Milhares de israelenses se despedem de Ariel Sharon

12 de janeiro de 2014

Internacional



Milhares de israelenses se despedem de Ariel Sharon
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-12/milhares-de-israelenses-se-despedem-de-ariel-sharon
Jan 12th 2014, 16:24

Da Agência Télam
Jerusalém – Milhares de israelenses fizeram fila para se despedir do ex-primeiro-ministro Ariel Sharon na sede do parlamento em Jerusalém, um dia antes do enterro do líder em sua fazenda no sul do país.
O corpo ficou seis horas no caixão fechado, envolto pela bandeira de Israel. Um dos primeiros a visitar o pátio interno do Knesset (parlamento) foi o presidente israelense e Prêmio Nobel da Paz, Shimon Peres, que depositou flores ao lado do caixão. Mais tarde, o presidente do parlamento, Yuli Edelstein, repetiu o gesto, enquanto dois rabinos militares recitavam salmos e orações fúnebres.
Sharon morreu ontem aos 85 anos, depois de oito anos de coma provocado por um derrame cerebral. Sua partida refletiu sentimentos nacionalistas em Israel e uma mescla de dor e ódio entre os palestinos, que se lembram do ex-primeiro-ministro por décadas de repressão e ataques sangrentos.
O parlamento israelense ficou aberto ao público por seis horas, das 12h às 18h (horário local, das 7h às 13h no horário de Brasília), para receber os milhares de israelenses que enfrentaram o frio e fizeram fila para se despedir do homem que marcou a história e o destino de seu país e do Oriente Médio.
Em todo o momento, o caixão esteve sob o olhar de quatro generais israelenses, que, no fim da tarde, retiraram os restos do ex-premier e um dos chefes militares mais duros e controversos da história do país. Apesar de ter em sua conta vários massacres contra palestinos e a morte de 5 mil pessoas, a maioria na repressão à segunda Intifada, Sharon foi velado como um herói nacional.
Antes de começar a reunião semanal do Conselho de Ministros, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu recordou o antigo aliado. "Creio que [Sharon] será lembrado para sempre no coração do povo judeu como um de seus mais proeminentes líderes e mais audazes comandantes", disse o dirigente.
Amanhã (13) será a cerimônia oficial de sepultamento. Segundo o programa divulgado pelo governo, o funeral de Estado começará às 9h30 (4h30 em Brasília) dessa segunda (13) no Knesset e será liderado pelo presidente Peres, por Netanyahu e pelo primeiro escalão político de Israel. Dois parentes de Sharon discursarão durante o evento.
Confirmaram presença o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o presidente da Duma (parlamento russo), Sergey Naryshkin, o chanceler alemão, Frank Walter Steinmeier, e o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair.
Por volta das 13h30 (8h30 em Brasília), um comboio dirigido por seis generais transportará os restos do ex-chefe militar até sua fazenda, no deserto de Negueve, no sul do país. O corpo será enterrado em cerimônia privada ao lado do túmulo da segunda esposa de Sharon, Lili, falecida em 2000.
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Quatro anos após terremoto, 170 mil haitianos ainda vivem em acampamentos

Internacional



Quatro anos após terremoto, 170 mil haitianos ainda vivem em acampamentos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-12/quatro-anos-apos-terremoto-170-mil-haitianos-ainda-vivem-em-acampamentos
Jan 12th 2014, 14:56

Da Agência Brasil*
Brasília – Quatro anos depois da tragédia que deixou 220 mil mortos e 2,3 milhões de desabrigados, 171.974 pessoas ainda vivem em campos de desabrigados no Haiti, segundo a Anistia Internacional (AI). Em relatório, a entidade informa que a grande maioria dos acampados continua em péssimas condições sanitárias. O terremoto arrasou o país, que teve prédios públicos, hospitais, escolas e casas destruídos.
A tragédia ocorreu em 12 de janeiro de 2010, quando um terremoto de 7,3 graus na escala Richter e duas réplicas de menor magnitude atingiram o país mais pobre das Américas, gerando comoção mundial e reações por parte de organizações estrangeiras, de entidades civis e da comunidade internacional. Entre os mortos estão a médica Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança, e 18 militares brasileiros, além do vice-representante especial do secretário-geral da ONU, Luiz Carlos da Costa.
O Brasil passou a ser um dos principais colaboradores dos trabalhos coordenado pela Organização das Nações Unidas no processo de reconstrução e capacitação profissional do Haiti e para redução da tragédia humanitária no país. A reorganização do Haiti ainda está em andamento e conta com o apoio de uma ação coordenada pelos Estados Unidos e pela comunidade internacional.
Além de ajudar na reconstrução do país, o Brasil é o maior fornecedor de tropas para a Missão de Paz das Nações Unidas (Minustah), que está no Haiti desde 2004. As tropas têm o objetivo de garantir a estabilidade e segurança do país. Os militares brasileiros trabalham também no desenvolvimento urbano com projetos de engenharia, como pavimentação de ruas e iluminação pública, além de projetos sociais.
O governo brasileiro investe ainda em projetos de cooperação técnica, especialmente na área de saúde, com a construção de três hospitais, dois laboratórios regionais, um centro de reabilitação, além da formação profissional de 2 mil agentes de saúde, no valor de US$ 70 milhões. O Brasil assinou ainda um acordo para a construção de uma usina hidroelétrica projetada pelo Exército Brasileiro, que fornecerá eletricidade para mais de 1 milhão de famílias. A usina fica a 60 quilômetros da capital, Porto Príncipe.
De acordo com a Anistia Internacional, existem 306 acampamentos que alojam desabrigados no país. Desse total, apenas 8% têm fornecimento de água; e 4%, gestão de resíduos. Apenas 54% (166) acampamentos têm banheiros, o que representa um vaso sanitário para cada 114 pessoas.
Essas condições, informa a AI, expõem os desabrigados a numerosas doenças. Desde o surto de cólera de outubro de 2010, houve 8.531 mortes provocadas pela doença. Para 2014, o Ministério da Saúde haitiano prevê 45 mil novos casos.
Além de lidarem com a precariedade sanitária, os acampados convivem com a ameaça de remoção dos acampamentos. De acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM), 11% dos campos de desabrigados haviam sido fechados à força até setembro de 2013, enquanto 45% da população nessas áreas estavam sob risco de despejo.
Segundo a OIM, 113.595 famílias de desabrigados foram realocadas em abrigos temporários, enquanto mais de 54.758 conseguiram se cadastrar em programas de subsídios de aluguéis, recebendo cerca de US$ 500 para alugar uma moradia durante um ano e US$ 125 para iniciar atividades geradoras de renda.
A Anistia Internacional, no entanto, questiona a capacidade de os beneficiários desses programas conseguirem se manter no longo prazo. De acordo com a entidade, uma avaliação de doadores internacionais constatou que 60% das famílias que recebem complementação para o aluguel acreditavam que não teriam recursos para manter a qualidade de acomodação após o fim dos subsídios. Além disso, 75% das pessoas que se mudaram após o fim dos contratos estavam morando em condições piores.
*Com informações da Télam
Edição: Davi Oliveira
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Atentado em Bagdá deixa oito mortos e 12 feridos

Internacional



Atentado em Bagdá deixa oito mortos e 12 feridos
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-12/atentado-em-bagda-deixa-oito-mortos-e-12-feridos
Jan 12th 2014, 12:27

Da Agência Lusa
Bagdá – Pelo menos oito pessoas morreram e 12 ficaram feridas em um atentado com carro-bomba, hoje (12), em Bagdá, informaram fontes médicas e das forças de segurança. A explosão ocorreu perto de uma estação de ônibus e táxis onde homens que tinham se inscrito para o exército se preparavam para regressar as suas casas.
Na quinta-feira (9), outro atentado contra recrutas do exército deixou 23 mortos na capital iraquiana. Militantes que se opõem ao atual governo do Iraque atacam com frequência as Forças Armadas.
O Iraque enfrenta o crescimento da violência e o aumento dos atentados indiscriminados. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), os atentados provocaram quase 9 mil mortes em 2013, na grande maioria civis.
A violência no país atingiu um nível que não se via desde 2008, quando o país saía de um período de assassinatos brutais. Mais de 400 pessoas foram mortas em confrontos e atentados desde o início do mês no Iraque.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Justiça ordena prisão de dois deputados neonazistas na Grécia

Internacional



Justiça ordena prisão de dois deputados neonazistas na Grécia
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-12/justica-ordena-prisao-de-dois-deputados-neonazistas-na-grecia
Jan 12th 2014, 13:13

Da Agência Lusa
Atenas – A Justiça grega ordenou a prisão preventiva de dois deputados do partido neonazista Aurora Dourada, Panayiotis Iliopulos e Yorgos Yermenis, acusados de associação criminosa. A ordem de prisão foi emitida na madrugada de hoje (13), depois de mais de 12 horas de interrogatórios dos dois parlamentares da extrema-direita da Grécia.
De acordo com a imprensa grega, Iliopulos e Yermenis passaram a noite na sede central da polícia na capital do país. Com a prisão preventiva dos deputados aumenta para 18 o número de parlamentares do partido Aurora Dourada presos por crimes violentos.
Desde dezembro, o partido neonazista deixou de receber fundos públicos por causa de uma lei aprovada por ampla maioria do parlamento. Ela proíbe o financiamento estatal a formações políticas implicadas em atos criminosos.
Mais de uma centena de simpatizantes do partido protestou na porta do tribunal onde ocorreu o interrogatório dos deputados de extrema-direita. Os militantes gritavam palavras de insultos contra o governo e os meios de comunicação.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni