Farc anunciam trégua unilateral após atentado com nove mortes e 50 feridos

8 de dezembro de 2013

Internacional



Farc anunciam trégua unilateral após atentado com nove mortes e 50 feridos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/farc-anunciam-tregua-unilateral-apos-atentado-com-nove-mortes-e-50-feridos
Dec 8th 2013, 19:47


Leandra Felipe
Correspondente Agência Brasil/EBC
Bogotá - As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciou hoje (8) que iniciarão um período de cessar fogo unilateral por 30 dias, a partir do dia 15 de dezembro. O anúncio foi feito um dia depois de a guerrilha ter provocado um atentado contra um quartel militar na cidade de Inzá, departamento de Cauca, que matou nove pessoas (seis militares e três civis) e deixou 50 feridos.
"De maneira unilateral ordenamos a todas as nossas unidades guerrilheiras e milícias um cessar fogo e hostilidades por 30 dias, a partir da meia-noite de domingo (15), em resposta a um clamor nacional", destaca o comunicado assinado pelo "Estado Maior das Farc, das montanhas da Colômbia", lido pelo guerrilheiro, Pablo Catatumbo um dos negociadores da guerrilha, em Havana, Cuba.
A Farc, entretanto, advertiram que revidarão caso suas unidades sejam atacadas. No comunicado as Farc também pedem que o governo do país adote a mesma medida, de cessar fogo, "devolvendo o gesto de boa vontade em favor da paz que a guerrilha decidiu tomar".
Ocasionalmente as Farc anunciam períodos de cessar fogo unilateral, em épocas de festividades de Natal e ano novo. No ano passado, com os diálogos recém iniciados, a guerrilha suspendeu os ataques durante quase dois meses entre novembro de 2011 e janeiro deste ano.
Apesar do anúncio de cessar fogo unilateral, o clima no país é tenso devido ao ataque de ontem (7). O Exército atribuiu o atentado à sexta frente das Farc, que atua na região de Inzá. De uma caminhonete que carregava cebola foram lançados cilindros e explosivos que destruíram a estação da Polícia Militar da cidade.
De acordo com a imprensa colombiana várias casas do município foram afetadas. Localizada em "zona vermelha", classificada como local de intensos combates entre as Farc e o Exército. Vários feridos estão em estado considerado "grave". Ao todo foram 17 soldados, 17 policiais e 14 civis.
O presidente Juan Manuel Santos qualificou o ataque como "Covarde" e viajou à Popayán, capital de Cauca, para fazer parte de uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança.
"Um ataque da guerrilha a um departamento tão afetado pela violência é um ataque que só pode ser qualificado como irracional", declarou Santos.
Além do anúncio, a guerrilha e o governo também encerraram o 17º Ciclo de Conversações pela Paz, na capital cubana. Os negociadores das partes envolvidas apresentaram um comunicado conjunto anunciando o término do ciclo. Eles divulgaram um relatório sobre o Acordo parcial da participação política, firmado no mês de novembro. Entretanto, não houve anuncio de possíveis avanços no item em discussão no momento: solução para o problema das drogas.
As conversações serão retomadas no dia 17 de dezembro, data prevista para o início do 18º Ciclo de Negociação.

Edição: Valéria Aguiar




You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Eleição municipal é tranquila na Venezuela, diz CNE

Internacional



Eleição municipal é tranquila na Venezuela, diz CNE
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/eleicao-municipal-e-tranquila-na-venezuela-diz-cne
Dec 8th 2013, 16:50

Leandra Felipe

Correspondente da Agência Brasil/EBC
Bogotá – As eleições municipais na Venezuela transcorrem hoje (8) "em normalidade", segundo o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do país. A maioria dos centros de votação abriu no horário previsto, às 7h (9h30, no horário brasileiro de verão). De acordo com a presidenta do CNE, Tibisay Ludena, 99,9% das urnas eletrônicas estão funcionando.
"O povo está votando em harmonia e tranquilidade, com civismo e paz", disse em entrevista coletiva. Ela ressaltou também que o comparecimento dos eleitores é "satisfatório". Mais de 19 milhões de eleitores estão habilitados a votar no país, onde o voto não é obrigatório.
Segundo a presidenta, o CNE não recebeu denúncias graves de crimes eleitorais até o momento, somente casos pontuais que não interferem na segurança do processo. "Os delitos são casos pequenos, como o de eleitores que se manifestam de forma desrespeitosa, rasgando ou comendo o comprovante do voto. Isso é um delito porque a lei diz que não se pode destruir o material eleitoral".
O crime de "comer o comprovante de voto" já ocorreu em eleições anteriores no país. Alguns protestam alegando que o CNE não respeita a própria norma de fazer a auditoria dos votos, que têm os comprovantes impressos das urnas eletrônicas. O sistema eleitoral venezuelano determina a impressão de um comprovante após o eleitor votar na urna eletrônica. O documento é guardado para que se façam auditorias por amostra.
Tibisay Lucena também comentou sobre perguntas de eleitores divulgadas nas redes sociais e a difusão de informações sobre "suspeitas de fraude". "Não podemos levar muito a sério as mensagens no Twitter, porque sabemos que há muitos rumores que no final, ou não são comprovados, ou são falsos", declarou. Ela lembrou que os fiscais dos partidos políticos têm amplo acesso às mesas de votação para observar o processo.
No país, o ambiente é de polarização entre os eleitores que apoiam os candidatos ligados ao governo de Nicolás Maduro e entre os que apoiam a oposição, ligada ao governador de Miranda, Henrique Capriles.
O término da votação está previsto para as 18h (horário local) ou enquanto houver fila nas sessões eleitorais. A apuração dos votos começa logo após o encerramento da votação, e o resultado deve ser divulgado durante a noite. Os venezuelanos vão eleger 2.435 vereadores, prefeitos para 335 municípios, além de prefeitos distritais.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Israel mantém piores taxas de pobreza apesar de forte crescimento industrial

Internacional



Israel mantém piores taxas de pobreza apesar de forte crescimento industrial
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/israel-mantem-piores-taxas-de-pobreza-apesar-de-forte-crescimento-industrial
Dec 8th 2013, 16:23


Carolina Gonçalves*

Repórter da Agência Brasil



Brasília – O relatório econômico da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), divulgado hoje (8) pelo ministro das Finanças israelita, Yair Lapid, e secretário-geral da OCDE, Angel Gurria mostrou que Israel tem a pior taxa de pobreza entre os 35 estados signatários da entidade. As informações estão em um relatório de 111 páginas que destaca também resultados positivos do país, como o rápido crescimento económico e baixo desemprego.
No documento que reúne um diagnóstico sobre o cenário econômico deste ano, a organização destaca que "o crescimento da produção industrial de Israel continua relativamente forte, o desemprego está em níveis historicamente baixos, o setor de alta tecnologia continua a atrair a admiração internacional e há novos campos de gás 'offshore entrar' [em plataformas marítimas] em operação".
Apesar de reconhecer os avanços, a OCDE alerta sobre algumas questões que persistem no país, como que os padrões de vida médios que continuam abaixo da média dos países signatários da OCDE. Segundo o estudo os rendimentos de uma em cada cinco famílias israelitas está abaixo da taxa relativa da linha de pobreza. Pelas estimativas da organização, o país tem a taxa de pobreza relativa mais alta na área de atuação da entidade. O documento ainda aponta a necessidade de avanços em questões ambientais.
Israel mantém cenários negativos em áreas como condições sociais, habitação, educação e formação, equilíbrio trabalho-vida, segurança pessoal, qualidade ambiental e envolvimento cívico.



*Com informações da Lusa

Edição: Valéria Aguiar



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Manifestantes derrubam estátua de Lenin na Ucrânia

Internacional



Manifestantes derrubam estátua de Lenin na Ucrânia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/manifestantes-derrubam-estatua-de-lenin-na-ucrania
Dec 8th 2013, 16:08

Da Agência Lusa
Kiev – Manifestantes que estão concentrados hoje (8) em frente à Praça da Independência, na capital da Ucrânia, para pedir a demissão do presidente Viktor Ianukovitch, derrubaram a estátua de Vladimir Lenin, o líder da Revolução Russa de 1917.
De acordo com um porta-voz da polícia ucraniana, a estátua de Lenin foi derrubada por manifestantes com o rosto coberto, que empunhavam bandeiras do Partido Ultranacionalista Svoboda (Liberdade).
Cerca de 200 mil manifestantes pró-europeus estão concentrados desde a manhã em Kiev para cobrar a demissão de Ianukovitch, depois de o presidente ter rejeitado um acordo comercial com a União Europeia, optando por uma maior aproximação com a Rússia.
Empunhando bandeiras da Ucrânia e da União Europeia, os opositores ao atual governo enchem a Praça da Independência, onde foram instaladas várias tendas.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Manifestantes pedem saída do presidente da Ucrânia

Internacional



Manifestantes pedem saída do presidente da Ucrânia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/manifestantes-pedem-saida-do-presidente-da-ucrania
Dec 8th 2013, 15:02

Carolina Gonçalves

Repórter da Agência Brasil



*Com informações da Lusa



Brasília – Quase 200 mil manifestantes se concentraram hoje (8) na Praça da Independência, em Kiev, capital da Ucrânia, para pedir a demissão do presidente Viktor Ianukovitch. Com bandeiras da Ucrânia e da União Europeia os opositores ao atual governo criticam a decisão de Ianukovitch de rejeitar um acordo comercial com a União Europeia, optando por uma maior aproximação com a Rússia.
No local foram instaladas várias tendas. Os manifestantes pedem a reversão da decisão em relação aos negócios com a Europa, defendem um regime de governo mais justo e honesto e o fim da violência usada pela polícia durante os protestos. No dia 30 de novembro, uma ação feita para dispersar uma manifestação realizada no mesmo local resultou em várias pessoas feridas, sendo a maioria estudantes.
Durante os protestos, a ex-primeira-ministra da Ucrânia, Iulia Timochenko exigiu a saída imediata do presidente Yanukovych do poder. A declaração foi lida pela filha de Iulia Timochenko para os milhares de manifestantes reunidos na praça. Na mensagem, a ex-primeira-ministra pediu para que os ucranianos não recuem ou participem de negociações "com este poder que tem sangue nas mãos". Segundo ela o momento coloca os ucranianos diante da escolha entre "cair numa ditadura corrupta e o regresso a casa, na Europa. As hipóteses de cair numa ditadura medieval são bastante maiores".
A oposição que defende eleições antecipadas espera mobilizar um milhão de manifestantes ainda hoje. Os protestos tem se tornado mais frequentes nos últimos dias, em torno de prédios do governo.
O temor do grupo que defende o acordo com os europeus é que Ianukovitch decida assinar o acordo de adesão da Ucrânia à União Aduaneira das Antigas Repúblicas Soviéticas. No dia 17 está prevista uma reunião da comissão interestadual russo-ucraniana. Hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros francês disse que se vai encontrar oficialmente com o líder da oposição ucraniana, Vitali Klitschko. Os protestos na Ucrânia já duram mais de duas semanas.
Com informações da Lusa

Edição: Valéria Aguiar



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Em três dias quase 400 pessoas morreram na República Centro-Africana

Internacional



Em três dias quase 400 pessoas morreram na República Centro-Africana
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/em-tres-dias-quase-400-pessoas-morreram-na-republica-centro-africana
Dec 8th 2013, 14:37


Carolina Gonçalves

Repórter da Agência Brasil



*Com informações da Lusa
Brasília – Quase 400 pessoas morreram em Bangui, capital da República Centro-Africana nos últimos três dias, quando começaram os ataques das milícias contra civis. O balanço foi divulgado hoje (8) pelo Chefe da diplomacia francesa, Laurent Fabius ao acrescentar que a tranquilidade está sendo retomada na região.
Fabius admitiu que ainda existem ocorrências de violência e abuso de autoridades em alguns pontos de Bangui, mas informou que as operações do exército francês estão em curso e que as ações para desarmamento devem começar em breve.
Funcionários da Cruz Vermelha Centro-Africana anunciaram ontem (7) que o número de mortos já chegava a 300. Mesmo com a presença de tropas francesas na cidade, a situação continuou tensa no sábado. Os ataques começaram logo depois que a Organização das Nações Unidas autorizou a intervenção militar francesa na região para proteger a população e restaurar a ordem local. Integrantes de milícias de autodefesa cristãs "Anti-Balaka", que apoiam o presidente deposto François Bozizé realizaram ataques e foram combatidos pelas forças de segurança que seguem apoiadas pela milícia muçulmana Séléka.
A República Centro-Africana com 4,5 milhões de habitantes, mergulhou no caos desde o golpe de estado, em março, liderado pela coligação rebelde Séléka.


*Com informações da Lusa



Edição: Valéria Aguiar



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Mais de 50 líderes estrangeiros irão ao funeral de Mandela

Internacional



Mais de 50 líderes estrangeiros irão ao funeral de Mandela
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/mais-de-50-lideres-estrangeiros-irao-ao-funeral-de-mandela
Dec 8th 2013, 14:36



Carolina Gonçalves*

Repórter da Agência Brasil
Brasília – Mais de 50 de chefes de Estado e de Governo já confirmaram a presença nas cerimônias do funeral do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, entre eles, a presidenta Dilma Rousseff e os presidentes norte-americano, Barack Obama; francês François Hollande e o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, segundo informou a ministra dos Negócios Estrangeiros sul-africana, Maite Nkoana-Mashabane.
A ministra Maite Nkoana-Mashabane disse que um grupo menor de autoridades estrangeiras deve visitar Qunu, aldeia natal de Nelson Mandela, onde será enterrado no dia 15.
O presidente do Conselho Pontifício da Justiça e Paz do Vaticano, o cardeal ganês Peter Turkson, será o representante do papa Francisco nas cerimônias. De acordo com o anúncio, divulgado hoje (8) pela Santa Sé, na agenda de Turkson está a missa oficial em memória de Mandela, marcada para ocorrer no Estádio Soccer City, no Soweto, em Joanesburgo.
Turkson é arcebispo de Cape Coast, em Gana, e integra o Conselho Pontifício para a União dos Cristãos e a Comissão para o Patrimônio Cultural da Igreja.
Pelo menos 80 mil pessoas devem participar da missa oficial na próxima terça-feira (10). O estádio foi escolhido para a cerimônia por ter sido o local onde Mandela fez sua última grande aparição pública, em 2010.

*Com informações da Agência Lusa
Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Coreia do Sul consultou os EUA antes de ampliar zona de defesa aérea

Internacional



Coreia do Sul consultou os EUA antes de ampliar zona de defesa aérea
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/coreia-do-sul-consultou-os-eua-antes-de-ampliar-zona-de-defesa-aerea
Dec 8th 2013, 13:51

Da Agência Lusa

Washington – O governo da Coreia do Sul consultou autoridades norte-americanas antes de expandir sua zona de defesa aérea, que se sobrepõe à anunciada recentemente pela China. A informação foi confirmada hoje (8) pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.
O porta-voz do órgão, Jen Psaki, divulgou um comunicado destacando que a decisão sul-coreana foi tomada após "conversas com os Estados Unidos".
O anúncio sobre a ampliação da Zona de Identificação de Defesa Aérea foi feito pelo governo da Coreia do Sul em resposta à recente decisão da China de instaurar um perímetro idêntico que se sobrepõe ao espaço controlado há anos por Seul.
Essa zona foi alargada em direção ao sul e inclui agora o espaço aéreo sobre o ilhote submerso de Ieodo, administrado por Seul, que instalou no local uma plataforma de investigação científica. Autoridades de Pequim afirmam que a área é parte da sua Zona Econômica Exclusiva.
No final de novembro, a China anunciou uma nova zona de defesa aérea, que desencadeou uma onda de protestos por parte da Coreia do Sul e do Japão. As críticas recaem sobre o fato do novo perímetro cobrir também as ilhas Senkaku e Diaoyu, administradas por Tóquio. Pequim reclama a soberania das ilhas.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Ataques em Bagdá deixam mortos e feridos

Internacional



Ataques em Bagdá deixam mortos e feridos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/ataques-em-bagda-deixam-mortos-e-feridos
Dec 8th 2013, 12:12

Da Agência Lusa
Bagdá – Pelo menos 16 pessoas morreram e quase 40 ficaram feridas em decorrência da série de ataques ocorridos na capital do Iraque e nos arredores de Bagdá neste fim de semana. Os atentados à bomba foram registrados em, pelo menos, cinco locais, um dia depois que ocorreram ataques a tiro em lojas da capital iraquiana.
Com estes últimos registros, o número de mortos desde o início do mês já ultrapassou o número de vítimas em todo o mês de dezembro do ano passado. A violência no Iraque atingiu um nível semelhante ao de 2008, quando o país estava se recuperando de um período tenso motivado por conflitos religiosos.
A violência ressurgiu depois das forças de segurança terem atacado um campo de protesto dos sunitas árabes ao norte de Bagdá, em abril, reavivando os confrontos violentos. Os iraquianos sunitas, minoritários no país, queixam-se de discriminação por parte dos shiitas que estão no governo. As manifestações já duram quase um ano.
Apesar de o governo ter feito algumas concessões para amenizar as tensões, liberando prisioneiros e aumentando os salários dos opositores da Al Qaeda, os ataques diários não mostram sinais de abrandamento. Desde o início do ano, os conflitos vitimaram quase 6.300 pessoas.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Missão Unasul considera “exitosa” auditoria feita no sistema eleitoral da Venezuela

Internacional



Missão Unasul considera "exitosa" auditoria feita no sistema eleitoral da Venezuela
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/missao-unasul-considera-%E2%80%9Cexitosa%E2%80%9D-auditoria-feita-no-sistema-eleitoral-da-venezuela
Dec 8th 2013, 10:48

Leandra Felipe

Correspondente da Agência Brasil/EBC
Bogotá - A Missão de Acompanhantes Eleitorais da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) divulgou ontem (7) um balanço das auditorias que realizou para as eleições municipais de hoje (8) na Venezuela. "As 17 auditorias que realizamos foram exitosas e os resultados são positivos", informou o coordenador geral da missão eleitoral da Unasul, José Domingos Paredes.
Cerca de 50 observadores internacionais chegaram ao país na quinta-feira (5) para observar o processo eleitoral de hoje, em que serão eleitos 2.435 vereadores, prefeitos para 335 municípios, além de prefeitos distritais. A missão da Unasul é composta por 22 delegados, o restante são ligados à União de Organismos Eleitorais e também ao Grêmio de Advogados dos Estados Unidos.
Mais de 19 milhões de venezuelanos estão habilitados para votar, sendo que, do total, há pouco mais de 215 mil estrangeiros que vivem no país há mais de dez anos, que também poderão participar das eleições. Além dos prefeitos dos 335 municípios, os eleitores votam por um prefeito metropolitano para o distrito de Caracas e para o distrito de Alto Apure.
A missão esteve nas duas últimas eleições presidenciais realizadas no país, em outubro do ano passado e em abril deste ano. Nestas ocasiões a Unasul havia declarado que o sistema eleitoral venezuelano é 100% seguro. Desde quinta-feira (5) eles acompanharam alguns comícios de encerramento da campanha, a instalação de mesas eleitorais (zonas) e urnas eletrônicas. Ao longo deste dia equipes percorreram algumas cidades do país para verificar o processo de votação.
O observador da Argentina, Alejandro Tullio disse que também há acompanhamento por parte dos partidos políticos em todo o processo. "As forças que competem [oposição e situação] participaram das auditoria e puderam ver junto conosco a solidez do sistema e também que está tudo pronto e em condições para que as eleições transcorram dentro da normalidade esperada", destacou.
Com informações da Agência Venezuelana de Notícias (AVN)



Edição: Valéria Aguiar



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Morte de Mandela é "uma perda sem precedentes" para a África do Sul, diz Zuma

Internacional



Morte de Mandela é "uma perda sem precedentes" para a África do Sul, diz Zuma
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-08/morte-de-mandela-e-uma-perda-sem-precedentes-para-africa-do-sul-diz-zuma
Dec 8th 2013, 10:45



Da Agência Lusa
Joanesburgo – O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, presidiu as cerimônias do Dia Nacional da Oração e da Reflexão em homenagem ao ex-presidente Nelson Mandela, cuja morte diz ter sido "uma perda sem precedentes" para o país.
Como milhões de sul-africanos, Zuma assistiu à missa na Igreja Metodista de Bryanston, em Joanesburgo, para lembrar a vida e obra de Mandela, que morreu aos 95 anos.
O chefe de Estado sul-africano sublinhou que as orações ajudaram muito o país a recuperar do golpe sofrido com a morte do seu querido Madiba, como é popularmente conhecido o ex-presidente sul-africano.
"Ele [Mandela] pregou e praticou a reconciliação" após o desmantelamento do regime racista do apartheid, que combateu durante grande parte da sua vida, disse Zuma, citado pela agência de notícias sul-africana Sapa.
"Mandela distinguiu-se pelas coisas boas, somente por coisas boas", destacou o chefe de Estado.
Entre os que assistiram à celebração religiosa, estava a ex-mulher de Madiba Winnie Madikizela-Mandela.
A morte de Nelson Mandela, aos 95 anos, foi anunciada na quinta-feira à noite pelo presidente da República da África do Sul, Jacob Zuma, motivando de imediato reações de pesar em todo o mundo.
"A nossa nação perdeu o maior dos seus filhos", disse Jacob Zuma, anunciando que a bandeira sul-africana vai ficar a meio mastro até o funeral com honras de chefe de Estado, marcado para 15 de dezembro.
O Comitê Nobel norueguês considerou Nelson Mandela, que ficou preso quase trinta anos por sua luta contra o regime apartheid, "um dos maiores nomes da longa história dos prêmios Nobel da Paz".
Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul, entre 1994 e 1999.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni