Mais de 11 mil crianças e adolescentes mortos desde o início do conflito da Síria

24 de novembro de 2013

Internacional



Mais de 11 mil crianças e adolescentes mortos desde o início do conflito da Síria
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-24/mais-de-11-mil-criancas-e-adolescentes-mortos-desde-inicio-do-conflito-da-siria
Nov 24th 2013, 16:29

Da Agência Lusa
Londres - Mais de 11 mil crianças e adolescentes foram mortos no conflito sírio, 128 dos quais vítimas de armas químicas e 389 abatidos por franco-atiradores, segundo um relatório divulgado hoje (24) pelo centro de reflexão britânico Oxford Research Group.
De acordo com os dados, 11.420 sírios com 17 anos ou menos foram mortos desde o início do conflito sírio, em março de 2011, até ao fim de agosto de 2013. O relatório refere que 764 menores foram mortos sumariamente e 112 destes "foram torturados", cinco com 7 anos e 11 com idades entre os 8 e os 12 anos. No total, foram registados 113.735 mortos, entre civis e combatentes.
De acordo com o mesmo documento, "128 crianças foram registradas como tendo sido mortas por armas químicas em Ghouta, em 21 de agosto de 2013", em um ataque atribuído pela oposição síria e por países ocidentais a forças do regime de Damasco. Os adolescentes foram mais visados do que as crianças mais novas e os rapazes são duas vezes mais atingidos do que as meninas.
Uma revolta popular iniciada na Síria em março de 2011 contra o regime do presidente Bashar al Assad transformou-se, ao fim de alguns meses de repressão, em uma violenta guerra civil.
Diplomatas russos, norte-americanos e da ONU devem reunir-se na segunda-feira (25) em Genebra para marcar a próxima conferência internacional de paz destinada a encontrar uma solução política para o conflito. Prevê-se que janeiro seja a data escolhida, de acordo com fontes diplomáticas.
Após a reunião, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, deverá anunciar a data da conferência, que foi várias vezes adiada.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Eleições presidenciais em Honduras ocorrem tranquilas

Internacional



Eleições presidenciais em Honduras ocorrem tranquilas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-24/eleicoes-presidenciais-em-honduras-ocorrem-tranquilas
Nov 24th 2013, 15:41

Leandra Felipe

Correspondente Agência Brasil/EBC
Bogotá - As eleições gerais, que definirão neste domingo (24) o novo presidente, prefeitos e parlamentares em Honduras, transcorrem com normalidade. De acordo com o Supremo Tribunal Eleitoral, os colégios eleitorais seriam abertos às 7h (11h horário de Brasília), mas o começo atrasou em vários locais de votação.
Mais de 5,3 milhões de eleitores terão de comparecer às urnas. Em Honduras, o voto é obrigatório. A Presidência da República é disputada por oito candidatos e a Vice-Presidência por três. Os hondurenhos escolhes ainda 298 prefeitos, 128 representantes para o Congresso Nacional e 20 para o Parlamento Centro-Americano.
As eleições são observadas pela Missão de Observação da Organização dos Estados Americanos (OEA), e também pela União das Nações Sul-Americanas (Unasul) e Nações Unidas. As Forças Armadas montaram um esquema especial de segurança com 28 mil militares atuando nos centros de votação em todo o país. De acordo com a OEA, não há indício de fraudes e o sistema eleitoral, depois de avaliado, foi considerado seguro.
A previsão é que a votação se encerre às 17h, horário local. A partir do encerramento do processo, os dados serão transmitidos ao Supremo Tribunal Eleitoral, e a apuração poderá ser acompanhada pela população e observadores que se concentrarem nos centros de votação.
O presidente do tribunal, David Matamoros Batson, informou, em uma entrevista coletiva, que duas horas depois do encerramento da votação os resultados começaram a ser transmitidos, mas somente para as urnas que já tenham sido examinadas e que tenham tido as atas escaneadas.
A previsão é que os dados preliminares sejam divulgados no começo da noite, mas o resultado oficial só será informado na manhã desta segunda-feira (25), após realizado o procedimento de recontagem dos votos.
A imprensa no país se comprometeu a não divulgar pesquisas de boca-de-urna antes do processo eleitoral ser finalizado. Mas pesquisas realizadas previamente mostram uma disputa acirrada entre o candidato Juan Orlando Hernández, que representa a direita no país, apoiado pelo atual presidente Porfírio Lobo, e a candidata oposicionista Xiomara Castro, esposa do ex-presidente Manuel Zelaya, deposto em um golpe militar em 2009.
Edição: Fernando Fraga
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Ossos de São Pedro são mostrados pela primeira vez pelo papa Francisco no Vaticano

Internacional



Ossos de São Pedro são mostrados pela primeira vez pelo papa Francisco no Vaticano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-24/ossos-de-sao-pedro-sao-mostrados-pela-primeira-vez-pelo-papa-francisco-no-vaticano
Nov 24th 2013, 13:40

Da Agência Lusa
Cidade do Vaticano- Os ossos que a igreja diz serem de São Pedro, um dos pais fundadores da Igreja Católica, foram hoje (24) mostrados pela primeira vez, na cerimônia de encerramento do Ano da Fé, conduzida pelo papa Francisco.
Centenas de milhares de peregrinos juntaram-se para ver os oito fragmentos de ossos com entre 2 e 3 centímetros de comprimento, exibidos em uma cama de marfim dentro de um baú de bronze, que estava exposto em um pedestal na Praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano.
O baú, dado ao papa Paulo VI em 1971 e normalmente guardado na capela dos apartamentos papais, foi decorado com uma escultura de Pedro, que foi pescador antes de se tornar o primeiro papa da Igreja Católica. No início da cerimônia solene, o papa Francisco rezou diante do baú e depois abençoou os ossos com incenso.
Os ossos têm estado no centro de uma controvérsia entre historiadores e arqueólogos: foram descobertos em uma escavação em 1940 perto do monumento de homenagem a São Pedro, mas acabaram por ficar em uma caixa.
Quando a arqueóloga Margherita Guarducci descobriu uma inscrição perto da zona escavada em que se lia "Petros eni" (Pedro está aqui, em latim), pediu que os fragmentos encontrados fossem testados.
Guarducci descobriu que os ossos pertenciam a um homem robusto que tinha morrido entre os 60 e os 70 anos e que tinha sido enterrado embrulhado em um pano roxo e dourado, o suficiente para Paulo VI afirmar, em 1968, que os ossos de Pedro tinham sido identificados "de uma forma convincente".
Sem testes de DNA que comprovem a conclusão, o debate sobre se os ossos pertencem mesmo a um dos apóstolos de Jesus Cristo deverá continuar, mas o Vaticano já disse que "não tem intenção de abrir nenhuma discussão".



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Comunidade internacional saúda acordo com Irã, Israel considera "erro histórico"

Internacional



Comunidade internacional saúda acordo com Irã, Israel considera "erro histórico"
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-24/comunidade-internacional-sauda-acordo-com-ira-israel-considera-erro-historico
Nov 24th 2013, 12:07

Da Agência Lusa
Paris - Paris e Londres, assim como a maioria da comunidade internacional, saudaram hoje (2) o acordo entre o Grupo 5+1 (os cinco membros do Conselho de Segurança da ONU e a Alemanha) e o Irã sobre o programa nuclear iraniano. Uma das exceções foi Israel, que o considerou um "erro histórico".
O acordo intermédio entre o Grupo 5+1 e o Irã, com um prazo de seis meses prevê uma restrição das atividades nucleares de Teerã em troca de um abrandamento das sanções impostas pelo Ocidente.
Pelo acordo, o Irã se comprometeu a não enriquecer urânio acima de 5% durante seis meses em troca do alívio de sanções econômicas. O acordo entre o Irã e as seis potências mundiais prevê que o Irã também desmantele "os conectores técnicos" que permitem o enriquecimento acima de 5%.
Com este compromisso, as potências garantem o alívio das sanções contra o Irã, avaliadas em US$ 7 nilhões, durante seis meses, mas, se o país não cumprir por completo o acordo, as sanções voltarão a entrar em vigor.
No âmbito do acordo alcançado, o governo iraniano comprometeu-se a parar o enriquecimento de urânio até 20% e só poderá fazê-lo abaixo de 5%, apenas o suficiente para ser utilizado em atividades civis, a não expandir as centrais nucleares de Fordo e Natanz e a parar a construção da central de Arak, onde se poderia produzir plutônio.
Em Paris, o presidente francês, François Hollande, classificou o acordo como "um passo importante na boa direção" que "constitui uma etapa para o fim do programa militar nuclear iraniano e portanto para uma normalização das relações [da França] com o Irã".
O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, William Hague, considerou hoje no Twitter que o acordo concluído em Genebra é "bom para toda a gente, incluindo os países do Oriente Médio e o povo iraniano". "Este acordo demonstra que é possível trabalhar com o Irã e tratar problemas insolúveis pela via da diplomacia", escreveu Hague.
Além de França e Reino Unido, o acordo foi saudado por Washington, Pequim, Moscow e Teerã, onde o aiatolá Ali Khamenei, que tem a última palavra no dossier nuclear, se felicitou com o pacto de Genebra e deu luz verde à parte iraniana para prosseguir as negociações. Khamenei incentivou o governo iraniano a encarar o acordo como "a base para as medidas seguintes", que sustenta devem ser tomadas "com inteligência".
O presidente da Comissão da Europeia, José Manuel Durão Barroso, saudou o acordo, dizendo que constitui "um grande avanço para a estabilidade e a segurança global" e destacou o papel desempenhado pela União Europeia nas negociações. Em uma declaração divulgada em Bruxelas, Barroso saudou, em particular a Alta Representante da União Europeia e vice-presidente da Comissão, Catherine Ashton, "por este feito, que é resultado da sua dedicação e empenho incansáveis nesta questão ao longo dos últimos quatro anos", e comentou que o sucesso das conversações também "é um testemunho real do compromisso" da União Europeia para com a estabilidade regional e global".
O presidente da União Europeia, Herman Van Rompuy, saudou igualmente o acordo de "coragem" mostrada pelo Irã e as grandes potências para limitar o programa nuclear iraniano, sublinhando a necessidade de pôr em prática o pacto o mais rapidamente possível.
Já Israel, segundo o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, considerou que com o acordo "o mundo se tornou mais perigoso, porque o regime mais perigoso do mundo deu um passo significativo no caminho para a obtenção da arma mais perigosa do mundo".
Assegurando que o "regime iraniano se comprometeu a destruir Israel", Netanyahu advertiu que "Israel tem o direito e o dever de se defender face a qualquer ameaça" e insistiu que "não deixará o Irã dotar-se de capacidades militares nucleares".
O Irã vive ao ritmo das sanções desde 2006, mas o reforço destas no ano passado fez mergulhar o país em uma crise profunda. A inflação era oficialmente de 36% no final de outubro, o desemprego atingiu mais de 11% e o preço dos produtos de consumo não para de aumentar. O embargo bancário e a suspensão da rede de transferências internacionais Swift também têm afetado a saúde. O preço dos medicamentos disparou e a importação dos mesmos tornou-se complicada.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Grandes potências mundiais chegam a acordo com Irã sobre programa nuclear

Internacional



Grandes potências mundiais chegam a acordo com Irã sobre programa nuclear
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-24/grandes-potencias-mundiais-chegam-acordo-com-ira-sobre-programa-nuclear
Nov 24th 2013, 11:28

Da Agência Lusa
Genebra – As grandes potências mundiais e o Irã alcançaram na madrugada de hoje (24) um acordo sobre o controverso programa nuclear de Teerã, anunciou o porta-voz da chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton.
"Chegamos a um acordo", escreveu no Twitter o porta-voz de Ashton, Michael Mann, citando a chefe da diplomacia europeia, sem avançar em detalhes. O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, também anunciou um acordo por meio do Twitter.
O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Suíça, país anfitrião das negociações, convocou os jornalistas para uma conferência de imprensa esta noite com os ministros que participaram nas negociações, na sede da Organização das Nações Unidas (ONU). A Casa Branca informou em comunicado que o presidente norte-americano, Barack Obama, também vai proferir um discurso na noite de hoje.
Os responsáveis da diplomacia dos Estados Unidos, da Rússia, da China, do Reino Unido, da França e da Alemanha foram para Genebra este fim de semana para finalizar as negociações com o Irã, iniciadas na quarta-feira (20).



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni