Acidente com um ônibus na Colômbia deixa 13 mortos e 61 feridos

4 de novembro de 2013

Internacional



Acidente com um ônibus na Colômbia deixa 13 mortos e 61 feridos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-04/acidente-com-um-onibus-na-colombia-deixa-13-mortos-e-61-feridos
Nov 4th 2013, 22:33

Leandra Felipe

Correspondente Agência Brasil/EBC
Bogotá - Pelo menos 13 pessoas morreram e 61 ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus na Colômbia nesta segunda-feira (4). Segundo autoridades locais, o acidente ocorreu no município de Jambaló, departamento de Cauca. A maioria das vítimas era indígena que voltava de uma celebração religiosa.
O veículo acidentado caiu em um abismo. O ônibus tinha capacidade para 40 pessoas, mas transportava mais de 70, prática comum nas regiões rurais do país. Os indígenas voltavam das festividades do Dia de Todos os Santos.
O governador de Cauca, Temístocles Ortega, informou à imprensa local que o resgate dos corpos e dos feridos estava sendo feito com dificuldades devido à má condição do terreno.
Entre sábado e domingo aconteceram outros dois acidentes com características similares na Colômbia. O primeiro em Betulia, no estado de Antioquia, deixou cinco mortos e 25 feridos, e outro entre Melgar e Icononzo, no estado de Tolima, matou quatro e feriu 30.
Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

ELN solta três colombianos sequestrados em setembro

Internacional



ELN solta três colombianos sequestrados em setembro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-04/eln-solta-tres-colombianos-sequestrados-em-setembro
Nov 4th 2013, 19:10

Leandra Felipe

Correspondente da Agência Brasil/EBC
Bogotá – O Exército da Libertação Nacional (ELN) soltou hoje (4) três colombianos, funcionários de uma empresa petroleira, que estavam sequestrados desde o dia 10 de setembro. A missão humanitária de resgate foi liderada pelo Comitê da Cruz Vermelha Internacional (CICV) na Colômbia e também teve a participação de representantes da Igreja Católica e da Defensoria do Povo do departamento de Arauca.
Um médico do CICV examinou os liberados e confirmou que eles tinham condições de viajar da zona rural de Fortul, local em que foram liberados, até a cidade de Arauca, capital do departamento. Yesid Francisco Galindo, Éber Arnulfo Morera e Nelson Carreño Becerra, prestadores de serviço para o Oleoduto Bicentenário da Colômbia, foram sequestrados por guerrilheiros do ELN perto do município de Saravena, em Arauca. Eles foram levados pelo CICV para encontrar parentes.
"O CICV pode concluir essa ação humanitária, graças à confiança que têm como organização humanitária, neutra, imparcial e independente", disse Anne-Sylvie, chefe do escritório do comitê em Saravena.
No dia 27 de outubro, as Farc entregaram o norte-americano Kevin Scott Sutay, que esteve em poder do ELN por quase cinco meses. A libertação de todos os sequestrados pela guerrilha é uma exigência do governo de Juan Manuel Santos para que um processo de negociação pelo fim do conflito seja iniciado.
Tanto o governo colombiano quanto o ELN já sinalizaram interesse em iniciar um processo de paz. Detalhes sobre uma eventual instalação da mesa negociadora ainda não foram revelados.
A expectativa no país é que o ELN, a segunda maior guerrilha do país, possam iniciar um processo pelo fim do conflito armado semelhante ao que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) mantêm com o governo do país desde novembro do ano passado. O ELN está em atividade desde 1965 e estima-se que tenha cerca de 3 mil integrantes.
De acordo com um comunicado do CICV, este ano o comitê participou da libertação de 22 pessoas que estavam em poder de grupos armados na Colômbia. Desde 1994 foram mais de 1,5 mil pessoas libertadas no país em missões de resgate do CICV.

Edição: Juliana Andrade
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

O ministro das Relações Exteriores recebe o diretor-executivo do FMI, Paulo Nogueira Batista Júnior

Internacional



O ministro das Relações Exteriores recebe o diretor-executivo do FMI, Paulo Nogueira Batista Júnior
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-11-04/ministro-das-relacoes-exteriores-recebe-diretor-executivo-do-fmi-paulo-nogueira-batista-junior
Nov 4th 2013, 16:42





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

NSA espionou a Venezuela, a Colômbia e as Farc, denuncia jornal

Internacional



NSA espionou a Venezuela, a Colômbia e as Farc, denuncia jornal
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-04/nsa-espionou-venezuela-colombia-e-farc-denuncia-jornal
Nov 4th 2013, 13:09

Da Agência Brasil*
Brasília - A Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos conduziu uma missão que sobrevoou a Colômbia para informar o governo sobre a localização e os planos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). O órgão também espionou a Venezuela para evitar que o país, então sob governo do presidente Hugo Chávez, "se tornasse uma liderança regional".
De acordo com notícia divulgada sábado (2) pelo jornal norte-americano The New York Times, os Estados Unidos levaram a cabo uma operação chamada Orlandocard e criou um sistema chamado Honeypot (Pote de Mel em português) para interceptar por meio de programas espiões mais de mil computadores que classificaram como "de potencial interesse futuro".
A espionagem da NSA em relação à Venezuela se concentrou nas relações econômicas com a China, a Rússia e o Irã, segundo o jornal. Outros focos de interesse da agência na América Latina foram organizações criminosas, especificamente redes de narcotráfico, rastreadas da Colômbia, do Equador, do Panamá e da Jamaica até o Canadá e os Países Baixos.
O escândalo de espionagem da NSA foi desencadeado no início de setembro, quando foram divulgadas informações de que a presidenta brasileira, Dilma Rousseff, e o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, haviam sido monitorados. As denúncias foram feitas por meio de dados obtidos pelo ex-consultor contratado pela NSA, Edward Snowden.
Posteriormente, mais dados sobre espionagem a diversos países vieram à tona por meio de dados publicados pela imprensa internacional - como à Alemanha, à França e à Espanha. Todos os chefes de governo desses países cobraram explicações dos Estados Unidos. Na última sexta-feira (1º), Alemanha e Brasil entregaram às Nações Unidas (ONU) uma proposta de resolução sobre privacidade de dados à ser levada à Assembleia Geral.
*Com informações da Telam
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Iranianos lembram ataque à Embaixada dos EUA e pedem "Morte à América"

Internacional



Iranianos lembram ataque à Embaixada dos EUA e pedem "Morte à América"
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-04/iranianos-lembram-ataque-embaixada-dos-eua-e-pedem-morte-america
Nov 4th 2013, 11:06

Da Agência Brasil*
Brasília - Milhares de iranianos protestaram hoje (4) na capital Teerã, ao lembrar o 34º aniversário do ataque à Embaixada dos Estados Unidos no país, apesar do contexto de aproximação dos dois países nos últimos meses. Em julho, foi eleito um presidente moderado, Hassan Rohani, o que propiciou a retomada do contato bilateral.
Em 1979, a Embaixada dos Estados Unidos foi invadida por estudantes islâmicos, que mantiveram 52 diplomatas norte-americanos reféns durante 444 dias. O episódio levou à ruptura das relações diplomáticas entre Teerã e Washington e a décadas de hostilidade entre os dois países.
Nesta segunda-feira, o protesto mais importante ocorreu na frente do antigo complexo da embaixada norte-americana no centro de Teerã, onde os manifestantes carregavam cartazes com dizeres contra os Estados Unidos e gritavam "Morte à América" e "Morte a Israel", enquanto queimavam bandeiras dos países. Os manifestantes – maioria estudantes – carregavam ainda bustos dos presidentes norte-americano, Barack Obama; e israelense, Benjamin Netanyahu; e do secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry. Outras manifestações ocorreram em diversos pontos do país, segundo imagens veiculadas pela imprensa estatal.
Nesta semana, espera-se que sejam iniciadas negociações entre diversos países em Genebra, na Suíça, sobre a questão nuclear – inclusive a iraniana. O Irã, apesar de desmentir sucessivamente, é acusado pelos Estados Unidos e por Israel de desenvolver um programa nuclear militar, e não civil. Essas acusações intensificaram o isolamento do país e as sanções impostas pela comunidade internacional. Desde 2006, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) impõe sanções ao Irã em decorrência do programa de energia nuclear.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Talita Cavalcante





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Julgamento de Mursi é adiado para janeiro de 2014

Internacional



Julgamento de Mursi é adiado para janeiro de 2014
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-04/julgamento-de-mursi-e-adiado-para-janeiro-de-2014
Nov 4th 2013, 10:21

Da Agência Brasil *
Brasília - O julgamento do ex-presidente do Egito Mohamed Mursi foi adiado para o dia 8 de janeiro de 2014. Mursi seria julgado hoje (4), mas as atividades do tribunal responsável pelo caso foram suspensas depois que apoiadores do líder protestaram na área externa do local. Os membros da Irmandade Muçulmana, grupo do qual Mursi também faz parte, entoavam cânticos contra o que consideram o golpe militar que depôs o ex-presidente em julho deste ano. A aparição dele foi a primeira desde que saiu do poder.
Mursi chegou ao tribunal no Cairo, a capital egípcia, para ser julgado por ter incitado a violência e a morte de manifestantes no início do seu mandato. No protesto em que isso teria ocorrido, sete pessoas morreram. Mursi seria julgado com outros 14 réus.
Em comunicado divulgado na semana passada, um grupo de apoiadores de Mursi informou que ele não reconhece o julgamento ao qual será submetido e que não terá advogado de defesa. Mohamed Mursi foi deposto por um golpe militar em 2012, depois de pouco mais de um ano na Presidência. Devido a esse golpe, o ex-presidente não entende serem legítimas quaisquer decisões tomadas desde então - como é o caso do julgamento.
Nos últimos meses, houve forte repressão dos egípcios muçulmanos, a maioria apoiadores de Mursi. Cerca de 2 mil pessoas foram detidas, a maioria membros da Irmandade Muçulmana, grupo do qual o ex-presidente foi dirigente.
Mohamed Mursi foi o primeiro presidente do Egito eleito democraticamente. Ele foi destituído e detido pelo Exército em julho, depois de milhões de egípcios pedirem a sua saída. Os militares nomearam um governo interino encarregado de reelaborar a Constituição e organizar eleições legislativas e presidenciais para o início de 2014.
*Com informações da Agência Lusa e da agência de notícias da China, Xinhua
Edição: Graça Adjuto



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Ex-presidente do Egito é julgado no Cairo

Internacional



Ex-presidente do Egito é julgado no Cairo
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-04/ex-presidente-do-egito-e-julgado-no-cairo
Nov 4th 2013, 09:07

Da Agência Brasil *
Brasília - O ex-presidente do Egito Mohamed Mursi será julgado hoje (4) por ter incitado a violência e a morte de manifestantes no início do seu mandato. No protesto em que isso teria ocorrido, sete pessoas morreram. Nesta manhã, Mursi foi levado de helicóptero para a Academia de Polícia, na zona leste do Cairo, capital do país, onde será o julgamento, que inclui mais 14 réus.
Em comunicado divulgado na semana passada, um grupo de apoiadores de Mursi informou que ele não reconhece o julgamento ao qual será submetido e que não terá advogado de defesa. Mohamed Mursi foi deposto por um golpe militar em 2012, depois de pouco mais de um ano na Presidência. Devido a esse golpe, o ex-presidente não entende serem legítimas quaisquer decisões tomadas desde então - como é o caso do seu julgamento.
Nos últimos meses, houve forte repressão dos egípcios muçulmanos, a maioria apoiadores de Mursi. Cerca de 2 mil pessoas foram detidas - a maioria membros da Irmandade Muçulmana, grupo do qual o ex-presidente foi dirigente.
Mohamed Mursi foi o primeiro presidente do Egito eleito democraticamente. Ele foi destituído e detido pelo Exército em julho, depois de milhões de egípcios pedirem a sua saída. Os militares nomearam um governo interino encarregado de reelaborar a Constituição e organizar eleições legislativas e presidenciais para o início de 2014.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Graça Adjuto



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni