Dubai é escolhida como sede da Expo 2020

27 de novembro de 2013

Internacional



Dubai é escolhida como sede da Expo 2020
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/dubai-e-escolhida-como-sede-da-expo-2020
Nov 27th 2013, 21:21

Bruno Bocchini

Repórter da Agência Brasil
São Paulo – A cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, foi escolhida para sediar a Exposição Universal de 2020, a Expo 2020. São Paulo; Izmir, na Turquia; e Ekaterinburg, na Rússia, eram os demais concorrentes que chegaram à fase final da disputa.
A Expo2020 é considerada o terceiro maior evento internacional em número de visitantes e de impacto econômico, ficando apenas atrás da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos. A votação para escolha da cidade-sede, coordenada pelo Bureau Internacional de Exposições (BIE), foi feita em três turnos. A cada turno, a cidade menos votada era eliminada.
Na primeira rodada de votações, São Paulo recebeu 13 votos; Dubai, 77; Ekaterinburg, 39; e Izmir, 33. Na segunda rodada, Dubai recebeu 87 votos; Ekaterinburg, 41; e Izmir, 36. No último turno, Dubai recebeu 116 votos; e Ekaterinburg, 47. Representantes de 162 países têm direito a voto.
O tema escolhido por São Paulo foi Força da Diversidade, Harmonia para o Crescimento, que pretendia estimular a criação de projetos de inovação, novas políticas sociais e econômicas.

Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Senado da Itália cassa mandato do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi

Internacional



Senado da Itália cassa mandato do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/senado-da-italia-cassa-mandato-do-ex-primeiro-ministro-silvio-berlusconi
Nov 27th 2013, 17:03

Da Agência Lusa
Roma – O Senado italiano decidiu hoje (27) destituir do cargo de senador o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi depois de ter sido condenado a quatro anos de prisão por fraude fiscal.
O Senado, a Câmara Alta do Parlamento italiano, rejeitou nove propostas apresentadas por vários senadores para que não fosse aplicada a Berlusconi a chamada Lei Severino, aprovada pelo governo anterior liderado por Mario Monti, que estabelece a expulsão do Parlamento dos condenados a penas superiores a dois anos de prisão.
A decisão de afastar Berlusconi foi anunciada pelo presidente do Senado, Pietro Grasso.
A medida contou com o apoio, entre outros, do Partido Democrata do atual primeiro-ministro italiano Enrico Letta; do Movimento 5 Estrelas, do comediante Beppe Grillo; e do grupo Eleição Cívica, do ex-primeiro-ministro Mario Monti.
Votaram contra, entre outros, o Forza Italia, partido do antigo governante; a Liga Norte e os antigos parceiros políticos do Il Cavaliere (que significa o cavaleiro, apelido de Berlusconi), o grupo Novo Centro-Direita, liderado pelo vice-primeiro-ministro italiano e delfim político de Berlusconi, Angelino Alfano.
"É um dia amargo, um dia de luto", disse Silvio Berlusconi, com a mão sobre o coração, dirigindo-se aos seus apoiadores concentrados em Roma.
"É um dia de luto para a lei, para o direito, para a democracia", repetiu o antigo governante, diante de milhares de apoiadores.
No dia 1º de agosto, o Tribunal Supremo da Itália confirmou a condenação de Berlusconi a quatro anos de prisão por fraude fiscal no âmbito do caso Mediaset.
O caso Mediaset remonta a 2006, quando a empresa de Berlusconi foi acusada de inflacionar o preço dos direitos de transmissão de filmes norte-americanos, adquiridos através de sociedades também depropriedade do político, também conhecido como Il Cavaliere.
Na segunda-feira, Berlusconi, de 77 anos, anunciou que ia pedir a revisão do processo, afirmando que detinha novos documentos sobre o caso.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Moçambique marca eleição presidencial para outubro do próximo ano

Internacional



Moçambique marca eleição presidencial para outubro do próximo ano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/mocambique-marca-eleicao-presidencial-para-outubro-do-proximo-ano
Nov 27th 2013, 12:54

Da Agência Brasil*
Brasília - O governo de Moçambique anunciou que as eleições presidenciais do país vão ocorrer no dia 15 de outubro do próximo ano. Será o quarto pleito desde a guerra civil, que durou 15 anos, de 1977 a 1992. O atual presidente, Armando Guebuza, da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), disse que vai respeitar o limite estabelecido pela legislação e que não vai concorrer novamente. Guebuza foi eleito em 2004 e reeleito em 2009. O mandato em Moçambique tem cinco anos e o candidato pode tentar uma reeleição.
O líder do maior partido de oposição, o Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), Afonso Dhlakama, informou que a legenda vai boicotar as eleições contra a atual legislação eleitoral, que favorece, segundo ele, a Frelimo. A Renamo também boicotou as eleições municipais realizadas na semana passada. Outro líder da oposição, Daviz Simango, do Movimento Democrático Moçambicano (MDM), eleito prefeito de Beira, no Sul do país, anunciou a intenção de entrar na corrida presidencial.
Além da disputa presidencial, em 2014, irão à eleição 250 assentos no Parlamento. Atualmente, a Frelimo tem 144 assentos; a Renamo, 90; e o MDM, seis.
O anúncio sobre as próximas eleições presidenciais foi feito depois de a autoridade eleitoral do país ter feito a contagem de votos do pleito municipal. Ainda não há resultados oficiais sobre as eleições, cujos votos ainda têm de ser verificados pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE) e depois validados e proclamados pelo Conselho Constitucional. O prazo para que os resultados sejam divulgados é 15 dias.
*Com informações da Agência de Informação de Moçambique (AIM) e da agência de notícias da China, Xinhua
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Brasil faz doação de cédulas ao Haiti

Internacional



Brasil faz doação de cédulas ao Haiti
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/brasil-faz-doacao-de-cedulas-ao-haiti
Nov 27th 2013, 12:46

Kelly Oliveira
Repórter da Agência Brasil
Brasília - A Casa da Moeda do Brasil informou hoje (27) que entregou, esta semana, 47,4 milhões de cédulas ao Haiti. As cédulas são de 20 gourdes (moeda do Haiti) e foram doadas pelo governo brasileiro. Essa doação faz parte da ajuda humanitária do Brasil ao Haiti, após o terremoto de janeiro de 2010, que devastou o país. A destruição atingiu vários bancos, lembrou a Casa da Moeda.
A Lei 12.409 autorizou a Casa da Moeda a doar 100 milhões de cédulas ao Haiti, com custo total limitado a R$ 4,8 milhões. Também coube à empresa o transporte do dinheiro. Um navio fretado partiu do Rio de Janeiro no dia 28 de outubro e chegou a Porto Príncipe em 21 de novembro.
Para que o restante das cédulas possa ser fabricado, a Casa da Moeda informou que depende de autorização legal, com ampliação do limite de gastos. A empresa informou que encaminhará o pedido ao Ministério da Fazenda para avaliação.
Assim como as cédulas da Segunda Família do Real, a nota de 20 gourdes contém vários elementos de segurança como fio magnético e impressão offset. As cédulas também contam com uma faixa transparente, que imita as cores do arco-íris.

Edição: José Romildo
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil









You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Merkel finaliza coalizão conservadora para os próximos 4 anos

Internacional



Merkel finaliza coalizão conservadora para os próximos 4 anos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/merkel-finaliza-coalizao-conservadora-para-os-proximos-4-anos
Nov 27th 2013, 11:52

Da Agência Brasil *
Brasília - O bloco conservador alemão liderado pela chanceler Angela Merkel chegou hoje (27) a um acordo com o Partido Social Democrata (PSD) para o governo nos próximos quatro anos, formando uma grande coalizão de três partidos - o PSD; a União Democrata-Cristã, de Merkel; e a União Social-Cristã. O acordo em que foi formada a coalizão está expresso em um documento de 170 páginas.
De acordo com a chanceler a consolidação fiscal, o reforço do bem-estar geral e a melhoria da justiça social são os pilares do novo governo de coligação. Para ela a redução da dívida, a criação de emprego, os progressos na reforma energética e o aumento do investimento em educação, investigação e infraestruturas são pontos importantes a ser trabalhados.
"A grande coligação tem perante si grandes tarefas", disse Merkel.
O pacto entre os partidos coloca um ponto final após um mês de reuniões e conclui o processo eleitoral alemão, em que Angela Merkel obteve uma vitória expressiva que a deixou no quinto lugar da maioria absoluta.
O último passo para a formalização do acordo será a consulta do PSD às bases, já que o partido se comprometeu a submeter à decisão dos 470 mil militantes um eventual pacto de coligação. O resultado da consulta deverá sair até o dia 14 de dezembro e, se aprovado, permitirá que Angela Merkel tome posse no dia 17 de dezembro, com 504 dos 631 deputados.
Com a formalização dessa coligação, a oposição será formada pelo Die Linke (Esquerda, em português), formado por antigos comunistas e dissidentes do PSD; e pelo Die Grünen (Os Verdes, em português), partido com o qual Merkel havia pensado em formar governo após as eleições.
* Com informações da Agência Lusa
Edição: Valéria Aguiar



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Governo da Tailândia se dispõe a negociar com a oposição

Internacional



Governo da Tailândia se dispõe a negociar com a oposição
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/governo-da-tailandia-se-dispoe-negociar-com-oposicao
Nov 27th 2013, 09:16

Da Agência Brasil*
Brasília - A primeira-ministra da Tailândia, Yingluck Shinawatra, pediu hoje (27) que manifestantes desocupem prédios públicos da capital, Bangcoc, em troca de negociação com as lideranças da oposição, que tem organizado os protestos na cidade nos últimos dias.
"Estamos prontos para começar a dialogar com os grupos de manifestantes para superar essa crise no país", disse a primeira-ministra. A chefe de Governo convocou reunião de emergência para avaliar como seu gabinete pode conduzir as atividades em meio aos protestos e bloqueios de ministérios.
Funcionários do Departamento de Investigação Social da Tailândia tiveram de deixar o edifício nesta quarta-feira, depois de ele ser cercado pela oposição. Milhares de manifestantes montaram um cordão humano em torno de prédios próximos, como os ministérios da Indústria, do Comércio e do Trabalho.
A base dos protestos na capital tailandesa tem sido o Monumento da Democracia, no centro da cidade. Os ministérios da Agricultura e dos Transportes estão ocupados. O Ministério do Turismo está cercado por manifestantes.
A ocupação dos prédios públicos tem sido liderada pelo antigo vice-primeiro-ministro Suthep Thaugsuban, contra quem há ordem de prisão expedida. Thaugsuban, que recentemente renunciou ao mandato de deputado, estimulou um grupo de manifestantes que tomou na segunda-feira (25) o edifício do Ministério das Finanças, onde instalou o posto avançado de oposição ao governo. Ontem (26), os manifestantes chegaram a ocupar o Ministério dos Negócios Estrangeiros, mas deixaram o local em seguida.
De acordo com a organização dos protestos, quase 1 milhão de pessoas estão reunidas no movimento contra o governo. As autoridades reduzem esse número para 100 mil. As manifestações em Bangcoc começaram no fim de outubro e se intensificaram ontem (26), com a ocupação dos prédios públicos.
Os manifestantes querem a demissão da primeira-ministra Yingluck Shinawatra, a quem acusam de corrupção e de ser uma executante das ordens do irmão, o ex-primeiro-minitro Thaksin Shinawatra, deposto por golpe militar em 2006. Thaksin Shinawatra seria julgado por corrupção por tribunais tailandeses, o que não ocorreu por ter se exilado no exterior.
*Com informações da Agência Lusa e da Itar Tass, da Rússia
Edição: Graça Adjuto



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Oposição ucraniana tenta manter adesão à União Europeia

Internacional



Oposição ucraniana tenta manter adesão à União Europeia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/oposicao-ucraniana-tenta-manter-adesao-uniao-europeia
Nov 27th 2013, 10:01

Da Agência Brasil *
Brasília – Líderes da oposição ucraniana planejam uma reunião de governo hoje (27) com o objetivo de anular a decisão de suspender a adesão da Ucrânia à União Europeia (UE). Na semana passada, o governo do país anunciou a suspensão da assinatura do Acordo de Adesão ao bloco europeu, que estava previsto para ser assinado esta semana, na cúpula da União Europeia com os países do Leste do continente, em Vilnius, na Lituânia.
O recuo da Ucrânia gerou protestos por parte da oposição, que defende a aproximação do país com a Europa e o distanciamento em relação à Rússia. "Nós decidimos visitar a reunião de gabinete com líderes das facções parlamentares dos partidos Udar (Golpe, em português) e Svoboda (Liberdade, em português), Vitaly Klitschko e Oleg Tyagnibok. Exigimos que o governo revogue essa decisão inconstitucional e ilegal de suspender as preparações para assinar um acordo de associação com a União Europeia", informou Arseny Yatsenyuk, líder do partido Batkivshchina (Pátria, em português), da ex-primeira-ministra Yulia Timoshenko.
De acordo com Yatsenyuk, a oposição, favorável à integração com o bloco europeu, vai à reunião de Vilnius nesta semana para tentar persuadir os líderes da UE a não "fechar as portas à Ucrânia".
Ontem (26), o primeiro-ministro ucraniano, Mykola Azarov, admitiu que o governo russo pediu à Ucrânia o adiamento da adesão. Segundo ele, a Rússia não prometeu contrapartidas ou revisão dos preços do gás russo vendido ao mercado ucraniano.
A recente mobilização da oposição no país é considerada a mais contundente desde a Revolução Laranja, entre 2004 e 2005, quando uma séria de protestos foram organizados, após denúncias de corrupção e fraude nas eleições presidenciais.

*Com informações da Itar Tass

Edição: Denise Griesinger

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Brasil comemora confirmação da segunda conferência sobre crise síria

Internacional



Brasil comemora confirmação da segunda conferência sobre crise síria
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-11-27/brasil-comemora-confirmacao-da-segunda-conferencia-sobre-crise-siria
Nov 27th 2013, 06:36

Paulo Victor Chagas

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O Brasil comemorou nessa terça-feira a notícia da realização, daqui a dois meses, da 2ª Conferência Internacional sobre a Síria. De acordo com o Itamaraty, "o governo brasileiro tomou conhecimento, com satisfação, da decisão do secretário-geral das Nações Unidas de realizar" o evento.
A data da Conferência Genebra 2 - 22 de janeiro de 2014 - foi agendada segunda-feira (25) pelo secretário Ban Ki-moon. Segundo nota divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores, o encontro deve "promover o diálogo entre os sírios, contribuir para o fim definitivo da violência e para um acordo político entre o governo e a oposição, que atenda plenamente às legítimas aspirações da sociedade local, nos termos do Comunicado do Grupo de Ação de Genebra, de 30 de junho de 2012".
Além disso, o Itamaraty reafirmou a posição do governo brasileiro de não haver solução militar para o conflito sírio. Em setembro, durante a abertura da 68ª Assembleia Geral da ONU, a presidenta Dilma Rousseff disse que o conflito armado no país comove e provoca indignação, com mortes e destruição que causaram o maior desastre humanitário do século.
"O Brasil reafirma seu pleno apoio ao trabalho realizado pelo representante especial da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, e pela Comissão Internacional de Inquérito sobre a Síria, do Conselho de Direitos Humanos, presidida pelo professor Paulo Sérgio Pinheiro", concluiu o comunicado.
Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni