Conflito na República Centro-Africana deixa quase 1 milhão deslocados

3 de janeiro de 2014

Internacional



Conflito na República Centro-Africana deixa quase 1 milhão deslocados
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-03/conflito-na-republica-centro-africana-deixa-quase-1-milhao-deslocados
Jan 3rd 2014, 15:39

Da Agência Lusa
Genebra – O conflito na República Centro-Africana já provocou cerca de 1 milhão de deslocados, metade dos quais na capital Bangui, estimou hoje (3) a Organização das Nações Unidas (ONU), que alerta para a "dramática" situação humanitária no país.
Segundo o porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Babar Baloch, "o número de pessoas deslocadas dentro do país já ultrapassou 935 mil", como resultado do conflito que matou mais de mil pessoas apenas no mês passado. "Cerca de 60% dos deslocados são crianças", disse o porta-voz do Acnur.
Baloch ressaltou que o clima de insegurança vindo dos ataques contra civis e os saques na República Centro-Africana tornam cada vez mais difícil o trabalho de ajuda humanitária, especialmente os de necessidades urgentes. Em Bangui, os combates entre o grupo Séléka, com origem na minoria muçulmana e as milícias de autodefesa cristãs denominadas Anti-balaka provocaram mais de 500 mortos desde o dia 5 de dezembro.
Com 4,5 milhões de habitantes, a República Centro-Africana, um país pobre mas rico em recursos, mergulhou no caos desde o golpe de Estado de março passado organizado pela coligação rebelde Séléka que afastou do poder o presidente François Bozizé.
A onda de violência na capital começou quando as milícias Anti-balaka, partidárias de Bozizé, lançaram uma ofensiva com artilharia pesada. O exército respondeu aos ataques com o apoio ao grupo Séléka, derrubando Bozizé e declarando o líder do movimento, Michel Djotodia, como o novo presidente do país.
Um total de 1.600 soldados franceses e cerca de 4 mil soldados de paz africanos tentam restabelecer a ordem e restaurar a segurança na antiga colônia francesa. Desde março passado, 75 mil cidadãos da República Centro-Africana fugiram para a República Democrática do Congo, República do Congo, Chade e Camarões, onde se estima que o número de refugiados seja de 240 mil.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Espalhe:

Comentário(s)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni