Ministério da Defesa vai enviar dois aviões Hércules para ajudar no combate a incêndios no Chile

17 de janeiro de 2014

Internacional



Ministério da Defesa vai enviar dois aviões Hércules para ajudar no combate a incêndios no Chile
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/ministerio-da-defesa-vai-enviar-dois-avioes-hercules-para-ajudar-no-combate-incendios-no-chile
Jan 17th 2014, 19:24

Da Agência Brasil
Brasília - O Ministério da Defesa (MD) anunciou hoje (17) que o Brasil vai enviar para o Chile dois aviões Hércules C-130 com tripulação da Força Aérea Brasileira (FAB) para ajudar no combate a incêndios naquele país. Os aviões sairão da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro, amanhã (18) em direção ao Aeroporto Carriel Sur, em Concepcion, no sul do Chile. Os Hércules viajarão equipados com o sistema de combate a incêndios Maffs (Modular Airbone Fire-Fighting System).
A medida foi autorizada hoje pelo ministro Celso Amorim, a partir de um pedido da embaixada chilena no Brasil ao Ministério das Relações Exteriores (MRE). Incêndios na região central do país levaram o presidente do Chile, Sebastián Piñeira, a decretar alerta sanitário para a capital Santiago e para as regiões metropolitanas de Valparaíso, del Maule e Araucanía.

Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Obama diz que nações amigas podem confiar no trabalho de vigilância norte-americano

Internacional



Obama diz que nações amigas podem confiar no trabalho de vigilância norte-americano
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/obama-diz-que-nacoes-amigas-podem-confiar-no-trabalho-de-vigilancia-norte-americano
Jan 17th 2014, 18:45

Marcelo Brandão

Repórter da Agência Brasil
Brasília - Em seu anúncio de hoje (17) sobre as alterações nos serviços de espionagem dos Estados Unidos, o presidente Barack Obama fez várias referências às nações amigas, reiterando que elas podem confiar no trabalho de vigilância norte-americano.
Por vários momentos em seu discurso, Obama reforçou a confiança e aproximação do seu país com aliados. Ele chegou a dizer que, caso queira saber o que os aliados pensam sobre um assunto, "pegará o telefone e ligará para eles". O presidente norte-americano também ressaltou mais de uma vez que não monitora e-mails ou ligações de cidadãos comuns.
No entanto, mesmo enfatizando estreitas relações de confiança com líderes aliados, Obama fez questão de não se desculpar por fazer "o que serviços de inteligência de qualquer outra nação faz". "Nós não vamos nos desculpar simplesmente porque nossos serviços podem ser mais eficazes. Mas chefes de estado e governo com quem trabalhamos, e de cuja cooperação dependemos, podem se sentir confiantes de que estamos tratando-os como verdadeiros parceiros".
Obama esclareceu ainda que a coleta de metadados – informações sobre ligações telefônicas – não alcançavam a identidade de quem fazia a ligação ou mesmo seu conteúdo. Segundo ele, as informações coletadas eram sobre o registro dos números de telefone, hora e duração da chamada, o que, segundo ele, poderia ser consultado caso houvesse suspeitas de que determinado número estivesse ligado à organizações terroristas.
O discurso de Obama foi uma resposta às críticas recebidas após revelações de espionagem maciça fornecidas pelo ex-técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA – sigla em inglês), Edward Snowden, aos jornais Washington Post (EUA) e The Guardian (Grã-Bretanha). As denúncias provocaram um conflito diplomático ao tornar público que os serviços secretos norte-americanos espionaram as comunicações na Europa e na América, incluindo as de líderes políticos como a chanceler alemã Angela Merkel e a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff.
As repercussões do caso geraram, inclusive, um documento da Organização das Nações Unidas (ONU) se manifestando contra a espionagem digital. Segundo o documento, que trata de ações "extraterritoriais de Estados em matéria de coleta de dados, monitoramento e interceptação de comunicações", as pessoas devem ter garantidos, no ambiente digital, os mesmos direitos que têm fora dele. Richard Leon, um juiz federal norte-americano, também se manifestou a respeito, considerando que o programa de espionagem da NSA poderia ser considerado inconstitucional.

Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. É necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Estados Unidos anunciam mudanças nos serviços de inteligência

Internacional



Estados Unidos anunciam mudanças nos serviços de inteligência
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/estados-unidos-anunciam-mudancas-nos-servicos-de-inteligencia
Jan 17th 2014, 16:39

Da Agência Brasil*

Brasília – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje (17) mudanças nos serviços de inteligência do país. Em discurso, ele disse que os serviços de informações não irão espionar rotineiramente países considerados aliados.
"Fui muito claro para os serviços de informação: a menos que a segurança nacional esteja em jogo, não iremos espionar as comunicações dos líderes dos países aliados mais próximos e nossos amigos", afirmou.
Obama havia informado, no dia 10 deste mês, que faria o anúncio das mudanças, mas que elas ainda estavam sendo definidas. A medida altera a regulação dos programas de vigilância norte-americanos, tão criticados após as denúncias feitas pelo consultor de informática Edward Snowden, que prestava serviços à Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês).
As revelações sobre casos de espionagem maciça fornecidas por Snowden aos jornais Washington Post, dos Estados Unidos, e The Guardian, da Grã-Bretanha, provocaram mal-estar diplomático, ao tornar público que os serviços secretos norte-americanos espionaram as comunicações em diversos países. Entre os líderes que tiveram as comunicações monitoradas pelo serviço norte-americano estavam a chanceler alemã Angela Merkel e a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff.
Em dezembro, a Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, por unanimidade, o projeto de resolução O Direito à Privacidade na Era Digital, apresentado por Brasil e Alemanha como reação às denúncias de espionagem internacional praticada pelos Estados Unidos em meios eletrônicos e digitais.
*Com informações da Agência Lusa


Edição: Nádia Franco



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Refugiados do Sudão do Sul podem ultrapassar 100 mil até final do mês, diz ONU

Internacional



Refugiados do Sudão do Sul podem ultrapassar 100 mil até final do mês, diz ONU
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/refugiados-do-sudao-do-sul-podem-ultrapassar-100-mil-ate-final-do-mes-diz-onu
Jan 17th 2014, 14:59

Da Agência Lusa
Genebra – Mais de 86 mil pessoas fugiram dos combates no Sudão do Sul para países vizinhos desde meados de dezembro, segundo dados divulgados hoje (17) pela Organização das Nações Unidas (ONU), que prevê que os refugiados ultrapassem os 100 mil no final de janeiro.
"Desde meados de dezembro, […] mais de 86.000 sul-sudaneses refugiaram-se nos países vizinhos. Se as pessoas continuarem a chegar a uma média de perto de 1.000 por dia, esperamos que o número de refugiados ultrapasse os 100.000 até ao final de janeiro", declarou um porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Adrian Edwards, em uma conferência de imprensa em Genebra.
Metade dos refugiados fugiu para o Uganda (46.500), mais de 20.600 encontram-se na Etiópia, pelo menos 8.900 estão no Quênia e cerca de 10.000 refugiaram-se no Sudão, segundo o Acnur, que disse precisar de US$ 58,8 milhões para responder às necessidades humanitárias causadas pela crise.
Diante da grave situação, a agência da ONU prevê construir campos de refugiados e aumentar os que já existem em Uganda, na Etiópia e no Quênia.
No interior do Sudão do Sul, as pessoas deslocaram-se para perto das fronteiras e estão prontas para atravessar se a situação piorar, disse Edwards, sem indicar números.
A ONU estima em cerca de 468 mil o número de deslocados devido aos combates no Sudão do Sul desde 15 de dezembro.
O conflito foi desencadeado por uma luta de poder entre o presidente Salva Kiir e seu ex-vice-presidente Riek Machar e corre o risco de se transformar em uma guerra civil, já tendo causado milhares de mortes.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Síria: regime está pronto para tomar medidas humanitárias e cessar ataques em Aleppo

Internacional



Síria: regime está pronto para tomar medidas humanitárias e cessar ataques em Aleppo
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/siria-regime-esta-pronto-para-tomar-medidas-humanitarias-e-cessar-ataques-em-aleppo
Jan 17th 2014, 11:39

Da Agência Brasil*
Brasília - O poder sírio está pronto para tomar uma série de medidas humanitárias, libertar prisioneiros e aplicar um plano de cessar-fogo na província de Aleppo, anunciaram hoje (17) os chefes da diplomacia síria e russa em Moscou. Aleppo, uma das principais frentes do conflito que devasta o país há mais de dois anos e meio, está dividida, desde o verão de 2012, entre as áreas rebeldes e os setores controlados pelo regime.
Essas propostas respondem a algumas das condições da oposição síria no exílio, que vai decidir hoje (17), em Istambul, na Turquia, a participação na Conferência de Paz Genebra 2, prevista para 22 de janeiro em Montreux, na Suíça.
"Notamos que o governo sírio está pronto, e isso foi confirmado hoje pelo ministro [sírio], para tomar uma série de medidas de caráter humanitário, nomeadamente em resposta aos nossos apelos", declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, ao final de uma reunião, com o colega sírio Walid Muallem.
Muallem indicou que o regime de Bashar Al Assad estava pronto para fazer trocas de prisioneiros de guerra. "Informei ao ministro Lavrov que estávamos prontos para trocar detidos por prisioneiros capturados pelo campo contrário", disse.
Damasco transmitiu a Moscou um plano para garantir a segurança na região de Aleppo, de acordo com o ministro. "Tendo em conta o papel da Rússia para pôr fim ao banho de sangue na Síria, bem como nossas relações de confiança, transmiti hoje ao ministro Lavrov um plano de várias medidas para garantir a segurança em Aleppo", disse Muallem.
"Pedi ao ministro Lavrov que estabeleça os contatos necessários para realizar este plano, para determinar o momento exato do fim de todas as ações militares nesta região", acrescentou.
Na segunda-feira (13), durante um encontro entre Lavrov e o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, em Paris, os Estados Unidos e a Rússia apelaram para "um cessar-fogo" limitado geograficamente, antes da conferência de paz. Esse cessar-fogo foi uma das condições apresentadas pela Coligação da Oposição Síria para participar na Conferência de Paz Genebra 2.
Lavrov, Kerry e o enviado especial da Liga Árabe e da ONU para a Síria, Lakhdar Brahimi, defenderam as "trocas de prisioneiros" entre os rebeldes e o regime sírio e a criação de "corredores humanitários" na Síria, exigidos pela Coligação da Oposição.
A Conferência Genebra 2 tentará encontrar uma solução política capaz de pôr fim à guerra civil na Síria, que já fez mais de 130 mil mortos e milhões de refugiados e deslocados desde março de 2011.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Talita Cavalcante



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Brasil faz doação de US$ 300 mil para ajuda humanitária na Síria

Internacional



Brasil faz doação de US$ 300 mil para ajuda humanitária na Síria
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/brasil-faz-doacao-de-us-300-mil-para-ajuda-humanitaria-na-siria
Jan 17th 2014, 10:58

Ana Cristina Campos

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O governo brasileiro anunciou, por ocasião da 2ª Conferência Internacional de Doadores para a Síria, no Kuwait contribuição de US$ 300 mil para apoiar iniciativa conjunta entre o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados e o Fundo das Nações Unidas para a Infância no âmbito da estratégia lançada pelo secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon para evitar a "geração perdida na Síria".
De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, os recursos deverão ser direcionados a programas de educação e proteção que contribuam para tirar mais de 1 milhão de crianças sírias da miséria, do isolamento e de situações traumáticas. Esse é o número estimado de crianças que hoje se encontram refugiadas como consequência do conflito na Síria, segundo as agências da ONU.
A conferência internacional arrecadou US$ 2,4 bilhões nessa quarta-feira (15). O montante equivale a quase 40% do apelo total para a assistência humanitária no país em 2014, que é US$ 6,5 bilhões.
De acordo com o Escritório das Nações Unidas para Assuntos Humanitários, as doações devem ajudar os sírios que estão abrigados em lugares de difícil acesso, especialmente as crianças, que não contam com assistência médica e educação. "A assistência humanitária é a diferença entre a vida e a morte, a esperança e o desespero. Ela já ajudou milhões de pessoas afetadas por essa crise", disse Ban Ki-moon.
O evento aconteceu uma semana antes da Conferência Genebra II, em que representantes de cerca de 30 países – incluindo o Brasil – vão negociar uma solução política para a crise na Síria, que já matou mais de 100 mil pessoas desde o levante contra o presidente Bashar Al Assad em março de 2011.
"Esta é a maior crise humanitária que enfrentamos hoje", disse a coordenadora humanitária da ONU, Valerie Amos, acrescentando que apesar das restrições, as agências e organizações humanitárias conseguiram aumentar as suas atividades no país em 2013.

Edição: Valéria Aguiar
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Temporais deixam 34 mortos nas Filipinas

Internacional



Temporais deixam 34 mortos nas Filipinas
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/temporais-deixam-34-mortos-nas-filipinas
Jan 17th 2014, 09:13

Da Agência Brasil*
Brasília - As autoridades filipinas elevaram hoje (17) para 34 o número de mortos devido a inundações e deslizamentos de terras provocados pela forte chuva que atinge o Sul do arquipélago. Segundo os dados do Conselho Nacional de Gestão e Redução de Risco de Desastre, há 65 feridos e sete pessoas desaparecidas em consequência de 13 deslizamentos de terras e seis inundações registradas na região de Mindanao desde sábado (11).
No total, 460 mil pessoas em 14 províncias das Filipinas foram afetadas pela forte chuva e mais de 212 mil foram forçadas a abandonar suas casas e estão alojadas em centros de acolhimento. Além disso, 57 estradas e 21 pontes foram interrompidas ao trânsito e 1,3 mil casas, total ou parcialmente danificadas.
As tempestades levaram ao cancelamento dezenas de voos domésticos e mais de 7 mil viagens de navio na última semana. O desmatamento, as minas ilegais, a escassez de infraestruturas e a existência de bairros de construção precária aumentam os efeitos devastadores da forte chuva e das frequentes tempestades que atingem o arquipélago.
Os temporais ocorrem dois meses depois do Tufão Haiyan, que arrasou uma boa parte do centro do arquipélago. As vítimas do tufão, que provocou mais de 6,2 mil mortos nas Filipinas, continuam necessitando de ajuda. O alerta foi feito pelo Gabinete de Coordenação Humanitária das Nações Unidas que disse, por meio da subsecretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários, Valerie Amos, que o "nível de devastação e de necessidades humanitárias continua muito elevado".
"Estou particularmente preocupada por só conseguimos cerca de 20% dos fundos necessários para fornecer ferramentas e materiais às populações que pretendem reconstruir as suas casas", disse.
Em dezembro, Valerie Amos apresentou um plano em que pedia US$ 788 milhões para ajudar mais de 3 milhões de pessoas afetadas pela tempestade e que também beneficiariam outros 7 milhões de filipinos.
Segundo os últimos números oficiais das autoridades filipinas, 6,2 mil pessoas morreram devido à passagem do Tufão Haiyan que atingiu as Filipinas com ventos superiores a 315 quilômetros por hora e com ondas de 10 metros de altura. Outras 28.626 pessoas ficaram feridas e 1.785 continuam desaparecidas.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Talita Cavalcante



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

China anuncia quarta morte por gripe aviária em 2014

Internacional



China anuncia quarta morte por gripe aviária em 2014
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/china-anuncia-quarta-morte-por-gripe-aviaria-em-2014
Jan 17th 2014, 09:30

Da Agência Brasil*
Brasília - A China anunciou hoje (17) a morte de uma pessoa em Yangjiang, na província de Guangdong, devido ao vírus H7N9 da gripe aviária. Com esta morte, a China contabiliza, pelo menos, quatro vítimas da gripe aviária H7N9 este ano. A vítima não foi identificada, mas a imprensa chinesa disse que a morte ocorreu na quarta-feira (15) devido à insuficiência respiratória, informou a agência Xinhua citando fontes médicas locais.
Uma pessoa morreu há cerca de uma semana também na província de Guangdong e duas faleceram nas províncias de Zhejiang e Guizhou em decorrência da gripe aviária.
O tipo H7N9 foi identificado pela primeira vez na China em fevereiro do ano passado e voltou a reacender o receio de que o vírus da gripe das aves possa sofrer mutações tornando-se facilmente transmissível entre pessoas, elevando as hipóteses de pandemia. Em 2013, a China contabilizou oficialmente 45 mortos devido à doença.
Na antiga colônia britânica de Hong Kong estão confirmadas duas mortes este ano devido ao H7N9.
Os especialistas acreditam que o vírus é transmitido principalmente por meio do contato com aves ou seus produtos derivados, secreções e excrementos. Há suspeita de que ele possa ser transmitido entre humanos, o que ainda não foi provado.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Talita Cavalcante



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Cúpula do Mercosul é adiada para meados de fevereiro

Internacional



Cúpula do Mercosul é adiada para meados de fevereiro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-17/cupula-do-mercosul-e-adiada-para-meados-de-fevereiro
Jan 17th 2014, 05:46

Monica Yanakiew

Correspondente da Agência Brasil/EBC
Buenos Aires – A reunião de presidentes dos cinco países do Mercado Comum do Sul (Mercosul) - prevista para o próximo dia 31 em Caracas, na Venezuela - foi adiada pela terceira vez. A cúpula será realizada em meados de fevereiro, informou nessa quinta-feira (16) o chanceler do Paraguai, Eladio Loizaga.
A cúpula de Caracas é a primeira que contará com a presença do presidente do Paraguai desde que o pais foi suspenso do bloco regional, em 2012. Na época, os outros membros do Mercosul (Argentina, Brasil e Uruguai) questionaram a rapidez com que o Congresso paraguaio destituiu o então presidente Fernando Lugo, que teve apenas duas horas para se defender das acusações de mau desempenho no cargo. Em seu lugar ficou o vice, Federico Franco, mas durante o governo o país ficou sem voz e voto no Mercosul.
Aproveitando a ausência paraguaia, a Argentina, o Brasil e o Uruguai incorporaram a Venezuela, cuja entrada no Mercosul tinha sido, até então, vetada pelo Congresso do Paraguai - responsável também pelo impeachment de Lugo. A suspensão só ocorreu após a realização de eleições presidenciais e a posse, em agosto passado, do candidato vitorioso, Horacio Cartes.
Para regularizar a situação, faltava o novo Congresso do Paraguai reverter a decisão tomada pelo antigo, de vetar a entrada da Venezuela no bloco. Em dezembro, os parlamentares paraguaios (a exemplo dos argentinos, brasileiros e uruguaios) aprovaram a incorporação do novo membro do bloco regional. A cúpula de Caracas deveria marcar o fim de mais de um ano de disputa entre os dois países.
Segundo Loizaga, o adiamento deve-se a motivos de agenda. De qualquer forma, alguns dos chefes de Estado irão se encontrar em Cuba, nos próximos dias 28 e 29 de janeiro, na cúpula da Comunidade de Estados Latinoamericanos e Caribenhos (Celac).
Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni