Medidas de Obama sobre espionagem é "primeiro passo", diz governo brasileiro

19 de janeiro de 2014

Internacional



Medidas de Obama sobre espionagem é "primeiro passo", diz governo brasileiro
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-19/medidas-de-obama-sobre-espionagem-e-primeiro-passo-diz-governo-brasileiro
Jan 19th 2014, 17:32

Mariana Jungmann

Repórter da Agência Brasil
Brasília – O governo brasileiro considerou "um primeiro passo" a decisão do governo norte-americano de promover mudanças na Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos. Em nota divulgada hoje (19) no Blog do Planalto, o porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, disse que o governo "irá acompanhar com extrema atenção os desdobramentos práticos do discurso" do presidente Barack Obama.
Obama anunciou as mudanças na atuação da NSA na última sexta-feira (17). Em discurso, ele disse que o país não irá mais espionar rotineiramente as nações aliadas e as comunicações de seus líderes. O presidente americano disse ainda já ter repassado a ordem aos serviços de informação para que isso não volte a ocorrer "a menos que a segurança nacional esteja ameaçada".
Por vários momentos no discurso, Obama disse que os países amigos podem confiar. Porém, disse que o paíse não irá se desculpar por fazer "o que serviços de inteligência de qualquer outra nação faz". "Nós não vamos nos desculpar simplesmente porque nossos serviços podem ser mais eficazes. Mas chefes de Estado e governo com quem trabalhamos, e de cuja cooperação dependemos, podem se sentir confiantes de que estamos tratando-os como verdadeiros parceiros".
Os Estados Unidos enfrentaram uma crise diplomática com diversos países aliados depois que o ex-técnico de informática da NSA Edward Snowden vazou documentos sobre a espionagem norte-americana. Os documentos apontaram que líderes mundiais foram monitorados, como a presidenta Dilma Rousseff e a chanceler alemã Angela Merkel.
Depois do escândalo, Brasil e Alemanha cobraram explicações de Obama e apresentaram, em conjunto, um projeto de resolução na Organização das Nações Unidas (ONU) chamado O Direito à Privacidade na Era Digital. A Assembleia Geral da ONU aprovou a resolução em dezembro.

Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Ucranianos protestam contra novas leis

Internacional



Ucranianos protestam contra novas leis
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-19/ucranianos-protestam-contra-novas-leis
Jan 19th 2014, 16:01

Da Agência Brasil*



Brasília – Milhares de ucaranianos participam hoje (19) de manifestação contra a aprovação de novas leis que reforçam sanções contra os manifestantes. Cerca de 200 mil pessoas participam do ato perto da sede do governo, segundo informações da Agência Lusa.
As novas leis, aprovadas pelo presidente Viktor Ianukovitch, introduzem ou reforçam as sanções contra os manifestantes e obrigam, tal como na Rússia, as organizações não governamentais (ONG), que têm financiamento de outros países, se registrarem como "agentes estrangeiros".
Este termo, aplicado aos adversários da era estalinista, ressurgiu na legislação russa em 2012, após uma onda de desafios durante o governo do presidente Vladimir Putin. Diversos países alertaram as autoridades ucranianas sobre o uso indevido do termo.
De acordo com a Agência Lusa, manifestantes e a polícia entraram em confronto e, pelo menos, duas pessoas ficaram feridas. O confronto começou após manifestantes tentarem romper um cordão policial, próximo à sede do Executivo. Um dos carros da polícia foi incendiado, conforme a agência. Os manifestantes lançaram bombas caseiras e a polícia reagiu com gás lacrimogêneo.
* Com informações da Agência Lusa
Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Papa Francisco pede a refugiados que não percam a esperança

Internacional



Papa Francisco pede a refugiados que não percam a esperança
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-19/papa-francisco-pede-refugiados-que-nao-percam-esperanca
Jan 19th 2014, 14:10

Mariana Jungmann

Repórter da Agência Brasil
Brasília – A situação precária enfrentada por milhões de migrantes e refugiados em todo o mundo foi o tema da oração dominical do papa Francisco hoje (19). Durante a Oração do Angelus, na Praça São Pedro, na cidade do Vaticano, o papa lembrou que hoje é o Dia Mundial do Migrante e do Refugiado e pediu "o fim dos mercadores de carne humana", se referindo a quem tira proveito da situação dessas pessoas.
Francisco lembrou que os migrantes precisam ser defendidos daqueles que querem escravizá-los e devem ter suas culturas respeitadas nos países onde se refugiarem. Ele também pediu a acolhida dos refugiados.
O papa também dirigiu-se diretamente aos migrantes e refugiados pedindo que eles não desistam. "Não perca a esperança por um mundo melhor! Faço votos de que vocês possam viver em paz nos países que os acolhem, custodiando seus valores culturais de origem", disse Francisco, de acordo com a agência de notícias do Vaticano.
Um encontro com migrantes e refugiados em Roma estava marcado para esta tarde. Ao fim do sermão, o papa pediu que as milhares de pessoas presentes na Praça São Pedro rezassem pelos refugiados.}


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Presidência síria nega declarações atribuídas a Bashar Al Assad

Internacional



Presidência síria nega declarações atribuídas a Bashar Al Assad
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-19/presidencia-siria-nega-declaracoes-atribuidas-bashar-al-assad
Jan 19th 2014, 11:02

Da Agência Lusa
Damasco – A presidência síria negou hoje (19) as afirmações que foram atribuídas ao presidente da Síria durante uma reunião com deputados russos, nas quais afirma que não tem intenção de deixar o poder.
"O que a agência de notícias russa Interfax publicou como declarações do presidente Bashar Al Assad está errado", disse o serviço de imprensa da presidência síria, em comunicado, sem explicar que parte das declarações estava errada ou mal traduzida.
O presidente da Síria, Bashar Al Assad, foi citado hoje como dizendo que se tivesse um plano para se demitir, já o tinha executado, e acrescentou que só o povo sírio é que tem o poder de determinar o futuro do país.
"Se nos quiséssemos render, tínhamos nos rendido logo no princípio", disse o presidente a um conjunto de deputados do Parlamento russo, durante uma visita a Damasco, citado pela AFP, que usou a notícia publicada pela agência noticiosa russa Interfax.
"Este assunto não está em discussão", respondeu o chefe de Estado, quando lhe pediram um comentário aos pedidos da oposição local e de vários países no Ocidente, que defendem que ele deve se demitir e convocar eleições antecipadas.
"Só o povo sírio pode decidir quem deve participar nas eleições", acrescentou na intervenção, traduzida para russo.
As declarações surgem a poucos dias da reunião Genebra 2, uma conferência para a paz na Síria, na próxima quarta-feira (22).
O presidente da Coligação Nacional Síria, Ahmad Jarba, afirmou no sábado (18) em Istambul, Turquia, que a oposição irá à Conferência de Paz de Genebra com o único objetivo de "se livrar" do presidente Bashar Al Assad.
"As negociações de Genebra têm como único propósito atender às exigências da revolução […] e antes de mais nada retirar ao talhante [Assad] todos os seus poderes", disse Ahmad Jarba.
O conflito na Síria já provocou perto de 130 mil mortos desde março de 2011, de acordo com as Nações Unidas.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/hPP/fnCRwS

Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni