiados sírios na Europa aumentará
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/diretor-da-ocde-diz-que-numero-de-refugiados-sirios-na-europa-aumentara
Oct 31st 2013, 12:31

Da Agência Brasil*
Brasília - O diretor do Departamento sobre Migrações Internacionais da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Jean-Christophe Dumont, disse que o número de refugiados sírios na Europa crescerá ainda mais. "Temos de esperar o aumento de imigração humanitária síria na Europa porque a situação é terrível", disse Jean-Christophe Dumont, em Lisboa, à agência de notícias portuguesa Lusa, na apresentação e na análise do relatório da organização sobre migrações em 2013.
De acordo com dados das Nações Unidas (ONU) divulgados em setembro, desde o início da crise, em março de 2011, cerca de 7 milhões de pessoas - um terço da população da Síria - são deslocados internos e 2 milhões já cruzaram as fronteiras.
"A Síria está provocando o aumento dos refugiados que vão para o Iraque, a Turquia, a Jordânia e o Líbano, que são os países vizinhos que já estão recebendo pessoas", explicou o diretor. Segundo ele, muitos dos refugiados estão em locais onde são ainda vulneráveis à violência, como no Líbano e no Iraque.
O Líbano, com uma população de mais de 4 milhões de pessoas, aceitou o maior número de refugiados sírios: 760 mil, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). O país admite, no entanto, que pode haver mais de 1,3 milhão de refugiados. A diferença se dá em relação aos que não são registrados oficialmente.
Na Jordânia, estima-se que haja cerca de 540 mil refugiados sírios; na Turquia, mais de 500 mil; no Iraque, 190 mil. Em setembro, a Suécia tornou-se o país europeu que concedeu o maior número de autorizações de residência para sírios, exceto a suspeitos de crimes de guerra.
De acordo com os serviços de emigração de Estocolmo, cerca de 11 mil sírios conseguiram asilo no país desde 2012. A Alemanha anunciou este ano que estava disposta a receber mais 5 mil refugiados sírios, aumentando para 18 mil o número total de cidadãos da Síria no país, desde o início do conflito.
O uso das rotas mediterrâneas em direção à Ilha de Lampedusa, na Itália, também têm aumentado. Segundo a Acnur, entre 300 e 400 imigrantes sobreviveram a naufrágios no Canal da Sicília (Itália) nos últimos meses, a maioria sírios e palestinos, que partiram do Porto de Zwara, no Líbano. Desde janeiro, cerca de 4,6 mil sírios chegaram à Itália em barcos pesqueiros e embarcações de pequeno porte, dos quais 3 mil em agosto.
* Com informações da Agência Lusa
Edição: Marcos Chagas





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Novos assentamentos israelenses na Palestina são obstáculo para a paz, diz Ban Ki-moon

Internacional



Novos assentamentos israelenses na Palestina são obstáculo para a paz, diz Ban Ki-moon
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/novos-assentamentos-israelenses-na-palestina-sao-obstaculo-para-paz-diz-ban-ki-moon
Oct 31st 2013, 11:43


Da Agência Brasil
Brasília - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon condenou o anúncio de novos planos de assentamento israelenses na Cisjordânia, inclusive em Jerusalém Oriental, feito ontem (30) por Israel. De acordo com ele, os assentamentos são contrários ao direito internacional e um obstáculo para a paz.
"Quaisquer medidas que prejudicam as questões relacionadas ao estatuto final não serão reconhecidas pela comunidade internacional", disse o secretário, por meio de um comunicado divulgado por seu porta-voz. O estatuto final é um documento que estabelece a criação de um Estado palestino e a unicidade dos territórios formados pela Cisjordânia e pela Faixa de Gaza, ainda que fisicamente separados.
O anúncio da retomada da construção de assentamentos na Cisjordânia foi feito horas depois de Israel ter libertado 26 palestinos em cumprimento aos termos do acordo firmado entre israelenses e palestinos para a retomada das negociações para a paz. Para Ban Ki-moon, a libertação dos prisioneiros foi um "passo difícil" diante da oposição que o governo enfrenta internamente.
As negociações diretas entre israelenses e palestinos foram paralisadas em setembro de 2010, após Israel se recusar a estender seu congelamento dos assentamentos no território palestino ocupado. Os dois lados retomaram as negociações em agosto deste ano após os esforços do atual mediador dos Estados Unidos, o secretário de Estado John Kerry.
Com informações da Agência Lusa e da ONU
Edição: Valéria Aguiar
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Opaq informou que a Síria destruiu fábricas de armas químicas

Internacional



Opaq informou que a Síria destruiu fábricas de armas químicas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/opaq-informou-que-siria-destruiu-fabricas-de-armas-quimicas
Oct 31st 2013, 10:05

Carolina Sarres

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A Organização para a Proibição das Armas Químicas (Opaq) informou hoje (31) que a Síria completou a destruição das instalações para a produção de armas químicas no país. De acordo com a Opaq, foram tornadas inoperantes as fábricas de produção e mixagem dos materiais usados. O prazo para a destruição dessas instalações foi cumprido antes do estabelecido pela organização, que expiraria amanhã (1º).
"A missão conjunta [entre a Opaq e as Nações Unidas (ONU)] está satisfeita de ter verificado e ver serem destruídos todos os equipamentos críticos para a produção e a mixagem [de armas químicas]. Dado o progresso obtido pela missão Opaq-ONU em cumprir os requisitos da primeira fase de atividades, não há outras inspeções planejadas para o momento", informou o comunicado da organização sobre a questão.
A próxima ação da Opaq em relação ao país será em 15 de novembro, quando o Conselho Executivo da organização terá de aprovar um plano detalhado de destruição dos estoques de armas enviado pela Síria. Essas atividades fazem parte do programa que o governo sírio se comprometeu a cumprir nos termos do acordo promovido pela Rússia e pelos Estados Unidos, que prevê a destruição do arsenal químico do país até o fim de junho de 2014. A destruição será feita em etapas.
Os oito inspetores da Opaq que acompanharam a destruição das instalações na Síria já deixaram o país. "Em nome da Opaq, eu agradeço vocês e seus colegas da missão conjunta Opaq-ONU pelos seus serviços notáveis. Eu saúdo a força e a coragem que vocês demonstraram em cumprir a missão mais desafiadora já empreendida por esta organização", disse aos inspetores o diretor-geral da Opaq, Ahmet Uzumcu.
De acordo com a organização, os inspetores visitaram 21 dos 23 locais declarados como de produção de armas químicas e 39 das 41 instalações nesses locais. A missão não foi a dois dos locais declarados pelo governo sírio por razões de segurança. Segundo a Opaq, a Síria informou que essas áreas já haviam sido abandonadas e que os itens de produção de armas químicas foram levados a outras instalações, já inspecionadas pela missão.
Ontem (30), o mediador das Nações Unidas para a questão síria, Lakhdar Brahimi, foi recebido pelo presidente do país, Bashar Al Assad, que disse não aceitar qualquer interferência estrangeira nos termos que serão negociados pelas partes no conflito na Conferência Genebra 2, prevista para novembro. Segundo Assad, a atuação dos grupos armados de oposição no país são influenciados e financiados por países estrangeiros. Lakhdar Brahimi explicou que as ações da conferência irão se concentrar em permitir aos sírios chegarem a um acordo o mais rapidamente possível.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Diretor da NSA nega acesso de dados do Google e do Yahoo

Internacional



Diretor da NSA nega acesso de dados do Google e do Yahoo
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/diretor-da-nsa-nega-acesso-de-dados-do-google-e-do-yahoo
Oct 31st 2013, 10:26

Da Agência Brasil*
Brasília - A Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos negou hoje (31) ter interceptado os bancos de dados do Google e do Yahoo, empresas multinacionais de serviços online que hospedam e desenvolvem uma série de serviços e produtos na internet. Em agosto, o Google informou que não poderia dar garantias de segurança de privacidade aos seus usuários, depois que a empresa foi levada à Justiça americana para responder a um processo de usuários que alegavam espionagem de dados.
A declaração da NSA foi feita pelo diretor da agência, Keith Alexander, depois que o jornal Washington Post divulgou informações de que a agência, secretamente, acessou dados de usuários em todo o mundo. O diretor disse que as informações são "incorretas" e que seria ilegal a interceptação desses dados pela NSA.
Ele destacou que o acesso aos dados são feitos mediante autorização judicial. "Seria ilegal fazermos isso", acrescentou o diretor ao comentar as denúncias de acesso aos dados do Yahoo e do Google.
Ontem, o periódico americano citou documentos obtidos pelo ex-consultor de informática contratado pela NSA, Edward Snowden, e entrevistas com oficiais da agência informando que a NSA enviaria diariamente milhões de registros do banco de dados do Google e do Yahoo à sede da agência.
Nos últimos 30 dias, agentes da NSA teriam processado mais de 180 milhões de novos registros que incluem metadados, indicando por quem e quando e-mails foram enviados ou recebidos e incluem conteúdos como texto, áudio e vídeo.
* Com informações da agência de notícias da China, Xinhua
Edição: Marcos Chagas





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Assad recusa interferência estrangeira para resolver conflito sírio

Internacional



Assad recusa interferência estrangeira para resolver conflito sírio
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/assad-recusa-interferencia-estrangeira-para-resolver-conflito-sirio
Oct 31st 2013, 09:20

Da Agência Brasil *
Brasília - O presidente sírio Bashar Al Assad disse ao enviado das Nações Unidas (ONU) para a questão da Síria, Lakhdar Brahimi, em um encontro em Damasco, que recusa qualquer interferência estrangeira a favor da oposição na Conferência Genebra 2, que deverá acontecer em novembro, com o objetivo de encontrar uma solução política para o conflito.
"O povo sírio é a única parte a ter o direito de decidir o futuro do seu país. Qualquer solução ou acordo deverá ter o aval dos sírios e refletir a sua vontade, longe de interferências externas", disse Assad.
Lakhdar Brahimi, que esteve em Damasco em dezembro de 2012, foi recebido ontem pelas autoridades do país em uma reunião de menos de uma hora e, hoje (31), deverá reunir-se com membros da oposição antes de partir para Beirute, no Líbano. O enviado ainda não foi recebido pelas autoridades da Arábia Saudita, país hostil à conferência de paz de Genebra.
Essas visitas do enviado fazem parte de uma missão ao Oriente Médio para tentar viabilizar a conferência. A viagem começou pelo Egito, em meados de outubro.
Para o presidente sírio, o sucesso de qualquer solução política passa pelo fim do apoio de outros países - Arábia Saudita, o Quatar e a Turquia - à oposição da Síria. O governo de Assad considera que os grupos armados rebeldes são manipulados por países estrangeiros.
Segundo a agência oficial de notícias da Síria, Sana, o enviado Lakhdar Brahimi salientou que os "esforços para a realização da Conferência de Genebra 2 vão concentrar-se na forma de permitir aos sírios reunirem-se e chegarem a um acordo o mais depressa possível sobre uma solução para a crise".
O conflito na Síria já causou a morte de 115 mil pessoas desde março de 2011 e 3,5 milhões de refugiados estão acampados em países vizinhos segundo as Nações Unidas.
* Com informações da Agência Lusa
Edição: Marcos Chagas



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

FMI diz que abrandamento da economia mundial é o maior risco para África

Internacional



FMI diz que abrandamento da economia mundial é o maior risco para África
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/fmi-diz-que-abrandamento-da-economia-mundial-e-maior-risco-para-africa
Oct 31st 2013, 07:47

Da Agência Lusa
Washington - O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou que o abrandamento econômico mundial é um dos três principais riscos para a economia dos países subsaarianos, segundo o Regional Economic Outlook para esta região, divulgado hoje.
"Uma desaceleração acentuada do crescimento global, especialmente na China, pode prejudicar as exportações, principalmente com preços mais baixos nas matérias-primas, e reduzir os fluxos de ajuda de investimento direto estrangeiro", escrevem os técnicos do FMI.
No documento, os autores do estudo destacam que uma significativa queda nos preços do petróleo ou de outras matérias-primas prejudica exportadores que ainda estão demasiado dependentes do petróleo, exemplificando com os casos de Angola e da República Democrática do Congo.
Além disso, o FMI aponta ainda riscos internos e um retrocesso nos fluxos de capital. "É possível que um aperto nas condições monetárias dos Estados Unidos ou uma nova mudança nas expetativas possa levar a novos constrangimentos nos mercados financeiros, que teriam implicações nas condições financeiras da maioria das economias africanas financeiramente integradas, algumas das quais pretendem emitir obrigações de dívida nos próximos meses."
As recomendações do fundo para contrabalançar esses perigos já constam de relatórios anteriores e passam essencialmente pela aposta das políticas macroeconômicas e financeiras na estabilidade, principalmente no que diz respeito ao "encorajamento a investimentos privados produtivos".
Por outro lado, é também recomendado prudência no que diz respeito à acumulação de dívidas por parte dos países e, por último, é deixada uma palavra sobre a política monetária e cambial e – tema incontornável – sobre o ambiente de investimento.
"Para continuar atraindo capital estrangeiro para o desenvolvimento da capacidade produtiva desses países, as autoridades devem aumentar os esforços para melhorar ainda mais o clima empresarial, incluindo por meio de reformas apropriadas na política fiscal e administrativa e melhorar as regulamentações e a burocracia."
O FMI reviu em baixa a previsão de crescimento para a África Subsariana, em 0,7 e 0,1 ponto neste e no próximo ano, estimando agora crescimentos de 5% e 6% em 2013 e 2014. De acordo com o Regional Economic Outlook para a região, "o crescimento econômico deve permanecer robusto, apoiado pelos contínuos investimentos em infraestruturas e na capacidade produtiva", mas mais lento que na previsão de maio.
As previsões de crescimento econômico para os dois maiores países lusófonos africanos mantêm-se inalteradas: o FMI espera que Angola cresça 5,6% e 6,3%, neste e no próximo ano, e antecipam que Moçambique vai crescer 7% este ano, acelerando para os 8,5% em 2014.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Mercosul condena “espionagem global” dos Estados Unidos

Internacional



Mercosul condena "espionagem global" dos Estados Unidos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-31/mercosul-condena-%E2%80%9Cespionagem-global%E2%80%9D-dos-estados-unidos
Oct 31st 2013, 06:55

Da Agência Lusa
Caracas - O Mercosul condenou a "espionagem global" dos Estados Unidos a líderes de vários países e organizações internacionais, insistindo na necessidade de garantir a segurança das telecomunicações na região e combater as ações que vulneram a soberania.
A condenação foi feita ontem (30), em Caracas, durante uma reunião de ministros de Relações Exteriores de países-membros do Mercosul, na qual participaram a Argentina, o Brasil, Uruguai e a Venezuela e que foi encerrada pelo Presidente venezuelano, Nicolás Maduro.
"Ratificou-se a condenação da espionagem global realizada pelo governo dos Estados Unidos e foram abordadas as medidas necessárias que devem tomar os governos e os setores da nossa sociedade", explicou aos jornalistas o ministro de Relações Exteriores venezuelano, Elías Jaúa.
Em comunicado, o Ministério de Relações Exteriores da Venezuela destaca que os países-membros do Mercosul estão "conscientes de que as ações de espionagem dos Estados Unidos se acentuam, motivando uma dura crítica mundial".
"Os ministros comprometeram-se a formalizar a criação de uma instância permanente, dentro da estrutura do Mercosul, para prestar atenção a todos os temas derivados da segurança das telecomunicações na região e combater as ações que vulneram a soberania dos nossos países", informa o comunicado.
Outro documento destaca que, durante a reunião, foi analisada uma proposta de diálogo do Mercosul com a Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América, a PetroCaraíbas e a Comunidade das Caraíbas.
O propósito é "avançar na construção de uma zona econômica completar, regional, para consolidar a união latino-americana e caribenha, promover o desenvolvimento integral, combater a pobreza, a exclusão social, a complementação, solidariedade e cooperação".
Reiteraram também o interesse do Mercosul em chegar a um acordo comercial com a União Europeia.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni