Tiroteio em escola nos Estados Unidos fere duas pessoas

13 de dezembro de 2013

Internacional



Tiroteio em escola nos Estados Unidos fere duas pessoas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/tiroteio-em-escola-nos-estados-unidos-fere-duas-pessoas
Dec 13th 2013, 20:14

Da Agência Lusa


Washington – Pelo menos duas pessoas ficaram feridas num tiroteio ocorrido hoje (13) à tarde em uma escola de Centennial, no Colorado, Oeste dos Estados Unidos, informaram as autoridades locais. O tiroteio foi na Escola Secundária Arapahoe, ao sul de Denver.
Segundo as fontes, o autor dos disparos se mantinha "ativo" e as autoridades determinaram o fechamento de todas as escolas da localidade.
Centennial situa-se a alguns quilômetros de Aurora, onde um tiroteio em um cinema, durante a projeção do filme Batman", fez 12 mortos no ano passado.
De acordo com uma rede de televisão americana, nenhuma pessoa foi presa.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Velório de Mandela chega ao fim na sede do governo

Internacional



Velório de Mandela chega ao fim na sede do governo
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/velorio-de-mandela-chega-ao-fim-na-sede-do-governo
Dec 13th 2013, 20:34

Danilo Macedo

Enviado especial à África do Sul
Pretória – O terceiro dia do velório de Nelson Mandela no Union Buildings, que começou com muita gente chegando bem cedo na fila para não perder a oportunidade de se despedir do ícone da luta contra o apartheid, terminou com uma multidão de pessoas esperando o caixão deixar o palácio do governo sul-africano.
Algumas centenas de pessoas que esperavam o cortejo fúnebre sair por um dos portões do palácio correram em direção à uma rua paralela, quando ouviram o barulho de sirenes dos carros de polícia e perceberam que haviam sido dribladas pela segurança.
A estimativa das autoridades locais, no início do dia, era que aproximadamente 20 mil pessoas passassem hoje pelo altar onde estava o corpo de Mandela, mas a impressão era que havia mais gente.
As filas continuaram quilométricas até o final e todos queriam passar ao lado do corpo do ganhador do prêmio Nobel da Paz de 1993 e símbolo da liberdade do país. Ninguém podia tirar fotos no local, nem os fotógrafos credenciados para cobrir o evento.
A última imagem de Mandela, pelo menos até o momento, está guardada na memória das dezenas de milhares de pessoas que superaram o cansaço, o calor e a sede, em alguns casos, para prestar homenagem à contribuição de Mandela para a África do Sul e para o mundo. Coberto por uma tampa de vidro da cintura para cima, o corpo do mais conhecido sul-africano, com seu cabelo branco e aparência serena, está com uma camisa estampada no qual se destaca um verde brilhante, bem ao estilo alegre que costumava se vestir em vida.
Por um momento, no meio do dia, a polícia teve de conter um grupo que tentou forçar a passagem por um dos portões do palácio. Apesar da cena, o que mais se viu no último dia de velório foi muita emoção. Alguns não aguentaram a sensação de perder aquele que é considerado o pai da nação e saíram aos prantos, precisando ser amparados por militares.
A brasileira Isabel Kelmer, que já tinha comprado sua passagem para passear na África do Sul com a filha e a neta antes da morte de Mandela, disse que se sente privilegiada por estar vivendo esse momento histórico. Ela foi uma das que não conteve a emoção.
"Quando vi o caixão, fiquei emocionada e comecei a chorar, um choro de comoção. Os policiais começaram a me dar lenços. Foi muito bonito, ele foi um grande homem", disse, se referindo a vários militares que seguravam caixas de lenços depois que as pessoas passavam pelo caixão, para os mais emocionados enxugarem as lágrimas.
Quando a visitação pública foi encerrada e o comboio levando o corpo passou, a descontração tomou conta do local para continuar as homenagens a Mandela. Um sul-africano aproveitou o dom artístico e fez uma câmera cinematográfica com pedaços de lata, que nunca perdia o foco em Mandela. No lugar da lente, a foto do líder foi colocada. Outras pessoas tocavam violão, cantavam e dançavam. Até um policial, que fazia a guarda no portão do Union Buildings, entrou no ritmo.
O porta-voz da família de Mandela, Themba Matanzima, disse hoje que Madiba, como era chamado carinhosamente, certamente está em paz por ter recebido o adeus dos sul-africanos que tanto amou, se sacrificou e por quem estava preparado para dedicar sua vida.
Amanhã (14), o corpo será transportado para Qunu, vilarejo onde Mandela nasceu, cresceu e vive seu clã. O enterro ocorrerá no domingo (15), em uma cerimônia restrita a parentes e amigos próximos.

Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos

Internacional



Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-12-13/encerramento-do-forum-mundial-de-direitos-humanos
Dec 13th 2013, 16:07

Brasília - Segundo a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, a criação do Sistema de Nacional de Combate à Tortura e a convocação da 1ª Conferência Nacional de Direitos Humanos em 2015 foram os principais resultados do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH)Brasília - Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH). Marrocos será o país a sediar o 2º Fórum Mundial dos Direitos Humanos em dezembro de 2014. O 3º Fórum, em 2015, será na Argentina. Na foto, O representante do Marrocos, Ahmed Harzenni, agradeceu o governo brasileiro e parabenizou os participantes. Em português, o marroquino disse: "Viva os direitos humanos e a amizade entre os países"Brasília - Segundo a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, a criação do Sistema de Nacional de Combate à Tortura e a convocação da 1ª Conferência Nacional de Direitos Humanos em 2015 foram os principais resultados do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH)Brasília - Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH), no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Marrocos será o país a sediar o 2º Fórum Mundial dos Direitos Humanos em dezembro de 2014. O 3º Fórum, em 2015, será na Argentina. Na foto, o vice-presidente da Colômbia, Angelino GarzónBrasília - Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH), no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Na foto, a representante do Centro da Educação para a Paz e o Desenvolvimento Galkayo da Somália, Deqo Aden MohamedBrasília - Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH). Marrocos será o país a sediar o 2º Fórum Mundial dos Direitos Humanos em dezembro de 2014. O 3º Fórum, em 2015, será na Argentina. Na foto, o sociólogo Emir Sader, secretário executivo do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso) Brasília - Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH). E/D: a representante do Centro da Educação para a Paz e o Desenvolvimento Galkayo da Somália, Deqo Aden Mohamed, o secretário executivo do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso), Emir Sader, o membro do Instituto de Políticas Públicas de Direitos Humanos, Victor Abramovich, a presidenta da Comissão Nacional para os Direitos Humanos e Cidadania de Cabo Verde, Zelinda Cohen, e Cristina Brites, da Rede de Educação Cidadã – RECIDBrasília - Encerramento do Fórum Mundial de Direitos Humanos (FMDH). Marrocos será o país a sediar o 2º Fórum Mundial dos Direitos Humanos em dezembro de 2014. O 3º Fórum, em 2015, será na Argentina. Na foto, o membro do Instituto de Políticas Públicas de Direitos Humanos (IPPDH), Victor Abramovich em nome da Argentina, agradeceu o Brasil e ressaltou a cooperação entre os países



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Comunidade internacional "falhou miseravelmente" na ajuda aos refugiados sírios, alerta organisação

Internacional



Comunidade internacional "falhou miseravelmente" na ajuda aos refugiados sírios, alerta organisação
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/comunidade-internacional-falhou-miseravelmente-na-ajuda-aos-refugiados-sirios-alerta-organisacao
Dec 13th 2013, 13:12

Da Lusa
Londres – A Anistia Internacional (AI) alertou hoje (13) que a comunidade internacional tem falhado "miseravelmente" no apoio aos refugiados sírios, que já somam 2,3 milhões. Em comunicado, o organismo lembrou que dos US$ 3 bilhões que a Organização das Nações Unidas (ONU) pediu em julho, para apoiar essa população, apenas 64% foram angariados até agora.
A organização de defesa dos direitos humanos apela à comunidade internacional que garanta o financiamento dos apelos humanitários para a Síria e que apoie os principais países que acolhem refugiados para que eles mantenham as fronteiras abertas, garantindo a proteção dessas pessoas. Líbano, Jordânia, Turquia, Iraque e Egito acolhem, juntos, 97% dos sírios obrigados a fugir do seu país devido ao conflito que se prolonga desde março de 2011.
No comunicado, a AI lembra declarações do alto-comissário da ONU para os Refugiados, António Guterres, que recentemente considerou que a Síria é "a grande tragédia deste século", tendo provocado uma fuga de refugiados como não se via desde o genocídio de Ruanda, há quase 20 anos. "Apesar da enorme escala da crise dos refugiados, a comunidade internacional falhou miseravelmente na ajuda aos refugiados ou aos principais países de acolhimento", escreve a organização, sediada em Londres.
A organização destacou, ainda, que dos 30 mil lugares definidos pela ONU para acolher refugiados sírios permanente ou temporariamente até 2014, a comunidade internacional só disponibilizou a metade, oferecida por 16 países. No comunicado, a organização lembra que, na medida em que diminui a capacidade dos países vizinhos para acolher refugiados e que as condições de acolhimento se deterioram, aumenta o número de sírios que tentam entrar na União Europeia, em busca de segurança e de uma nova vida.
Nos dois anos que antecederam outubro de 2013, 55 mil cidadãos sírios pediram diretamente asilo à União Europeia, sendo a Alemanha e a Suécia os mais procurados. Portugal teve 85 pedidos de asilo. Por ser "quase impossível aos refugiados e requerentes de asilo entrar na Europa legalmente", eles são forçados a "duras viagens, arriscando a vida em barcos ou por terra", alerta o organismo.
Muitos tentam atravessar o mar Egeu partindo da Turquia até a Grécia e outros tentam atravessar da Turquia para a Bulgária por terra. Os refugiados que tentam entrar na União Europeia (UE) por esses caminhos são vítimas de "alarmantes violações dos direitos humanos", incluindo detenções que duram semanas em más condições na Bulgária e perigosas operações em que são mandados de volta pelas autoridades gregas.
Além do alerta, a Anistia Internacional solicita à UE e aos 28 Estados-membros que aumentem a capacidade de busca e salvamento no Mediterrâneo, para evitar a morte de refugiados na travessia; que garantam que aqueles que são resgatados sejam tratados com dignidade, respeitando os direitos humanos, incluindo o direito a pedir asilo. O organismo apela, ainda, para o fim das "operações ilegais" de envio de refugiados de volta à Síria, pois negam os direitos humanos dos requerentes de asilo, particularmente na fronteira da Grécia com a Turquia.

Edição: Denise Griesinger

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França

Internacional



A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-12-13/presidenta-dilma-rousseff-e-presidente-da-franca-francois-holland-participam-de-encontro-economico-br
Dec 13th 2013, 12:33

São Paulo - A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França, na sede da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp). Na foto, o presidente da França, François Hollande, a presidenta Dilma Rousseff, e o presidente da Fiesp, Paulo SkafSão Paulo - A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França, na sede da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp). Na foto, o presidente da França, François Holland, durante discursoSão Paulo - A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França, na sede da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp). Na foto, a presidenta Dilma Rousseff durante discursoSão Paulo - A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França, na sede da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp). Na foto, a presidenta Dilma Rousseff durante discursoSão Paulo - A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França, na sede da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp). Na foto, o vice-presidente, Michel Temer, a presidenta Dilma Rousseff, o presidente da França, François Hollande, e o presidente da Fiesp, Paulo SkafSão Paulo - A presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Holland, participam de Encontro Econômico Brasil-França, na sede da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp). Na foto, o vice-presidente, Michel Temer, o presidente da França, François Hollande, e a presidenta Dilma Rousseff



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Dilma espera iniciar trocas comerciais fruto da parceria entre Mercosul e União Europeia em janeiro

Internacional



Dilma espera iniciar trocas comerciais fruto da parceria entre Mercosul e União Europeia em janeiro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/dilma-espera-iniciar-trocas-comerciais-fruto-da-parceria-entre-mercosul-e-uniao-europeia-em-janeiro
Dec 13th 2013, 12:52

Camila Maciel

Repórter da Agência Brasil
São Paulo – A presidenta Dilma Roussef disse hoje (13), na capital paulista, que espera iniciar em janeiro as trocas de ofertas comerciais fruto da parceria entre o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a União Europeia. "Um futuro acordo contribuirá para a realizacão do potencial ainda inexplorado do intercâmbio de nossos produtos e serviços. O Brasil e o Mercosul já estão prontos para fazer a oferta comercial", declarou ao participar do Encontro Econômico Franco-brasileiro, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
Outro passo considerado importante pela presidenta para fazer avançar o comércio com o país europeu é a continuidade das negociações no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC). "Na conferência ministerial de Bali realizamos progressos expressivos, sobretudo no que se refere ao acordo sobre facilitação de comércio e a declaração de sobre eliminação de subsídios agrícolas", avaliou. Ela aposta que essas negociações vão fortalecer a sistema multilateral de comércio e resultar maior acesso dos produtos dos países aos respectivos mercados.
O presidente da França François Hollande comentou a competividade entre os mercados brasileiros e francês. "A agricultura brasileira é forte e a francesa também. Às vezes temos as mesmas produções e isso pode criar alguns probleminhas", declarou. Ele citou, por exemplo, o caso do frango. "É preciso aceitar a concorrência. É preciso que ela seja leal e não deve haver ajuda que desvie a competição", declarou.
Dilma considerou positiva ainda as oportunidades geradas a partir da integração de fronteira entre o estado do Amapá e a Guiana Francesa. "A conclusão das obras da ponte sobre o rio Oiapoque e o avanço nos acordo de cooperação de fronteira abrem novo campo para as relações políticas, sociais e também comerciais entre a França e o Brasil", declarou.
Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Longas filas não desanimam africanos na despedida de Mandela

Internacional



Longas filas não desanimam africanos na despedida de Mandela
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/longas-filas-nao-desanimam-africanos-na-despedida-de-mandela
Dec 13th 2013, 11:16

Danilo Macedo

Enviado especial à África do Sul
Pretória - A estimativa das autoridades sul-africanas é que cerca de 60 mil pessoas tenham visitado o caixão com o corpo de Nelson Mandela até o fim do dia de hoje (13). A visitação pública teve início na quarta-feira, no Union Buildings, o Palácio do Governo. Para não perder a oportunidade, muitas pessoas madrugaram para enfrentar cedo a fila quilométrica até chegar aos restos mortais do ícone da luta contra o apartheid.
Uma dela é Johannes Joodt, de 54 anos. Ele disse que entrou na fila ontem às 9h30, mas não conseguiu chegar até o corpo. Hoje, chegou às 6h30, com um pôster de Mandela, para dar o adeus ao líder sul-africano. "Preciso falar descanse em paz no meu coração, Madiba", disse à Agência Brasil.
Com vestes simples, pano na cabeça e garrafa de líquido para aguentar o calor, Catherine Muná trouxe as duas filhas para a despedida. Às 13h do horário local (9h do horário de Brasília), ela estava feliz por ter cumprido sua missão. "Vá e descanse em paz, Madiba", disse ela ao passar ao lado do caixão, chamando Mandela por um de seus apelidos carinhosos, relacionado ao clã de sua família.
Zahra Hassan, natural do Sudão do Sul e residente em Pretória, onde trabalha na embaixada de seu pais, fez hoje a terceira tentativa para ver Mandela pela última vez. Com receio de não ter sucesso mais uma vez, hoje ela veio com o passe VIP, fornecido pela embaixada.
Infelizmente, mesmo enfrentando horas de filas, é provável que nem todos que estejam firmes esperando consigam se despedir e agradecer Mandela ao lado de seu caixão. Assim como nos dias anteriores, o funeral deve ser encerrado por volta das 17h30.
Depois, o caixão poderá ser visto apenas amanhã, a mais de 900 quilômetros de Pretória, no caminho que fará do aeroporto próximo ao vilarejo de Qunu, onde Mandela nasceu e passou sua infância, até o local onde será enterrado.
Edição: José Romildo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Filas não desanimam africanos na despedida de Mandela

Internacional



Filas não desanimam africanos na despedida de Mandela
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-12-13/filas-nao-desanimam-africanos-na-despedida-de-mandela
Dec 13th 2013, 11:52

Pretória - A estimativa das autoridades sul-africanas é que cerca de 60 mil pessoas tenham visitado o caixão com o corpo de Nelson Mandela até o fim do dia de hoje (13). A visitação pública teve início na quarta-feira, no Union Buildings, o Palácio do Governo. Na foto, Johannes Joodt, de 54 anos. Ele disse que entrou na fila ontem (12) às 9h30, mas não conseguiu chegar até o corpo. Hoje (13), chegou às 6h30 Pretória - A estimativa das autoridades sul-africanas é que cerca de 60 mil pessoas tenham visitado o caixão com o corpo de Nelson Mandela até o fim do dia de hoje (13). A visitação pública teve início na quarta-feira, no Union Buildings, o Palácio do Governo. Na foto, Zahra Hassan, natural do Sudão do Sul e residente em PretóriaPretória - A estimativa das autoridades sul-africanas é que cerca de 60 mil pessoas tenham visitado o caixão com o corpo de Nelson Mandela até o fim do dia de hoje (13). A visitação pública teve início na quarta-feira, no Union Buildings, o Palácio do Governo. Na foto, Catherine MunáPretória - A estimativa das autoridades sul-africanas é que cerca de 60 mil pessoas tenham visitado o caixão com o corpo de Nelson Mandela até o fim do dia de hoje (13). A visitação pública teve início na quarta-feira, no Union Buildings, o Palácio do Governo. Na foto, Zahra Hassan, natural do Sudão do Sul e residente em Pretória



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Jerusalém é paralisada por tempestade de neve

Internacional



Jerusalém é paralisada por tempestade de neve
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/jerusalem-e-paralisada-por-tempestade-de-neve
Dec 13th 2013, 10:07

Da Agência Brasil*
Jerusalém - A cidade de Jerusalém, situada em área de colinas, está hoje (13) paralisada por uma tempestade de neve, que levou o presidente da Câmara a pedir ajuda ao Exército para socorrer motoristas.
"Lutamos contra uma tempestade de rara violência", declarou, em comunicado, o presidente da Câmara, Nir Barkat. A altura da neve acumulada na cidade chega a 37 centímetros. Em algumas áreas periféricas, a camada de neve é ainda mais elevada.
"É histórico", disse o meteorologista Sharon Wexler à rádio pública.
Essas condições meteorológicas pouco habituais forçaram o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, em missão de paz à região pela nona vez desde março, a alterar o programa da visita várias vezes.
Assim, Kerry deverá partir esta tarde diretamente para a Ásia, sem fazer escala na Jordânia,depois de um encontro com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em Jerusalém.
As temperaturas devem atingir os 2 graus centígrados hoje e descer durante a noite. A queda de neve, que começou nessa quinta-feira, deverá manter-se até amanhã.
As escolas continuaram fechadas, pelo segundo dia consecutivo, e a maioria dos residentes parecia respeitar os conselhos das autoridades de se manterem em casa.
O município de Jerusalém informou que 540 automobilistas, bloqueados pela neve, ficaram alojados no centro de conferências da cidade.
A maioria das estradas da cidade santa, situada a 795 metros de altitude, estava cortada e a polícia pediu aos proprietários de veículos que evitem circular, já que as ruas estão impraticáveis.
"Estamos prontos para começar a limpar as ruas, assim que a tempestade se acalmar", disse Barkat. "Estamos recorrerendo a todos os meios para socorrer aqueles que foram atingidos pela tempestade", acrescentou.
O diário Jerusalem Post noticiou que, até hoje, a polícia foi chamada para ajudar a 1.400 pessoas na cidade e nas estradas de acesso.
As cidades palestinas de Ramallah e Belém, próximas de Jerusalém, estão também cobertas de neve e as zonas mais baixas registraram chuvas torrenciais.
Em Gaza, território densamente povoado que regista cortes de eletricidade diários de 18 horas, dezenas de famílias foram retiradas nesta manhã de casas inundadas.
Em comunicado publicado nessa quinta-feira, o movimento islamita Hamas, no poder na Faixa de Gaza, anunciou a "anulação de todas as marchas e celebrações populares previstas para hoje, por ocasião do aniversário da fundação, devido às difíceis condições meteorológicas que afetam Gaza", e pediu aos membros do movimento e a todos os habitantes para ajudar as pessoas afetadas pela tempestade.
Com informações da Agência Lusa*
Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Armas químicas foram usadas pela Síria pelo menos em cinco ocasiões

Internacional



Armas químicas foram usadas pela Síria pelo menos em cinco ocasiões
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/armas-quimicas-foram-usadas-pela-siria-pelo-menos-em-cinco-ocasioes
Dec 13th 2013, 07:23

Da Agência Brasil*
Nova Iorque – As armas químicas foram usadas no conflito sírio pelo menos cinco vezes, segundo relatório dos inspetores da Organização das Nações Unidas (ONU) entregue ao secretário-geral, Ban Ki-moon.
Apresentado quinta-feira pelo integrante do grupo, o sueco Ake Sellstrom, o relatório menciona provas críveis e consistentes do uso de armas químicas em cinco dos sete locais inspecionados: Ghouta, Khan Al Asal, Jobar, Saraqueb e Ashrafieh Sahnaya.
Os inspetores da ONU adiantaram que não conseguiram provar o uso do armamento em Bahhariyeh e Sheik Maqsood. A equipe analisou sete de 16 acusações, por não ter recebido "informação suficientemente crível", justifica no documento.
Ao receber o relatório, Ban Ki-moon comentou o seu conteúdo, mas disse que o uso de armas químicas "é grave violação do direito internacional" e reafirmou o compromisso de eliminar o arsenal do governo sírio.
O relatório "conclui que foram usadas armas químicas no conflito em curso na Síria", mas não aponta responsáveis, por estar fora das atribuições dos inspetores.
O documento confirma informações do relatório preliminar, entregue a Ban Ki-moon no dia 16 de setembro, sobre o massacre com armas químicas feito, segundo os ocidentais, pelas forças do regime em 21 de agosto. A missão "recolheu provas flagrantes e convincentes da utilização de armas químicas contra civis, entre eles crianças, em uma escala relativamente ampla, na região de Ghouta, Damasco, em 21 de agosto".
Sobre Khan Al Assal, onde o regime e a oposição se acusam mutuamente de usar armas químicas, a missão "recolheu informações que corroboram as denúncias de utilização de armas químicas, em 19 de março de 2013, contra soldados e civis".
Em Jobar, perto de Damasco, foi constatada provável utilização de armas químicas, em 24 de agosto de 2013, em uma escala relativamente fraca, contra os soldados", mas sem informações confiáveis quanto ao sistema de lançamento dessas armas. No Noroeste da Síria, em Saraqeb, "as provas recolhidas sugerem que foram utilizadas armas químicas em 24 de agosto, em fraca escala, contra civis".
Perto de Damasco, em Achrafié Sahnaya, os indícios recolhidos – por norma, testemunhos, resíduos de munições, amostras de terra e sangue – sugerem a utilização de armas químicas em 25 de agosto, "em fraca escala, contra soldados".
Sobre as denúncias de ataques em Bahhariyé, em 22 de agosto, e a Cheikh Maqsoud, em 13 de abril, os inspetores "não puderam provar as acusações.
O relatório de 82 páginas, que inclui anexos técnicos, foi encaminhado aos membros do Conselho de Segurança da ONU e deve ser examinado segunda-feira (16).
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Mais de 20 mil pessoas são esperadas no último dia de funeral de Mandela

Internacional



Mais de 20 mil pessoas são esperadas no último dia de funeral de Mandela
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-12-13/mais-de-20-mil-pessoas-sao-esperadas-no-ultimo-dia-de-funeral-de-mandela
Dec 13th 2013, 07:59

Danilo Macedo

Enviado especial à África do Sul
Pretória – Mais de 20 mil pessoas são esperadas hoje (13) no último dia de funeral do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, segundo estimativa de autoridades locais. O caixão com o corpo do líder deixou o Hospital Militar, nesta sexta-feira, para a última exposição no Union Buildings, a sede do governo da África do Sul, em Pretória.
Pelo terceiro dia, o corpo percorreu o trajeto entre o hospital e o palácio em um cortejo fúnebre com cerca de 40 veículos. Mais uma vez estava junto o neto do ex-presidente Mandla Mandela, como manda a tradição do povo Xhosa, que diz que um homem adulto da família deve acompanhar o corpo até o momento do enterro – programado para o domingo (15).
Na chegada, a banda militar tocou o hino nacional do país. A segurança, como sempre, reforçada com milhares de homens nas ruas e helicópteros sobrevoando a região. Será a última vez que o ganhador do prêmio Nobel da Paz de 1993 poderá ser visto pelos admiradores. Desde que começou a visitação pública para o último adeus, há dois dias, filas quilométricas se formam diariamente.
De acordo com as autoridades locais, cerca de 20 mil pessoas estiveram ontem no Union Buildings. No primeiro dia, quando a visitação pública só foi aberta às 12h – após parentes, amigos, personalidades e autoridades em luto passarem pelo local –, aproximadamente 12 mil pessoas estiveram no funeral.
Em muitos casos, é preciso enfrentar mais de seis horas de fila para o último adeus ao ícone da luta contra o apartheid. Algumas pessoas que tentaram e não conseguiram ver o corpo de Mandela nos últimos dois dias, porque a visitação se encerra às 17h30 do horário local, disseram que insistirão mais uma vez.
Amanhã (14), o corpo do líder africano que morreu há uma semana, aos 95 anos, será transportado de avião até o vilarejo de Qunu, onde nasceu e passou sua infância e, agora, fará seu último descanso. O sepultamento ocorrerá no domingo, numa cerimônia restrita a familiares e amigos próximos.
Edição: Talita Cavalcante
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni